Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
Rua Esteves Júnior, 50, Sala 404 - Florianópolis
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

Não consigo dormir, o que fazer? Tratamentos para insônia

não consigo dormir

“Não consigo dormir” é a queixa de muitas pessoas. Ter uma boa noite de sono faz com que nosso cérebro funcione adequadamente, assim, nos dando ânimo para enfrentarmos a rotina.

A privação desse sono nos deixa mais fracos e desligados ao longo do dia, nos tornando improdutivos e, em alguns casos, até mais difíceis de se conviver.

Nosso humor se altera por conta desse descanso interrompido, então muito do nosso dia acaba sendo prejudicado, inclusive as nossas relações.

Certamente, esse não é um tipo de comportamento que se tem controle, ele simplesmente acontece, mas pode ser facilmente evitado com uma rotina de sono regrada e saudável.

Nem sempre a gente acredita que o sono tenha tanto impacto nas nossas vidas, mas acredite, ele tem! E precisa ser muito mais observado do que imaginamos!

Neste artigo, vamos entender um pouco mais sobre os impactos do sono e como melhorar a sua rotina sem sofrimento!

 

Por que eu não consigo dormir?

Muitas pessoas se questionam diariamente “por que não consigo dormir?” e essa é uma ótima pergunta, pois as respostas podem ser as mais variadas possíveis.

Isso acontece porque o momento em que vamos para cama é o mais relaxante do nosso dia, afinal é o espaço que temos para descansar e refazer as energias para o próximo dia que se segue.

Por conta disso, também, é o momento em que temos mais tempo e atenção para pensar nos problemas, nas angústias, medos e inseguranças que enfrentamos ao longo dos dias.

A verdade é que como a rotina é sempre muito movimentada, cheia de distrações, pessoas e acontecimentos que nos prendem, acabamos deixando de lado inúmeras questões que nos incomodam.

Elas acabam aparecendo na hora em que decidimos dormir, porque é um momento de silêncio e relaxamento total, onde o ambiente tem muito espaço para os nossos questionamentos e medos.

Somos tomados, então, por uma chuva de inseguranças que acabam aparecendo de uma vez só, porque estamos sozinhos com nossos pensamentos e tempo de sobra, que deveria ser voltado para o descanso.

É realmente muito difícil controlar e tratar desses pensamentos enquanto eles passam por nós, especialmente quando estamos cansados e simplesmente querendo dormir depois de um dia cheio.

O que acontece é que ficamos ansiosos demais com os cenários que começam a se criar na nossa cabeça, ficamos pensando e repensando cada um deles diversas vezes e isso nos impede de conseguir relaxar por completo.

Pessoas enfrentam vários tipos de ansiedades noturnas diferentes, sabia?

Algumas delas passam a noite em claro, sem conseguir pregar o olho e ficam virando na cama por bastante tempo; outras, ficam dormindo e acordando, inquietas o tempo todo; outras ainda têm maior dificuldade na hora de pegar no sono mesmo.

As variedades de empecilhos para uma noite de sono saudável são muitas, existem pessoas que chegam a desenvolver medo ou pânico do período da noite por conta disso.

Há também quem tenha sonhos ou pesadelos com suas preocupações e isso pode perturbar muito o momento de descanso dessa pessoa.

Repare que nem sempre a causa para essa dificuldade é a falta de sono, pois existem muitos que afirmam: “tenho sono mas não consigo dormir” ou “não consigo dormir direito de tanto pensar”.

O cansaço existe e é real, então não adianta tentar melhorar suas noites de sono enchendo seus dias com tarefas cansativas e pesadas.

O sono vai aparecer, mas nem sempre a sua mente vai permitir que ele deixe seu corpo dormir, porque os pensamentos acelerados, a ansiedade e as preocupações irão tomar conta do seu consciente.

Essa é a receita do desastre, porque você acumula tarefas demais e sua mente acaba não conseguindo administrar todas elas e, também, não dá espaço para o relaxamento, que é crucial para desenvolver qualquer coisa.

Isso se torna, então, um ciclo vicioso de noites mal dormidas e afirmações como: “não consigo dormir porque minha mente não para!”.

Porque não consigo dormir

 

Não conseguir dormir é ansiedade ou insônia?

Ao pensar: “ por que não consigo dormir à noite? ” muita gente descobre, com o tempo, que o problema é a ansiedade, a insônia ou a junção das duas.

A verdade é que uma é causadora da outra, isto é, nem sempre a insônia virá da ansiedade, mas quase sempre a ansiedade irá causar insônia na hora de dormir.

São dois aspectos que gostam muito de caminhar juntos, especialmente na hora de deitar depois de um dia de muita irritabilidade e estresse.

O que é insônia?

A insônia é aquele problema que te priva totalmente do sono, te deixa virando na cama por horas a fio e não te deixa descansar de jeito nenhum.

Ela pode ser um problema crônico derivado de várias outras questões como a depressão, ansiedade ou transtornos variados.

Sendo assim, dificilmente a insônia será a causa da ansiedade. Geralmente, é o cenário contrário que encontramos por aí.

Essa insônia pode ser tratada por um médico através de medicamentos ou na terapia mesmo, que irá abordar mais as causas desse problema.

O que é ansiedade?

Diferentemente da insônia, a ansiedade já é um transtorno mais grave que exige atenção e cuidados guiados por parte de quem convive com ele.

É um problema que causa claros sintomas físicos, em que a pessoa se sente enjoada, em alguns casos, sua bastante e fica com o coração mais acelerado.

Ela é causada por gatilhos do cotidiano, mas também por problemas a longo prazo e, em alguns momentos, pode ter maior ou menor intensidade.

Tudo varia muito de pessoa para pessoa e é somente um profissional que consegue analisar e realizar o diagnóstico real do indivíduo, pois o acompanha e mantém diálogos constantes que permitem isso.

Quando se trata de ansiedade, a insônia pode ser uma péssima companheira.

Isso porque o nervosismo e a ânsia de resolver problemas ou pensar demais neles acabam atrapalhando o momento de descanso da pessoa.

Algo que torna a rotina noturna muito estressante e acaba até traumatizando algumas pessoas.

É por isso que é tão importante manter-se atento a pensamentos como “não estou conseguindo dormir”, afinal pode estar vindo de um lugar de muita ansiedade.

Não é algo que precisa assustar, mesmo causando muitos problemas no dia a dia, mas gerar um alerta para que a pessoa busque por ajuda de um profissional qualificado.

Isso porque com a ajuda certa, essa pessoa pode melhorar a própria qualidade de vida, além de encontrar benefícios e soluções para outras problemáticas cotidianas também.

 insonia e dificuldade de dormir

 

Como saber o que tenho?

Antes de pensar: “não consigo dormir por conta da ansiedade” é preciso entender que somente um profissional psicoterapeuta ou psiquiatra tem a capacidade e a licença para diagnosticar esse tipo de quadro.

Pense que a ansiedade se trata de um transtorno, então antes de encará-la como qualquer justificativa, procure a orientação de quem conhece esse tipo de problema.

Agora, pensando pelo lado da insônia: saber o que está gerando essa dificuldade é muito importante para que você possa combatê-la de uma vez.

O ideal é, também, que se procure por um psicólogo que te acompanhe em sessões guiadas e de análise para, junto com você, encontrar a raiz do problema e tentar resolvê-la no tempo certo e com as ferramentas ideais.

Um profissional terá todos os subsídios para te ajudar nessa jornada e é somente dele que você irá ouvir as respostas certas.

Contudo, se a necessidade for muito imediata e você já procura lidar com esses pensamentos de “não consigo dormir” há um tempo, saiba que existe outras formas de descobrir de onde isso vem e como diminuir os efeitos causados.

O mais importante nessas situações de insônia é o autoconhecimento, porque ele vai permitir que você entre na sua própria mente e entenda as motivações da falta de sono a noite.

Muita gente acha que esse é um exercício desconexo, mas saiba que se conhecer é o caminho ideal para ter uma saúde mais equilibrada e uma autoestima muito bem estruturada.

Quer saber como desenvolver melhor essas práticas de autoanálise sozinho?

Procure praticar técnicas como o mindfulness ou a autoconsciência emocional!

Essas são duas práticas que exigem um pouco de esforço, mas que te fazem crescer muito e se desenvolver bastante emocionalmente ao longo do tempo.

O mindfulness nada mais é do que o foco concentrado em apenas uma atividade, o que nesse caso seria o pensamento e a reflexão sobre o seu dia e possíveis motivos que podem estar impedindo o seu sono.

Geralmente, essa técnica é realizada em um ambiente confortável, sem distrações e com foco total na respiração e os próprios pensamentos. Quase como uma meditação elaborada.

Ela se assemelha muito com aquele momento antes de dormir, então pode ser que colabore com a desenvoltura dos seus pensamentos e com as respostas que você tanto procura.

Enquanto isso, a autoconsciência emocional já trabalha de forma mais aprofundada o seu autoconhecimento.

Ela exige que você se olhe por inteiro e se observe dentro do próprio cotidiano, fazendo com que reflita sobre cada atitude e cada sentimento que aparece de forma espontânea.

Aprimorar essa autoconsciência pode te tornar uma pessoa mais resiliente e, acima de tudo, independente com relação às suas emoções, porque ela abre seus olhos para o funcionamento interno, algo muito raro de acontecer.

Então, quando se quer superar o “não consigo dormir” sozinho, lembre-se que há técnicas de centralização emocional que vão te impulsionar muito nisso.

Afinal, a insônia pode vir do estresse do trabalho, mas também de pensamentos obsessivos não tratados, da ansiedade ou só de um momento nervoso específico.

As justificativas podem ser muitas, mas encontrá-las o mais rápido possível é extremamente importante para que você evite acordar cansado ou, então, nem consiga dormir por vários dias seguidos.

Isso vai alterar a sua rotina, o seu humor e consequentemente a sua produtividade e as suas relações.

Ninguém gosta de ter esses pilares abalados, por isso a necessidade de manter-se atento e, de preferência, em contato com algum profissional que auxilie nesse caminho de autocuidado.

 

O que fazer quando você não consegue dormir?

Quando você percebe: “não consigo dormir” e precisa encontrar formas de ativar o seu sono para, finalmente, receber o descanso que merece, lembre-se que há muitas formas de se fazer isso.

Entretanto, o primeiro passo é reconhecer se essa insônia é uma situação isolada, incomum que tem acontecido poucas vezes, ou se é algo que tomou conta da rotina e tem atrapalhado seus dias mais seguidamente.

No primeiro caso, quando acontece apenas uma ou duas vezes, é possível que seja por motivos de esgotamento naquela semana ou preocupações específicas com eventos que estão para acontecer.

Isso é muito comum, várias pessoas ficam nervosas quando estão prestes a passar por algo muito empolgante ou até algo desagradável, mas necessário.

O nervosismo para esses eventos pode estar alterando o seu sono ou te deixando mais agitado, então o ideal é que você busque exercitar o seu cérebro para ele se acostumar com a ideia de dormir.

Evite tomar café ou estimulantes que possam te deixar alerta perto do horário de dormir, faça a sua última refeição pelo menos uma hora antes de ir para a cama e não fique no celular até tarde.

Esses são aspectos que parecem distração, mas na verdade estão te distanciando ainda mais do sono e te deixando acelerado demais para descansar.

Sendo assim, se você se sentir muito inquieto na hora que estiver na cama, desprenda-se de coisas que possam te deixar muito alerta como celular, televisão ou computador.

Busque estímulos que possam te guiar para algo mais tranquilo, como um livro, uma música calma, um banho relaxante ou até a escrita.

Essas são pequenas atitudes que podem te ajudar a avisar o seu corpo que o momento de descanso está se aproximando e que ele precisa desacelerar gradualmente.

Agora, se o “não consigo dormir” for muito insistente e presente em muitos dias da semana, especialmente aqueles que você precisa estar bem e disposto no dia seguinte, a forma ideal é a mudança brusca de hábitos.

Essa insônia pode estar vindo da ansiedade ou de um esgotamento muito maior e seu corpo está tentando te indicar isso.

Não conseguir dormir por muitos dias torna-se um ciclo vicioso, porque seu corpo permanece cansado de dia e completamente elétrico a noite.

A melhor forma de combater isso é mudando de hábitos aos poucos e procurando ajuda profissional.

Evitar aquilo que estimula a insônia é um ótimo passo, então eliminar grandes distrações e pensamentos negativos perto do horário de dormir é muito importante.

O dia também faz parte do seu processo de sono, então escolha alimentos que não pesem no seu estômago e te ajudem a se sentir mais leve para vivenciar o dia.

Outras atividades diurnas também podem facilitar os mecanismos do seu corpo, como praticar algum exercício físico, meditação e longas caminhadas. Elas podem ser excelentes para a sua mente.

Isso porque vão aumentar a produção de hormônios positivos no seu corpo, algo que ajudará na sua desenvoltura ao longo do dia e em uma melhor noite de sono também.

São pequenas coisas que irão manter o seu corpo acordado na hora certa e pronto para descansar no momento exato, da mesma forma.

Mesmo seguindo a risca todos esses passos, quando o assunto é insônia e não conseguir dormir por muito tempo, o ideal é incluir um psicoterapeuta na sua rotina.

Ele será responsável por te acolher e debater todas as possibilidades que possam estar te afastando de um sono saudável e funcional para o seu cotidiano.

não consigo dormir

 

Tratamento para dificuldade de dormir

O tratamento para a dificuldade de dormir depende muito das motivações que te impedem de descansar.

Muita gente afirma: “quando chega a noite, eu não consigo dormir” e esse, infelizmente, é um problema mais comum do que imaginamos.

Entretanto, os motivos que podem te levar a insônia são os mais variados possíveis, logo os tratamentos recomendados também são.

Geralmente, o mais recomendado para pessoas que não conseguem dormir é o acompanhamento psicoterapêutico, porque é nele que a pessoa consegue falar sobre a sua rotina, suas angústias e tudo aquilo que pode estar atrapalhando.

O psicoterapeuta consegue, dessa forma, avaliar e ajudar essa pessoa a enxergar essas dificuldades, descobrindo as formas ideais de combater cada uma delas.

É um trabalho em equipe que necessita de troca e muita paciência, afinal a pessoa não deixará de ter episódios de insônia do dia para a noite. É necessário tempo e certa persistência.

Os resultados dessas sessões e práticas são os mais positivos, porque a pessoa começa a entender melhor os próprios mecanismos e ainda ganha mais autoconfiança também.

As vantagens são inúmeras e a rotina de sono passa a melhorar gradativamente.

Você também já disse: “não consigo dormir” algumas vezes nesses últimos tempos?

Saiba que aqui, na Psicotér, nós contamos com um grupo de psicólogas capacitadas e muito experientes no que diz respeito a essa questão. Não deixe sua saúde mental ou sua rotina de lado!

Converse com a nossa equipe de atendimento e marque já a sua avaliação BÔNUS!

Lisiane Duarte

Lisiane DuarteFundadora da Psicotér, CEO e Diretora Técnica, Psicóloga Cognitivo-Comportamental, completamente apaixonada pelo ser humano, realizada e privilegiada por poder participar da transformação de vidas. Experiência de mais de 20 anos de atuação clínica e empresarial. Psicoterapeuta individual e em grupo de crianças, adolescentes, adultos, idosos, casal e família, online e presencial, pós-graduada em Gestão do Capital Humano. Consultora de recolocação profissional desde 2003, capacitando e orientando profissionais em transição de carreira na busca de novas oportunidades. Também consultora em diversas empresas nacionais e multinacionais, nas diversas áreas de RH, atendimento e avaliação psicológica de profissionais.

Gostou? Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus




    Se identificou com o assunto deste post?


    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.