Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

6 Exercícios de Autoconhecimento da Psicologia para Praticar na Rotina!

Publicado em 11 de fevereiro de 2021
Categoria: Autoconhecimento, Psicoterapia
6 exercicios de autoconhecimento da psicologia

Você quer descobrir exercícios de autoconhecimento super práticos e que podem ser aplicados na sua rotina? Então vem conferir as técnicas da psicologia que vão te ajudar – e muito!

exercícios de autoconhecimento da psicologia

1- Exercício de autoconhecimento: “mas por quê?”
2- Exercício de autoconhecimento: “não pode”
3- Exercício de autoconhecimento: “isso é verdade, mesmo?”
4- Exercício de autoconhecimento: “o que você acha?”
5- Exercício de autoconhecimento: “me sinto ___ porque ____”
6- Exercício de autoconhecimento: “eu não sou todo mundo”

 

 

O que é o autoconhecimento?

O autoconhecimento é a habilidade de conseguir identificar e compreender os próprios sentimentos e comportamentos. Em resumo, significa conhecer o seu interior. 

Esse tema tem se popularizado muito nos últimos anos, principalmente nas redes sociais. Isso é, por um lado, muito bom – afinal, significa que as pessoas estão aprendendo mais sobre a própria mente e buscando o crescimento. 

Por outro lado, essa popularização faz com que os conteúdos sejam produzidos massivamente, com informações superficiais e pouco específicas. Dessa forma, acabamos cansando de ler sobre o assunto por pensar que sabemos tudo sobre ele – quando, na verdade, temos pouca ou nenhuma informação concreta. 

 

Afinal, o que é o autoconhecimento de verdade? 

Antes de tudo, o objetivo do autoconhecimento é te ajudar a se conhecer melhor, entendendo como a sua mente funciona. 

Como todos nós somos únicos, esse processo é diferente para cada um. Ou seja: a sua jornada de autoconhecimento vai ser única, e os resultados aparecem de formas diferentes para cada pessoa, em ritmos diferentes. 

O autoconhecimento começa dentro de cada um e, aos poucos, se reflete no exterior. Ele é capaz de mudar a forma como você vê o mundo, seus pensamentos, reações e sentimentos frente às questões do cotidiano. 

Podemos pensar no autoconhecimento como um escudo que protege a sua mente. As ameaças do exterior (problemas, brigas, estresses, dificuldades…) continuam existindo, mas você está protegido por dentro, e, portanto, não é atingido por elas. 

agendar avaliação psicóloga online

 

Os tipos de autoconhecimento

Ao adquirir essa habilidade, é natural que ela se estenda para todas as áreas da sua vida. Isso ocorre porque o seu interior está equilibrado, e esse equilíbrio resiste aos problemas de casa, do trabalho, da faculdade, da família…

Porém, podemos dividir o autoconhecimento em 3 áreas que precisam ser trabalhadas em sintonia para que essa habilidade seja desenvolvida da melhor forma. São elas:

Pensamentos:

Sua forma de pensar sobre o mundo, interpretar as situações cotidianas, enxergar as pessoas que te cercam e a si mesmo, etc.

Sentimentos: 

O que você sente ao pensar de certa forma, bem como ao viver determinadas situações.

Atitudes: 

O que você faz, ativamente, ao pensar e/ou se sentir de certa forma, o que você se sente impulsionado a fazer em determinadas situações.

 

Os 6 exercícios de autoconhecimento

Você já sabe que exercitar o autoconhecimento é importante para ter uma vida mais equilibrada. Mas, afinal, como colocar isso em prática?

Separamos 6 exercícios de autoconhecimento simples que você pode praticar na rotina para tornar essa prática um hábito! Vamos lá?

 

1- Exercício de autoconhecimento: “mas por quê?”

Ao tomar uma decisão, pense “mas por quê estou fazendo isso?”. Formule uma resposta e se pergunte, novamente “mas por quê precisa ser dessa forma?”. Siga se perguntando até que, por fim, a sua resposta seja satisfatória e lógica. 

Esse exercício te ajuda a ser mais consciente das suas decisões. Muitas vezes, acabamos decidindo antes de pensar ou até mesmo influenciados por pensamentos momentâneos, que surgiram em momentos de raiva

Um dos segredos para ter mais autoconhecimento é estudar as razões pelas quais você se comporta de certa maneira – isso é razoável? É a melhor decisão? Poderia ser feito de uma forma menos nociva, mais lúcida e com menos consequências?

 

2- Exercício de autoconhecimento: “não pode”

Muitas vezes procrastinamos nossos objetivos ou tomamos decisões erradas porque os resultados instantâneos são mais satisfatórios, ou, às vezes, mais fáceis de obter. 

Por exemplo: comer uma fatia de bolo vai me deixar feliz agora, mas fazer 30 minutos de caminhada só vai me deixar feliz daqui a algum tempo; portanto, vou comer o bolo e deixar a parte difícil para depois

A habilidade de dizer “não” para si mesmo precisa ser treinada, até que se torne um hábito e você consiga resistir às tentações com mais facilidade. Assim, pratique dizer “não” durante a rotina – experimente fazer isso três vezes por dia, por exemplo, até se acostumar.

Não se esqueça de anotar todas as vezes que tiver sucesso, para te ajudar a se manter motivado e aumentar a sensação de satisfação!

 

3- Exercício de autoconhecimento: “isso é verdade, mesmo?”

Infelizmente, muitas pessoas tendem a se ver de forma negativa, fazendo autocríticas constantes. É muito importante saber reconhecer os próprios erros e se responsabilizar por eles – mas isso é diferente de se criticar o tempo todo! 

Muitas vezes assumimos internamente a culpa de situações que não estão sob o nosso controle, gerando pensamentos negativos e crenças limitantes. Tudo isso só nos afasta cada vez mais dos nossos objetivos. Tente pensar diferente: entenda que nem tudo o que você pensa sobre si mesmo é uma verdade absoluta. É possível mudar a forma como você se vê, com muito treino e paciência!

Sempre que um pensamento negativo surgir, tente parar e pensar: “isso é verdade, mesmo? De onde esse pensamento surgiu? Afinal, por que me vejo dessa forma?”. 

Da mesma forma, reflita sobre o que você costuma pensar das pessoas à sua volta ou das situações pelas quais passa. Será que a sua primeira impressão está correta, ou é fruto de um pensamento negativo?

 

4- Exercício de autoconhecimento: “o que você acha?”

Como vimos anteriormente, a forma como nos vemos pode ser um pouco distorcida pelos pensamentos negativos. Por isso é importante tentarmos entender como as outras pessoas nos veem – muitas vezes nos surpreendemos com a imagem que passamos para o mundo!

Comece a perguntar para as pessoas mais próximas como elas te enxergam. Mas vá com calma – não questione todo mundo o tempo todo! Tente lembrar ou anotar os comentários que recebe e, com isso, analise quais comportamentos levam as pessoas a te ver dessa forma. Você está satisfeito com a imagem que passa? Que aspectos você gostaria de mudar e por quê?

Não se esqueça que a opinião de uma única pessoa não é uma verdade absoluta. Colete opiniões diferentes e analise o que elas têm em comum. Para fazer uma análise mais precisa, procure a diferença entre a visão dos seus colegas de trabalho, amigos próximos e familiares – isso vai te dar uma ideia de como você se comporta em cada ambiente e do que precisa ser mudado, mantido ou deixado para trás.

 

5- Exercício de autoconhecimento: “me sinto ___ porque ____”

Nesse exercício, você precisa preencher as lacunas da frase. Por exemplo: “me sinto estressado porque tive problemas no trabalho” ou “me sinto feliz porque fiz uma caminhada”.

Entender os seus sentimentos pode ser difícil. Afinal, nem sempre sabemos o motivo pelo qual estamos tristes, estressados ou ansiosos. Com esse exercício de autoconhecimento, porém, você vai criar o hábito de investigar o que está sentindo mais à fundo; com o tempo, ao ver situações se repetirem, será capaz de prever como vai se sentir e controlar melhor os sentimentos.

Isso não significa que você deve reprimir seus sentimentos assim que notá-los – pelo contrário, é muito importante respeitar a forma como você se sente e o tempo que você precisa para se recuperar. Esse exercício te estimula apenas a não se deixar controlar pelos impulsos e não agir de cabeça quente. Além disso, ele ajuda a distinguir melhor entre pensamento – sentimento – atitude. 

 

6- Exercício de autoconhecimento: “eu não sou todo mundo”

Entenda, de uma vez por todas: você não é todo mundo! Cada pessoa tem os próprios objetivos, desejos e sonhos; sendo assim, todos têm prioridades diferentes.

Um dos grandes erros ao buscar o autoconhecimento é pensar que você precisa seguir os mesmos passos que os outros, no mesmo ritmo. Ignore a lista de tarefas que você viu no Instagram, o que aquele coach famoso disse que é prioridade, a rotina daquela influencer… 

Se conhecer é saber como você funciona. Do que você gosta? Como você funciona melhor? Em que horários é mais produtivo? Você se organiza melhor fazendo listas rígidas de tarefas ou seguindo o próprio ritmo? Se adapta bem a mudanças ou precisa ir devagar, dando um passinho pequeno de cada vez?

Tudo isso importa! A sua jornada é única e reflete o seu jeito de ser e estar no mundo. Esses exercícios de autoconhecimento não servem para te transformar em outra pessoa; o objetivo é apenas te ensinar a olhar para dentro e reconhecer quem você é, lá no fundo. A partir daí, você deve fazer as mudanças que julgar necessárias, buscando os melhores resultados para a sua vida. 

atendimento psicológico online

 

A psicoterapia pode te ajudar!

Ver todos esses exercícios de autoconhecimento juntos pode ser um pouco assustador – afinal, como praticar isso tudo? 

E estamos aqui para responder: com a psicoterapia pode ajudar!

Essa prática pode te ajudar a se organizar melhor, a manter o foco e a realizar essa mudança gradual de hábitos sem tanto sofrimento. O psicoterapeuta é um profissional especializado, formado em psicologia e “craque” em entender o funcionamento da mente humana. 

Assim, durante as consultas você poderá apresentar suas questões, relatar seu progresso e conversar sobre as dificuldades. O psicoterapeuta irá escutar tudo com atenção, analisando cada aspecto e te estimulando com questionamentos e reflexões. O papel desse profissional não é resolver os seus problemas, mas te guiar e te estimular enquanto você lida com as dificuldades e as supera. 

Olhar para o próprio interior durante os exercícios de autoconhecimento pode ser doloroso; nem sempre temos coragem de encarar o que ficou preso dentro de nós por tanto tempo. Mas esse processo é essencial para o nosso crescimento – e é possível passar por ele mantendo o equilíbrio e o bem estar quando estamos acompanhados de alguém que conhece os “atalhos” desse caminho ;D

Na Psicotér, contamos com uma grande equipe de psicólogas em Porto Alegre, que realizam atendimento presencial e online. Além disso, os horários são flexíveis; dessa forma, você pode cuidar da sua saúde mental em meio à rotina, e ainda ter tempo de praticar seus exercícios de autoconhecimento!

Gostou desse texto? Acompanhe nossos posts no Instagram, no Facebook e no Pinterest! Atualizamos nossas redes sociais diariamente com as melhores dicas e informações!

 

Lisiane Duarte – CRP 07/12563
Psicóloga e Diretora Técnica da Psicotér

Texto por: Netuno – redatora da Equipe Psicotér

 

 

 

Clique para solicitar avaliação bônus

Veja Mais


    Se identificou com o assunto deste post?
    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Gostou? Compartilhe:

    Leia Também

    Deixe seu comentário