Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Passo a passo para se amar | O Guia do Autocuidado

Categoria: Sem categoria

autocuidadoAo praticar o autocuidado você adquire uma melhor qualidade de vida proporcionando um bem estar maior para sua rotina. Como você tem cuidado de si mesmo? Você tem sido gentil? Tem se preocupado primeiramente como você?  Sabemos que nem sempre é fácil, desse  modo,  preparamos esse Guia do Autocuidado com o intuito de lhe mostrar o passa a passo para  você se amar!

Às vezes nos perdemos em meio ao caos rotineiro que nem notamos que não estamos nos priorizando como deveríamos. Também acontece de estarmos querendo tanto ajudar e fortalecer outra pessoa que esquecemos de olhar nossas necessidades.

Antes de mais nada, vamos explicar por que você deve incluir o autocuidado na sua vida, a importância e os benefícios para a sua vida.

Primeiramente o que é autocuidado?

Se você olhar no dicionário, está definido como conjunto de ações que o indivíduo faz para manter a saúde e bem-estar. O autocuidado encontra-se em todas as coisas que fazemos visando nossa qualidade de vida, sempre com autonomia e responsabilidade.

Corpo, mente, o emocional são muito importantes.

Quando praticamos o autocuidado não quer dizer que vamos estar bem o tempo inteiro, mas sim que temos uma maior facilidade em compreender nós mesmo e assim encontrar soluções para as questões e desafios do cotidiano.

AUTOCUIDADO X AUTOESTIMA

Podemos afirmar que as duas andam juntas e não se separam. Para praticar o autocuidado você precisa desenvolver sua autoestima. Mas como construir uma boa autoestima?
Autoestima é o julgamento que você faz de você mesmo. Esse sentimento nos faz acolher quem realmente somos. E isso faz toda a diferença na forma com que lidamos com as situações do dia-a-dia.

Como construir uma boa autoestima?

Autoconhecimento é a chave. Pessoas com autoestima elevada costumam ser mais fortes e mais resistentes as adversidades pois, confiam em seu potencial. Mas como podemos trabalhar essa construção?
Primeiramente:autocuidado

  • NÃO SE CULPE! Elimine de vez esse sentimento, seja por não fazer algo que acha que deveria ou por não estar contente com o que está fazendo, lembre-se que somos livres e existe a possibilidade de mudança a qualquer momento.
  • NÃO SE COMPARE! Somos seres únicos e complexos. Todos temos vivências e experiências, dores, alegrias, medos, inseguranças. Não se pode comparar duas realidades.
  • CONFIE EM VOCÊ! A motivação tem que ser interna. Não espere que a motivação para agir venha de outra pessoa. A mente é uma poderosa arma para o sucesso.
  • ESQUEÇA OS ERROS DO PASSADO. Não é por que você cometeu certo erro no passado que irá cometer novamente. Não se trave pelo que já passou.
  • Dito isso, SEJA MAIS GENTIL COM SEUS ERROS, não desanime. Assim como você perdoa os outros, também precisa aprender a perdoar a si mesmo. Seja mais compassivo consigo mesmo.
  • SEJA SINCERO CONSIGO, lembre-se que mentir para si mesmo é sempre a pior mentira!
  • Não esqueça de AGRADECER. Quem é grato tende a ter melhores experiências pois conseguimos ver o melhor lado das coisas e isso tende a impulsionar-se para as melhores atitudes.
  • COMEMORE AS PEQUENAS VITÓRIAS! Trate cada pequena conquista diária como um grande feito, cada objetivo conquistado te impulsiona para o positivo.
  • Procure entender O QUE DÁ CERTO PRA VOCÊ. Compreenda suas fraquezas e suas forças, assim conseguirá buscar o melhor para você e para sua vida.
  • E por fim, não esqueça, O SEU MELHOR MOMENTO É O AGORA. Não importa o que já foi ou o que irá acontecer, procure viver no presente pois, é nesse tempo que as coisas acontecem.

PRATICANDO O AUTOCUIDADO

Primeiramente, quando praticamos o autocuidado, conseguimos fazer uma análise interna e profunda dentro de nós mesmos. Conseguimos analisar situações e adquirimos a capacidade de lidar melhor com desafios, vemos que nem tudo é tão terrível quanto parece e que sempre há uma possibilidade.

Quando descobrimos e aceitamos nossos pontos fracos, conseguimos trabalhar melhor nossas vulnerabilidades e assim evitar que afetem o dia-a-dia. Cuidar de si não é egoísmo, o autocuidado também é uma forma de aumentar a autoestima.

O autocuidado envolve a gentileza com nós mesmos, não deixando que os problemas da rotina ou opiniões de terceiros afetem nossas atitudes. Quando cuidamos de si, nos conhecemos melhor, confiamos mais em nossas capacidades e habilidades.

Entretanto, lembre-se de não descuidar da saúde e não deixar aquela dorzinha ou qualquer outro sintoma esperando. Prevenir é o melhor remédio.

Tomando esses cuidados, melhoramos a qualidade de vida.

Sabemos nossos limites e até onde podemos e devemos ir. Uma grande aliada nesse processo é a PSICOTERAPIA.

Um dos maiores desafios do autocuidado é a mudança de mentalidade e não existe forma melhor para isso do que buscar ajuda na terapia. Apenas quando mudamos a mente conseguimos mudar o comportamento.

Na terapia há momentos de reflexão, é possível refletir sobre todas as esferas da vida. Passado, presente, futuro.
Outro benefício da terapia é que nos conhecemos melhor e de fato nos entendermos melhor, podemos falar sem julgamentos ou medos, sobre tudo e qualquer coisa.

Quando nos conhecemos melhor, praticamos mais o autocuidado, melhoramos nossa autoestima e nos relacionamos melhor com nós mesmo e com o mundo.

DICAS PARA PRATICAR O AUTOCUIDADO

  • FAÇA EXERCÍCIOS – Quando nos exercitamos melhoramos o funcionamento do organismo, logo melhoramos o sono e o apetite, a liberação de endorfina ajuda a controlar a ansiedade.
  • CUIDE DA HIGIENE –  Tome um banho demorado, relaxante, cuide de você, da sua pele, do seu cabelo, do seu corpo. Escove bem os dentes. É uma forma de autocuidado que ajuda a manter saúde em dia!
  • TENHA UMA VIDA SOCIAL – Ficar sozinho é uma ótima forma de praticar o autocuidado. Porém o ser humano é um ser sociável e necessitamos ter contato com outras pessoas. Ficar perto de quem gostamos renova nossas energias e também é uma forma de cuidar de si. Mas lembre-se de quem nem todo mundo que gostamos é uma boa companhia em determinado momento! Fique atento as energias. Você vai precisar estar perto – e não só fisicamente, daqueles que você gosta, nos melhores e piores momentos.
  • DEFINA SUAS PRIORIDADES – tenha sempre um tempo para estar perto de quem te faz bem.
  • APRENDA A DIZER NÃO – Uma das dicas mais difíceis, porém mais importantes para praticar o autocuidado consigo, com o corpo e com a mente. Aprenda a dizer não para todas situações que não lhe agradam, agregam, não lhe fazem bem. Por mais que você goste de algumas pessoas, você não pode estar sempre disponível para elas e para seus problemas. Isso não significa que você deva ignorar seus amigos e seus problemas, não é nada disso! Mas sim que de vez em quando é preciso priorizar-se.
  • TENHA UM MOMENTO SÓ SEU – Faça uma viagem sozinha, crie o hábito da leitura, faça um dia de beleza, tome um banho demorado, prepare sua refeição favorita, fique perto de quem te faz bem! O importante é se permitir! Pense que se faz bem para você – e não prejudica ninguém, tá tudo bem!

SAÚDE É AUTOCUIDADO

De maneira direta ou indireta a saúde está ligada ao autocuidado. Quando nos descuidamos de nós mesmos, uma hora a conta chega.  Mas nem sempre de imediato e de forma clara.

Como já falamos, praticar atividades físicas é uma ótima forma de cuidar da saúde, e isso nada tem a ver com ficar com o corpo malhado. Também já falamos sobre a importância de manter os exames médicos em dia. Portanto, monitoramento e prevenção é essencial para uma boa saúde.

Mas não se esqueça de cuidar da alimentação. Dessa forma, dê prioridade para coisas mais naturais e esqueça os industrializados. Equilíbrio é tudo. Busque por isso sempre.

Dessa maneira, tenha medo de expor sua opinião. Não guarde para si algo que você considera relevante. Se certa atitude lhe incomodou, fale para a pessoa como se sente. Atitudes assim ajudam a reduzir a ansiedade e recuperam a confiança.

No final de contas, a regra geral é:

Você não precisa se submeter a lugares, pessoas e situações que não façam bem aos seu emocional.
Dessa forma, cuide do emocional e mental, dessa forma, tenha por perto somente quem te faz bem. Faça psicoterapia.

AUTOCUIDADO PROFISSIONAL

Por último vamos falar da carreira. Como você tem praticado esse autocuidado? Tem se submetido a situações que não gostaria? Se sente cansado demais após todos os expedientes?

Vivemos em um mercado competitivo e por isso é importante estaremos sempre entregando os melhores resultados.  Mas antes de mais nada é preciso entender até que ponto isso vale sua saúde.

Não é normal ficar com dor de cabeça todos os dias, cansado e exausto após o trabalho. Nem é normal precisar fazer hora extra todos os dias ou levar trabalho para casa, especialmente para o final de semana.

Por isso é essencial definir limites e gerenciar bem seu tempo. Definia o que é prioridade – especialmente o que SÓ VOCÊ pode fazer. E como já dito: aprenda dizer não. Mas saiba argumentar e apresente dados para defender seus pontos.
Avalie e entenda seus limites, seja sincero com suas expectativas.

POR FIM

Ao praticar o autocuidado nos conhecemos melhor. Isso já entendemos. Dessa forma a vida fica mais leve pois, nossas ações passam a ter significados mais leves, tudo fica mais simples. Ao entender mais seus sentimentos, fica mais fácil tomar decisões mais assertivas e conscientes, pois respeitamos nossos limites e sabemos até onde ir.
Por fim não se esqueça de se apaixonar pelo processo de se tornar a sua melhor versão diariamente!

Lembre-se que para ajudar o outro, precisamos primeiro nos ajudar!

 

Lisiane Duarte – CRP 07/12563
Psicóloga e Diretora Técnica da Psicotér


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Autocuidado - Guia do passo a passo para se amar | Psicoter