Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Crenças limitantes: você pode superá-las em 2019!

Categoria: Autoconhecimento, Comportamento

Todos nós temos um jeito próprio de lidar com as situações que vivenciamos diariamente.

Imagem - crenças limitantes

Através das experiências que tivemos desde a infância, vamos desenvolvendo nossa personalidade. Com ela, trazemos conosco muitas crenças limitantes. Isto é, algo que acreditamos que seja verdade, e esta verdade parece incontestável para nós.

Uma crença é um pensamento muito particular. A pessoa acredita, sem parar para se questionar, se esse pensamento é verdade ou não. É uma crença que se tem sobre si, sobre as pessoas e sobre o mundo em geral, que impede a pessoa a ser, fazer ou ter o que almeja. Ela é absoluta, mesmo que na visão dos outros seja algo contestável ou algo que não acreditam.

Algumas crenças que carregamos conosco durante a vida tem o poder de nos limitar e nos impedem de executar ações que muito provavelmente nos trariam resultados positivos. Estas crenças são chamadas de crenças limitantes e nos causam desconforto, chegando, muitas vezes, a nos causar sofrimento. Deparamo-nos com elas quando precisamos executar alguma coisa; quando precisamos decidir algo para nossa vida; quando temos que nos expor a diversas situações cotidianas.

A maioria das nossas crenças são criadas a partir do que vivenciamos durante as etapas da vida, principalmente etapas mais precoces, quando absorvemos todas as experiências e formamos aos poucos nossas referências pessoais em relação a diversos aspectos da vida (quem somos, o que gostamos, o que não gostamos, o que sentimos, como pensamos, como agimos, entre outros). Este processo de formação de crenças acontece de maneira automática, inconsciente. Ou seja, não nos damos conta que estamos absorvendo experiências que contribuem para sua criação.

Quando nos tornamos adultos, pensamos e agimos conforme o sistema de crenças que foi criado durante anos e não percebemos o quanto elas impactam negativamente a nossa vida. Por exemplo, uma pessoa adia uma decisão várias vezes por não acreditar que é capaz de tomar a decisão correta; outra pessoa não acredita que mereça ser feliz, ou que seja merecedora de sucesso. Portanto, as crenças limitantes nos impedem de fazer algo importante para nós, fazendo com que fiquemos impotentes em relação a uma ou várias situações da vida.

Como superar as crenças limitantes?

O primeiro passo que você deve dar é reconhecer quais são suas crenças limitantes, que impedem você de agir. Após reconhecê-las como prejudiciais para sua vida, você pode, aos poucos, questionar a veracidade delas; se elas são realmente reais, se são verdades absolutas ou pode haver outro ponto de vista.

Encontrar a causa da crença limitante é muito importante. Você vai poder descobrir em quais situações da vida a crença foi criada, trazendo um entendimento sobre suas emoções e do por que pensa e age de forma limitante.

Sabendo quais crenças limitantes você tem e qual a causa delas, você pode questioná-las e tentar substituí-las por crenças positivas a respeito de si, procurando estar com a mente aberta para poder considerar novas ideias, novas formas de pensar e, assim, procurar se encorajar para enfrentar situações onde até então não se achava capaz de realizar.

A partir deste passo, crie cenários em sua mente onde você esteja alcançando algum objetivo; exercitando a sua capacidade de poder conquistar algo, mesmo que seja algo simples. Também, tente colocar-se na posição de observador da situação antes de tirar conclusões precipitadas, procurando perceber a situação da forma mais neutra possível. Isso vai lhe ajudar a enxergar a situação sob uma nova perspectiva.

Estes passos podem lhe ajudar muito para iniciar o processo de superação das crenças limitantes. Este processo não ocorre de uma hora para outra. Você precisa, aos poucos, modificar a visão que tem de si mesmo, das pessoas e do mundo em geral. Isso leva tempo, pois, durante anos, você pensou da mesma forma. Agora, vai começar a exercitar um novo modo de pensar e agir que vai, aos poucos, lhe proporcionar uma vida mais feliz. Respeite seu tempo e motive-se a procurar ajuda profissional. A psicoterapia irá lhe ajudar efetivamente neste processo de superação. 

Por Roberta Gomes – Psicóloga da Equipe Psicotér

Entre em contato conosco através desse link para agendar uma Avaliação Gratuita para psicoterapia, Online ou Presencial, com um Psicólogo ou Psicóloga em Porto Alegre. Temos a garantia do melhor atendimento e psicólogos de Porto Alegre altamente qualificados.


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Entre em contato para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS ou tirar dúvidas.

(51) 4100-2513