Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Autossabotagem: Por que fazemos e como evitar? 

Categoria: auto conhecimento, Comportamento

 Você entrou em um ciclo: parece que não sai do lugar

A cada passo que dá, parece que dá dez para trás. Dá o passo para o objetivo, mas parece que a realização se afasta. Se sente infeliz, parecendo que somente você não consegue encontrar a felicidade e a realização pessoal. Se você está passando por isso, pare e repense suas atitudes. Talvez você esteja se autossabotando e não está se dando conta.

A autossabotagem é mais comum do que você pensa. É uma tendência que a pessoa tem de se colocar limites, travas; fazendo com que as coisas pareçam mais complicadas do que realmente são. Uma parte de nós forja atitudes para confirmar que não somos merecedores de sucesso. Ou então subestima a capacidade de lidarmos com as realizações, com o sucesso. Por isso, representa um inimigo dentro de nós.

🤚 Se você parar e pensar a respeito, vai ver que muitas vezes fracassou em busca de um objetivo e quando foi analisar a situação, não encontrou motivos plausíveis para o ocorrido. Quando isso acontece, provavelmente você está se autossabotando.
 Mas por que não nos damos conta quando nos autossabotamos?

Não nos damos conta porque a autossabotagem é um movimento inconsciente. Ficamos agindo no automático, geralmente com pensamentos e comportamento inconscientes autodestrutivos e, quando menos esperamos, o fracasso ocorre.

 A autossabotagem pode acontecer por medo da responsabilidade, por medo dos riscos que algo pode trazer, medo de momentos difíceis, falta de disciplina para se beneficiar com algo em longo prazo (por exemplo, emagrecer, fazer exercício físico), entre outros.

O medo e a falta de persistência “mascarada” em uma desculpa faz com que o boicote. Consequentemente  geramos  pensamentos automáticos generalizados de autossabotagem. Como por exemplo, “eu não vou conseguir da conta”, “eu não vou poder”, “eu não vou conseguir realizar a minha meta”. Como consequência, a pessoa fracassa, não consegue dar continuidade ao que estava fazendo e não atinge seu objetivo.

O grande problema da autossabotagem é que, quando a fazemos, não conseguimos nos desenvolver plenamente, deixando lacunas em nossas vidas. Algumas pessoas, desde a infância, aprendem a olhar apenas para seus erros.

👩‍👦‍👦 Um ambiente familiar super protetor também contribui para o desenvolvimento da autossabotagem. Ser criado em um ambiente que os pais protegem demais limita a pessoa em suas atitudes para enfrentar o mundo.

A pessoa acaba desenvolvendo crenças de que o mundo é perigoso, que ela é vulnerável; que não vai conseguir ser suficientemente forte para enfrentar os obstáculos da vida e que sem a família por perto não vai conseguir se proteger. Assim, toda vez que se deparar com objetivos de vida, vai precisar depender da família para se sentir segura e capaz de enfrentar o mundo.

😔 👎 Outra causa da autossabotagem é a baixa autoestima. Amar-se pouco e não enxergar o que temos de bom nos traz insegurança e desconfianças das nossas próprias capacidades de enfrentamento. Como resultado, geram-se crenças limitantes de incapacidade, de fracasso. Inconscientemente, nos boicotamos para confirmar o quanto não somos capazes de dar continuidade a um objetivo.

 Como saber se estou me autossabotando, já que é um processo inconsciente?

Procure refletir sobre seus comportamentos e sobre sua vida como um todo. Se existem muitos fracassos, muitas desistências, você deve prestar atenção no desfecho que você dá aos seus objetivos. Pensamentos do tipo “eu não preciso”, “eu não quero”, “não me interesso”, negar a si mesmo alguma necessidade ou desejo significa que você está se autossabotando.

 Deixar as coisas que temos de fazer para depois, isto é, procrastinar também é uma forma de autossabotagem, pois acabamos nos protegendo de nos colocarmos à prova em alguma situação, evitando se deparar com o fracasso. Também, abandonar atividades em curto prazo ou diante da primeira dificuldade é outra forma de se autossabotar.

No momento que abandonamos algo que almejamos antes do desfecho, confirmamos a crença de fracasso; de incapacidade, o que nos deixa limitados e frustrados diante das atividades.

Como posso evitar de me autossabotar? 🤔👇

👉 Procure sempre definir objetivos de vida: ao definir objetivos para sua vida, pense também sobre possíveis obstáculos que terá que enfrentar e prepare-se, elaborando estratégias de enfrentamento;
👉 Sempre desafie os seus pensamentos: não devemos tomar os nossos pensamentos sempre como verdadeiros, eles podem ser disfuncionais, limitantes por causa das nossas crenças;
👉 Analise quem você é: analise a sua capacidade, as suas habilidades, suas dificuldades, isto é, o que pensa sobre si mesmo e procure enfatizar o que você tem de bom e pensar sobre as coisas que deram certo em sua vida;
👉 Uma situação, diferentes pontos de vista: encontre mais de uma maneira de lidar com a mesma situação, assim você vai poder avaliar melhor seus pensamentos e atos;
👉 Leve sempre a sério as decisões que tomar: pense a respeito das decisões que irá tomar, mesmo que este caminho seja incerto. Suas decisões trarão resultados e responsabilidades sobre seus atos, por isso devem ser levadas a sério;
👉 Não desista frente à primeira dificuldade: encare as dificuldades como oportunidades de crescimento e de fazer diferente;
👉 Compartilhe seus planos: fale sobre seus objetivos com quem quer o seu melhor, pedindo ajuda e compreensão com o momento que está passando, assim fica mais fácil seguir o seu objetivo;
👉 Sinta-se mais seguro e não tenha medo: a insegurança e o medo geram estagnação e falta de atitude frente às decisões. Não tenha medo de algo incerto mesmo que haja a possibilidade de fracasso no final do processo. O máximo que irá acontecer é você aprender com o ocorrido e na próxima vez traçará um caminho diferente;
👉 Ninguém é perfeito: diminua a autocobrança sobre suas atitudes e procure dar sempre o melhor de si;
👉 Saiba onde você quer chegar: tenha maior clareza possível sobre o que você quer para sua vida e procure não colocar obstáculos antecipadamente;
👉 Não viva para agradar os outros: não vamos agradar as pessoas o tempo todo portanto, não desvie o foco das suas necessidades, dos seus objetivos. Coloque-se em primeiro lugar;
👉 Aprenda a reconhecer suas vitórias e recompense-se: crie o hábito de reconhecer suas vitórias e sua capacidade, recompensando-se quando acontecer de ser bem sucedido.

🙋‍♀️ Quem está falando com você é Roberta Gomes – Psicóloga da Equipe Psicotér

Psicotér: clínica de psicologia em Porto Alegre com atendimento presencial, online e domiciliar.

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Se preferir, preencha os campos abaixo e entre em contato para agendar sua consulta: