Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

Falta de Paciência e Irritabilidade? Aprenda a lidar com a Psicologia

falta de paciência e irritabilidade

Você é do tipo que não tem muita paciência e sabe que se irrita facilmente?

Muitas pessoas gostam de definir assim, como se ser “esquentadinho” fosse algo comum e que faz parte de um tipo de personalidade, quando na realidade pode demostrar diversos problemas internos que precisam receber a devida atenção!

Ter “pavio curto”, explodir com facilidade, ser grosseiro ou não ter paciência para lidar com certas coisas podem indicar altos níveis de estresse e conviver com isso por longos períodos significa estar em constante sofrimento.

Além disso, também é preciso pensar sobre relações e o quão delicado é conviver com pessoas que vivem no extremo das suas próprias emoções o tempo todo… Já parou para refletir sobre isso?

No artigo de hoje vamos te ajudar a investigar a origem desses sentimentos e desse descontrole emocional, mostrando possibilidades para criar autocontrole e tornar mais leve cada uma das suas emoções! Acompanhe até o final e não perca nada!

O que causa irritabilidade e falta de paciência

 

O que causa irritabilidade e falta de paciência?

A irritabilidade e a falta de paciência podem ser causadas por diversas situações, mas uma coisa é fato: elas não são sensações comuns e saudáveis que devem ser alimentadas. Muito pelo contrário!

A grande verdade é que a irritabilidade constante é causada por altos níveis de estresse ou até mesmo ansiedade, deixando aquela pessoa com os sentimentos sempre a flor da pele, como se ela estivesse sendo perseguida e com o emocional no limite.

O mesmo ocorre com a falta de paciência: estourar facilmente pode significar que você é uma pessoa imediatista, que administra pouco o sentimento de empatia ou tem dificuldades de enxergar o outro como outro. Isso diz muito sobre os bloqueios emocionais que vamos criando com o passar do tempo.

Outro ponto importante é que a origem para essas situações podem sempre se constituir desde a infância, ou seja, traumas, a dificuldade para ser ouvido ou visto, a necessidade de criar independência cedo demais, a autocobrança, a vontade de ser perfeito e assim por diante.

Todos esses pontos podem contribuir para o desenvolvimento de uma pessoa que tem pavio curto e que gosta de ser prática! Já pensou sobre isso?

Principais sintomas do estresse e falta de paciência

Podem existir inúmeros sinais de estresse e falta de paciência, afinal em cada corpo e em cada mente eles se manifestam de uma forma única. Porém, nós entendemos que existem alguns padrões de comportamento e até mesmo de pensamento que podem acontecer com pessoas que sofrem com eles…

Dessa forma, criamos essas duas listas de sintomas físicos e sintomas emocionais para você ficar de olho:

Sintomas físicos

Esses são aqueles que surgem quando estamos no auge do estresse, sentindo que tudo vai explodir e que o nosso corpo irá perder o controle, acompanhe:

  • Sudorese excessiva;
  • Garganta arranhada;
  • Tensão no maxilar ou nos músculos;
  • Dores de cabeça;
  • Calor no pescoço;
  • Coceira pelo corpo;
  • Punhos cerrados;
  • Morder a boca constantemente;
  • Gaguejar;
  • Comprimir os lábios seguidas vezes;
  • Respiração descompensada.

 

Sintomas emocionais

Os sintomas emocionais já são aqueles que se passam de forma interna, agredindo o seu interior e fazendo com que você se sinta em grande sofrimento:

Veja também: Como ser uma pessoa menos estressada

falta de paciência e irritabilidade

 

Como lidar com a falta de paciência e irritabilidade constante?

Lidar com a falta de paciência e irritabilidade constante pode ser um desafio dos grandes, principalmente se esse forem traços que você lida por boa parte da sua vida.

A grande verdade é que sempre será possível contar com algumas técnicas e com a ajuda psicológica para garantir que você aprenda mais sobre limites, entendendo onde deve ou não pisar e o que deve ou não fazer em determinadas situações sociais.

Isso é importante para garantir o seu bem estar, mas também permitir que suas relações cresçam de maneira segura e saudável.

 

Falta de paciência com as pessoas

A falta de paciência com as pessoas geralmente está relacionada a essa necessidade de acertar em tudo, ser perfeito, alcançar seus objetivos e ser visto pelo mundo. Isso significa que muita coisa já foi reprimida aí dentro e o formato mais direto e simples de se livrar disso é através das explosões de humor que acontecem.

Para lidar com isso, é importante fazer um exercício de dentro para fora, nunca o contrário! O que está me incomodado no outro? Por que a minha reação é essa ou aquela? De que forma eu posso agir para transformar essa interação mais equilibrada para ambos os lados?

Tudo é uma questão de pesquisa e investigação!

 

Falta de paciência com os filhos

Filhos, principalmente na fase da infância, podem testar e muito a nossa paciência, não é? Isso porque crianças são crianças: gostam de explorar, perguntar, se aventurar e imaginar diversas coisas. Esse é o dia a dia delas e seria muito errado querer o contrário!

Porém, é preciso olhar para essa falta de paciência com cuidado, pois muitas vezes projetamos nos pequenos inseguranças, medos, tensões do dia a dia e estresses que são apenas nossos e não deles.

É preciso fazer esse discernimento e aprender a impor limites quando necessário, mas sempre priorizando o diálogo e a comunicação não-violenta!

 

Falta de paciência no relacionamento

Falta de paciência no relacionamento ou no casamento também é algo muito comum e que precisa ser investigado, afinal o problema está em você ou na relação?

A gente precisa saber separar a origem do problema, para assim poder combater ele de frente. Muitas vezes, estamos inseridos em rotinas tão confusas e bagunçadas que acabamos deixando isso ficar no meio das nossas relações… Será que esse é o seu caso?

falta de paciência e irritabilidade

 

Tratamento para falta de paciência e irritabilidade com a Psicologia

A irritabilidade pode ser resolvida com a ajuda profissional de um psicólogo e, em alguns casos, com a parceria de um médico psiquiatra também!

Isso porque estamos sempre vivendo no limite, nos testando todos os dias e nos colocando em situações desconfortáveis, mesmo quando sabemos que não é o melhor caminho. É exatamente aí que entra o poder de um profissional:

Te guiar em uma jornada de autoconhecimento que te ajude a criar coragem, força de vontade e cuidado com as suas próprias emoções, valorizando os limites de cada uma delas.

A psicologia pode te ajudar a descobrir ainda mais sobre a origem do problema, além de te garantir uma maior confiança no processo de cura e melhorando suas habilidades sociais!

 

Perguntas frequentes sobre excesso de irritação

Quando pensamos sobre irritação e falta de paciência, é possível que muitas perguntas venham a mente, não é? Nós listamos algumas aqui e respondemos para te ajudar a ter mais ideias sobre esse tipo de sensação:

 

Que doença causa irritabilidade?

Existem diversas doenças físicas e emocionais que podem acabar causando irritabilidade, afinal se trata de uma grande reação em cadeia. Contudo, o contexto mais provável que pode alimentar esse estado emocional é a distimia ou a ansiedade.

Ambos transtornos lidam com picos de estresse e podem acabar influenciando no excesso de irritação.

 

Porque eu fico irritada com facilidade?

A falta de paciência é a típica sensação que ocorre através de uma sucessão de frustrações, seja no passado ou no presente. Além disso, é muito comum que pessoas com grandes responsabilidades, com um senso mais reativo e ágil tenham predisposição em ficarem mais irritadas mais rápido.

 

Qual o melhor remédio para irritabilidade?

O melhor remédio para a irritabilidade é aquele indicado por um profissional! O que isso quer dizer? Que tudo depende!

Cada quadro é um quadro, cada pessoa vivencia os sintomas de uma forma e é exatamente por isso que se faz necessário contar com a ajuda certa!

Se você sente que lida demais com o a irritabilidade constante e que gostaria de mudar isso de alguma forma, aproveite para conhecer a nossa equipe!

Entre em contato com o nosso atendimento e garanta hoje mesmo a assistência que você busca!

Texto de: Luísa de Oliveira – redatora da Equipe Psicotér

Aprovado por:

Lisiane Duarte

Lisiane DuarteFundadora da Psicotér, CEO e Diretora Técnica, Psicóloga Cognitivo-Comportamental, completamente apaixonada pelo ser humano, realizada e privilegiada por poder participar da transformação de vidas. Experiência de mais de 20 anos de atuação clínica e empresarial. Psicoterapeuta individual e em grupo de crianças, adolescentes, adultos, idosos, casal e família, online e presencial, pós-graduada em Gestão do Capital Humano. Consultora de recolocação profissional desde 2003, capacitando e orientando profissionais em transição de carreira na busca de novas oportunidades. Também consultora em diversas empresas nacionais e multinacionais, nas diversas áreas de RH, atendimento e avaliação psicológica de profissionais.

Gostou? Compartilhe

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus

    Se identificou com o assunto deste post?

    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*

    Seu e-mail*

    Seu telefone

    2 respostas

    1. Oi, eu estava e eu ando muito impaciente, estressada, e eu reconheço que estou mas eu tenho sido explosiva por nada e eu quero melhora! Não quero tratar mal as pessoas

      1. Olá Talita, primeiramente, é muito importante reconhecer que você está passando por um momento difícil e querer buscar ajuda para melhorar é um grande passo. Sentir-se impaciente e estressada, e ter reações explosivas, pode ser desafiador não só para você, mas também para as pessoas ao seu redor. Estamos à disposição para qualquer dúvida ou para mais informações. Sua saúde mental é importante, e você não está sozinha nessa jornada.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *