Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

INSÔNIA: como lidar com? Veja as causas e tratamentos

Categoria: Insônia, Psicoterapia

O que é insônia?

A insônia é um distúrbio que se caracteriza pela dificuldade da pessoa em pegar no sono ou de mantê-lo por tempo suficientemente necessário ao seu descanso e manutenção de sua saúde.

Esse tempo é variável, mas a maioria das pessoas necessita de oito horas de sono por dia.

Existem casos em que o sono é cortado, sendo algumas horas durante a noite e outras no decorrer do dia, como acontece com idosos. Neste caso, não configura um distúrbio de insônia, visto que há compensação durante o dia.

Existem momentos em nossa vida nos quais passamos por situações em que o período de sono é curto. Por exemplo, quando estamos muito ansiosos ou preocupados com alguma situação. Entretanto, quando esses momentos são circunstanciais e duram um ou dois dias, não precisamos nos preocupar.

A preocupação deve aparecer quando essa situação permanecer por muito tempo. A insônia traz prejuízos afetando o humor, a memória, a atenção e, consequentemente, o desempenho satisfatório no trabalho e nos estudos.

Quais são as causas da insônia?

Existem causas comportamentais, como no caso de pessoas que comem demais à noite, ou ingerem alimentos, bebidas ou substâncias estimulantes pouco antes de deitar (café, chá preto ou verde, chocolate e outros).

Há casos de doenças mentais que predispõe o distúrbio, como transtornos envolvendo ansiedade, depressão, bipolaridade, hiperatividade, traumas, dentre outros. Assim como decorrentes de situações de estresse, preocupações.

Mas não são só as doenças mentais que podem estar originando o problema. As demências, transtornos hormonais, problemas respiratórios, gastrointestinais e dores crônicas também estão na lista de desencadeantes de insônia.

O local onde se dorme também pode dificultar o sono, como ambientes muito claros, barulhentos ou onde predomina o desconforto (travesseiro ou colchão inadequados, temperatura muito baixa ou muito alta).

Como lidar com a insônia?

Existem casos em que algumas mudanças na rotina bastam para pôr fim ao problema:

Trocar o colchão e/ou o travesseiro, se necessário;

Deixar o quarto mais escuro e silencioso;

Evitar ingerir alimentos pesados e bebidas estimulantes algumas horas antes de deitar;

Criar rotina de horário para dormir e para acordar;

Deitar na cama especialmente para dormir, evitando o uso de celular, televisores ou outros entretenimentos;

Procurar fazer relaxamentos respiratórios;

A atividade sexual predispõe o relaxamento;

Ouvir músicas ou sons suaves e/ou de natureza;

Evitar discussões com o cônjuge na cama;

Tomar banho antes de dormir, usar óleo ou sachês relaxante de lavanda próximo ao travesseiro.

Existem casos que não apresentam melhora nem com as mudanças de rotina descritas acima, nesta situação, deve-se buscar ajuda especializada. Problemas hormonais e de demência, por exemplo, geralmente necessitam de medicamentos.

Transtornos mentais, dependendo do caso e gravidade, podem necessitar de medicamentos. É extremamente aconselhável a realização de psicoterapia para aprender a lidar com a ansiedade, pensamentos repetitivos e promover mudanças comportamentais, por exemplo.

Então, se a insônia persiste, é necessário buscar auxílio e realizar alguns exames para saber se a causa é física ou mental e, a partir disso, seguir o tratamento correto. Exames de sangue descartam problemas hormonais, como de tireoide. Exames que medem as frequências cerebrais vão descartar possíveis distúrbios neurológicos.

Algumas pessoas consideram que dormir é perda de tempo, o que é um grande erro. O organismo necessita de sono tanto quanto necessita de comida e água. Sua privação afeta consideravelmente na nossa saúde física e mental, podendo ocasionar diversas doenças, como:

➡ demências;
➡ hipertensão;
➡ diabetes;
➡ problemas cognitivos (dificuldades de aprendizado, de atenção, de memória, de raciocínio, coordenação motora);
➡ emocionais, como: tristeza, depressão, raiva, irritabilidade, ansiedade.

Não é à toa que a grande maioria dos acidentes no trânsito e no trabalho são decorrentes de falta de sono.

A privação do sono também prejudica os relacionamentos, uma vez que torna a pessoa sem paciência, agressiva, mal humorada e estressada. A longo prazo, pode destruir casamentos e ocasionar até a perda de emprego.

Por Sandra Arreal – Psicóloga da Equipe Psicotér

Psicotér: clínica de psicologia em Porto Alegre com atendimento presencial, online e domiciliar.

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Comentário Fechado

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Se preferir, preencha os campos abaixo e entre em contato para agendar sua consulta: