Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Dificuldade para emagrecer? 4 Motivos que te impedem de perder peso

Publicado em 9 de novembro de 2021
Categoria: Curiosidades, Psicoterapia para Emagrecimento, Transtornos Alimentares

Dificuldade para emagrecer é algo que muitas pessoas encontram ao longo da vida, seja pela rotina corrida, a falta de disciplina ou complicações médicas.

Pode parecer um processo fácil, onde tudo que você precisa é de uma dieta e um bom regramento com a alimentação, mas nem sempre é o caso:

Emagrecimento exige muito foco e determinação, mas boas condições físicas e psicológicas também.

As barreiras que podem estar te impedindo de atingir o resultado desejado são muitas, então é importante ficar atento para saber se o ideal é buscar ajuda ou mudar, de vez, alguns comportamentos.

O controle do nosso peso diz respeito a muitos mecanismos que nem sempre estão ao nosso favor, o que torna a dificuldade de emagrecer muito maior.

Por isso, é sempre importante investigar nosso metabolismo e funcionamento interno, já que são partes importantes para esse processo e que nem sempre ganham a atenção devida.

Neste artigo, vamos te mostrar os principais motivos que podem estar te afastando do emagrecimento, então fique até o final para ler mais sobre cada um.

 

Como funciona o processo de emagrecimento?

Diferentemente do que muita gente acredita, aquelas dietas que acompanhamos por aí na televisão, em revistas ou sites sem fundamento dificilmente funcionam.

Isso porque não são feitas por um profissional e, em alguns casos, podem até causar problemas na saúde de quem as adota, pois não são realizadas com segurança e baseadas no corpo de cada um, já que são receitas prontas.

Sendo assim, para entendermos como funciona o processo de emagrecimento, precisamos compreender que ele se aplica de formas diversas nas pessoas, pois cada uma tem o seu organismo e o seu tipo de corpo.

Por isso, é tão complicado assumir que receitas prontas de internet darão o devido resultado, já que algumas pessoas precisam de mais exercícios do que dietas restritas ou cuidados psicológicos e assim por diante.

Então, o processo de emagrecimento é único para cada indivíduo, já que cada um conta com um tipo de metabolismo, carga genética e rotina.

Quando o assunto é a queima de gordura, isto é, a perda de calorias em excesso, as opções são infinitas.

Muitas pessoas optam pela reeducação alimentar, que consiste na criação de regras e implementação de hábitos mais saudáveis com a comida. É nesse espaço que entram as dietas também, que regulam as calorias ingeridas.

Ao optar por esse caminho, o ideal é que a pessoa busque por um profissional nutricionista ou nutrólogo que vá fazer a devida análise do seu corpo e funcionamento biológico.

Isso porque o plano alimentar para aquela pessoa será totalmente voltado para o seu histórico, respeitando os seus próprios limites e quebrando as barreiras construídas pela sua própria genética.

Em outros casos, há quem opte pelas rotinas de atividade física, voltadas para a queima de gorduras e fortalecimento da massa muscular do corpo.

Tanto o ciclo alimentar, quanto a rotina de exercícios precisam ser propostas e regradas por profissionais qualificados, que trabalharão diretamente na dificuldade para emagrecer dessa pessoa.

Seus cuidados irão otimizar o processo dela, além de evitar impactos na sua saúde física, que não pode sair debilitada no decorrer dessa trajetória.

Outro aspecto muito importante do processo de emagrecimento, que quase ninguém aborda, é a manutenção da saúde mental no meio disso.

Cuidar das nossas emoções é sempre importante, mas quando se trata do processo de emagrecimento, esses sentimentos podem ficar mais abalados, sabe por que?

Acredite ou não, a comida mexe muito com nossa emocionalidade e com a nossa autoestima, inclusive.

Já percebeu que, dependendo do que a gente come, nosso humor fica melhor, nos sentimos mais felizes e satisfeitos?

Esse é o efeito da comida, ela acaba agradando não só o nosso organismo, mas a nossa mente também.

Passar pelo processo de emagrecimento, especialmente se ele for auxiliado por uma rotina de exercícios intensos e restrições alimentares, pode atingir o nosso emocional, pois ficamos mais ansiosos e distantes do que estamos acostumados.

Emagrecimento requer sair da zona de conforto e manter a cabeça saudável precisa fazer parte desse processo.

 

O que pode impedir uma pessoa de emagrecer?

Os fatores que podem impedir uma pessoa de emagrecer são vários e vão muito além da falta de uma alimentação saudável, sedentarismo e todos esses pontos que já conhecemos.

A dificuldade de perder peso pode vir de encontro com questões do organismo genético da pessoa, ou seja, se ela vem de uma família com histórico de obesidade, por exemplo, já será mais difícil fazer a regulagem do peso corporal.

Um corpo que não tem um mecanismo genético preparado para fazer a absorção de certos nutrientes ou proteínas precisará de estimulantes para isso ou, então, terá que se reeducar até conseguir atingir isso.

Outra questão crucial para se considerar, quando falamos de emagrecer, são os hormônios.

Existem doenças físicas que atingem a produção hormonal do corpo e isso, geralmente, faz com que a pessoa encontre dificuldades para perder peso.

O hipotireoidismo, por exemplo, atinge diretamente hormônios e dinâmicas corporais que dificultam a perda de peso da pessoa, fazendo, inclusive, com que ela possa ganhar mais gordura acumulada do que o esperado.

Outro caso é o do cortisol, aquele hormônio do alerta que, quando tem seus níveis aumentados, o corpo responde com mais acúmulo de gorduras, dificultando a queima de calorias também.

Por mais inesperado que seja, os hormônios têm, então, um papel crucial no processo de emagrecimento, até aqueles que não conhecemos tanto, como a  leptina, popularmente chamado de hormônio da saciedade.

Ele que é o responsável por frear o consumo de alimentos e transformar a comida do nosso organismo em energia para gastarmos.

Além dessas questões mais físicas, há influências psicológicas que também  aumentam a dificuldade para emagrecer mesmo fazendo dieta.

Muitas pessoas lidam com transtornos de ordem mental todos os dias e eles acabam estimulando distúrbios alimentares e gatilhos que pioram essa situação também.

A ansiedade, depressão e até o estresse acumulado podem ser fortes distúrbios responsáveis pela alimentação desenfreada das pessoas, piorando sua saúde física e mental, simultaneamente.

Nem sempre o ato de comer é feito de maneira consciente, justamente nos casos desses transtornos.

Nesses momentos, as comidas – especialmente as não saudáveis – são vistas como fugas e meios de alívio do estresse e da ansiedade acumulados.

Isso, obviamente, desencadeia uma série de problemáticas que são os vícios, a obesidade e o sedentarismo.

dificuldade para emagrecer

 

Qual a maior dificuldade para perder peso?

A maior dificuldade para perder peso, sem dúvidas, é investir em tentativas saudáveis que não acabem com a saúde física ou mental da pessoa.

Isso pode ser um grande desafio, uma vez que pessoas que buscam pela perda de peso querem um resultado imediato, o que é impossível, considerando que se trata de um processo.

Consegue emagrecer a pessoa que estabelece esse objetivo, o leva a sério, mas também respeita os próprios limites com relação a isso.

Esse emagrecimento exige muito de uma pessoa, pois ela testará inúmeras coisas novas até encontrar o seu ritmo certo, tanto relacionado a comida, quanto às atividades físicas.

E o ideal é que ela faça todos esses experimentos ao lado de um profissional, que garanta isso com segurança e o auxílio necessário.

Ao falar de profissionais que ajudem a superar a dificuldade para emagrecer, estamos falando de médicos, personais, mas também de alguém que possa ajudar essa pessoa psicologicamente.

O maior desafio dessa jornada é, de longe, conseguir equilibrar tudo sem sentir-se sobrecarregado ou abalado a todos os momentos e um profissional psicoterapeuta ajudará a manter isso em mente.

Muitas pessoas ignoram o fato de que a saúde física e a mental estão conectadas, mas para conseguirmos alcançar o objetivo com o nosso corpo, precisamos, inicialmente, estar em sintonia com a nossa mente.

 

Conheça os 4 motivos da sua dificuldade em emagrecer

Uma das maiores afirmações de quem quer muito perder peso é: tenho dificuldade para emagrecer. 

Essa dificuldade, como já vimos, pode vir de inúmeros lugares, mas muitas pessoas não sabem identificar os reais motivos que as impedem de emagrecer.

Nem sempre é fácil, realmente, porque em alguns casos pode se tratar de mais de uma motivação e o ideal é observar sua própria rotina e comportamentos para conseguir as respostas certas.

Para ajudar nessa identificação, fizemos uma lista com os principais motivos que podem estar te impedindo de perder o peso desejado:

1. Hidratação

A água é a principal responsável por acelerar o nosso metabolismo, nos ajudando na ingestão de alimentos e ensinando a controlar o apetite.

O ideal é tentar manter sempre uma garrafinha por perto, mesmo quando não está se exercitando ou fazendo algo que exige esforço físico.

Beber a água se tornará um hábito em pouco tempo e isso ajudará na digestão dos alimentos, além de melhorar a pele e facilitar a queima de calorias no dia a dia.

A ausência de água pode implicar em dificuldades grandes na eliminação do acúmulo de gorduras, além de outros aspectos ruins que são levados com a urina ou o suor que produzimos diariamente.

Por isso, é tão importante beber água quantas vezes for possível no dia, já que ela não traz malefício algum para o organismo, além de ser uma grande aliada na eliminação do peso.

2. Pressão psicológica

Muitas pessoas enfrentam todos os dias um julgamento muito grande relacionado aos seus corpos, seu jeito de ser e toda uma expectativa que jogam em cima delas.

Mulheres são o principal alvo desse tipo de problema, afinal vivem com uma pressão psicológica para serem magras e estarem sempre de acordo com o que a mídia e a televisão esperam delas.

Esse não pode ser o seu incentivo para emagrecer!

Se você tem dificuldade para emagrecer, saiba que essa vontade precisa partir de você e de mais ninguém.

Um corpo saudável precisa ser uma reflexão das nossas vontades, objetivos e conquistas, mas não algo para gerar dores de cabeça e um nervosismo desnecessário.

Isso só dará mais desmotivação e preocupações desnecessárias.

3. Rotina de sono abalada

Outro ponto muito importante para facilitar o emagrecimento é uma boa rotina de sono, o que geralmente implica entre 8 a 9 horas dormindo.

Por incrível que pareça, não são somente as refeições que nos impedem de emagrecer… As horas dormidas também têm um impacto muito importante no nosso corpo.

É durante o nosso sono que hormônios importantes são produzidos para acelerar o nosso metabolismo e sem essas horas, acabamos produzindo muito pouco, o que dificulta essa aceleração.

Sendo assim, uma boa noite de sono também é uma ótima receita para inibir a dificuldade para emagrecer.

4. Ansiedade ou estresse

Essa é uma questão que pode surgir de muitas outras e por isso precisamos ter tanto controle sobre ela.

A ansiedade e o estresse podem aparecer, inclusive, por buscarmos resultados rápido demais, querendo que toda a gordura do nosso corpo suma do dia para a noite.

Isso é impossível, então precisamos exercitar o autoconhecimento e compreender o funcionamento do nosso corpo!

Uma rotina pesada, com muitas tarefas e situações a serem resolvidas podem piorar tudo, também.

Muitas pessoas acabam comendo mais carboidratos ou comidas saturadas por conta do nervosismo e ansiedade constante. Algumas chegam a desenvolver compulsão alimentar!

Tudo isso cria grandes empecilhos para o emagrecimento, então é importante manter o contato com alguém que possa ajudar nessas questões mais internas também.

Afinal, toda ajuda é válida e necessária, quando traçamos um objetivo como esse.

 

Como a psicologia pode ajudar quando se tem dificuldade para emagrecer?

 psicologia para emagrecer

Quando sentimos o nosso corpo fraco ou com algum problema, sempre é aconselhável procurar um médico endocrinologista ou clínico geral para ver como andam os níveis de pressão, respiração, fortalecimento dos ossos e afins.

Em alguns casos, esse médico irá prescrever o uso de insulina, vitaminas ou derivados para o melhor funcionamento do nosso metabolismo.

No caso da nossa cabeça, não é diferente, mas o profissional que buscamos é o psicoterapeuta.

Ao decidirmos iniciar um processo longo e cansativo, como é o emagrecimento, precisamos ter ambos profissionais do nosso lado, garantindo que tudo ocorra bem e sem excessos.

A psicologia se torna uma aliada, porque ela nos ajuda a manter o foco, respeitando nossos limites, mas sem perder o objetivo principal: perder peso.

Conversar com um profissional vai colaborar não só com a persistência, mas também com outras questões internas que podem ficar no caminho.

Aqueles problemas de ansiedade, estresse e transtornos do dia a dia se tornam muito mais fáceis de serem resolvidos durante esses diálogos.

Isso porque o profissional tem uma capacidade de análise muito apurada que vai ajudar o paciente na elevação da própria autoestima, além de colaborar com as melhores decisões durante o processo de emagrecimento.

Você já passou por um processo assim ou conhece alguém que tem enfrentado dificuldades com o emagrecimento?

Aqui, na Psicotér, nós contamos com uma equipe completamente preparada para te ajudar a enfrentar esses desafios e encurtar o alcance dos seus objetivos com o seu corpo!

Entre em contato com a gente e venha garantir a sua avaliação BÔNUS!

Lisiane Duarte

Fundadora da Psicotér, CEO e Diretora Técnica, Psicóloga Cognitivo-Comportamental, completamente apaixonada pelo ser humano, realizada e privilegiada por poder participar da transformação de vidas. Experiência de mais de 20 anos de atuação clínica e empresarial. Psicoterapeuta individual e em grupo de crianças, adolescentes, adultos, idosos, casal e família, online e presencial, pós-graduada em Gestão do Capital Humano. Consultora de recolocação profissional desde 2003, capacitando e orientando profissionais em transição de carreira na busca de novas oportunidades. Também consultora em diversas empresas nacionais e multinacionais, nas diversas áreas de RH, atendimento e avaliação psicológica de profissionais.

Clique para solicitar avaliação bônus

Veja Mais


    Se identificou com o assunto deste post?
    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Gostou? Compartilhe:

    Leia Também

    Deixe seu comentário

    Dificuldade para Emagrecer? 4 Motivos que te impedem de Perder Peso