Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Como Escolher um Psicólogo? Veja 7 Dicas Essenciais

Publicado em 13 de abril de 2021
Categoria: Psicoterapia, Psicoterapia Familiar, Psicoterapia Individual
Como escolher um psicólogo

Saber como escolher um psicólogo é essencial para qualquer pessoa que deseja fazer terapia e obter bons resultados.

Não é fácil admitirmos que necessitamos de ajuda em meio aos problemas e conflitos existentes em nossas vidas, e admitir que precisamos de ajuda pode, muitas vezes, ser uma das coisas mais difíceis que alguém pode fazer.

Entretanto, depois de compreender a necessidade do auxílio de um profissional de psicologia e como é essencial a terapia na vida de qualquer pessoa, surge então uma grande dúvida, que é a escolha do psicólogo.

Você tomou a decisão de buscar pela terapia, e nada mais normal do que desejar encontrar um profissional de qualidade, bem capacitado, e com quem você possa se conectar de forma fácil.

Todas as pessoas que estão à procura de um psicólogo desejam ter um profissional em quem possam confiar os seus sentimentos, emoções, e pensamentos mais íntimos.

Assim, a escolha de um terapeuta jamais deve se dar por uma decisão precipitada, sendo necessário demandar um pouco de esforço e do seu tempo para escolher o melhor profissional para você.

Nos momentos em que você se sente mais sobrecarregado e que necessita de ajuda para lidar com conflitos internos e problemas decorrentes da vida, um psicólogo competente e de confiança é sempre muito importante.

Isso porque a escolha feita de maneira arbitrária, por qualquer profissional de psicologia, poderá afetar os resultados que você irá alcançar com a terapia.

O objetivo deste artigo é mostrar a você algumas dicas essenciais de como escolher um profissional da psicologia da maneira certa, balanceando a experiência, competência e confiança no profissional.

Não deixe de acompanhar esse texto até o final para saber tudo sobre o assunto!

tipo de psicólogo procurar

 

Para que serve o psicólogo?

Antes de conhecer as dicas essenciais de como escolher um psicólogo, a primeira coisa que você precisa saber é para que serve o profissional da psicologia.

O psicólogo é o profissional que procura compreender os comportamentos e as funções da mente de um ser humano.

Para isso, ele aplica os métodos científicos aprendidos ao longo da sua formação para conseguir entender melhor a psique humana, além de atuar diretamente na prevenção e no tratamento de transtornos e doenças mentais.

Engana-se quem acredita que os psicólogos atendem apenas aquelas pessoas que possuem dificuldades ou algum tipo de doença ou transtorno mental, como esquizofrenia ou depressão.

Esses profissionais atendem também aquelas pessoas que se encontram em momentos difíceis em suas vidas, e ainda aquelas que não possuem qualquer tipo de dificuldade, de forma preventiva.

Isso porque o psicólogo auxiliará sempre qualquer pessoa a conseguir ter um maior autoconhecimento, bem como aumentar a sua qualidade de vida.

Não importa em qual dos casos você se encontre, sempre poderá contar com a ajuda de um profissional de psicologia para essas finalidades.

 

Que tipo de psicólogo devo procurar?

A maioria dos psicólogos podem atender casos gerais, apesar de utilizarem abordagens distintas, como é o caso da psicanálise e da terapia cognitivo-comportamental.

Sendo assim, no momento da busca você deve optar por um psicólogo capacitado, sabendo que todos os profissionais estão totalmente aptos a atender a todas as idades, modalidades e queixas do paciente.

 

Como saber se o psicólogo é bom?

Mais à frente, vamos compartilhar com você algumas dicas essenciais para escolher um bom psicólogo. Então não se preocupe, porque o assunto será mais aprofundado!

De forma geral, pode-se dizer que para saber se o psicólogo tem competência você deve observar se ele teve uma boa formação acadêmica, e se ele tem experiências que são relevantes dentro da área clínica.

Uma dica é estar buscando referências a respeito da clínica e do atendimento realizado pelos profissionais que trabalham nela.

Assim, você pode procurar pelas referências dos pacientes em relação à Psicotér.

É importante também observar os critérios da formação e os critérios legais (se está inscrito no conselho de classe da profissão) do profissional, entre outros dados.

 

Como escolher a abordagem psicológica para mim?

Essa é uma dúvida bastante comum para a maioria das pessoas: como saber qual é a melhor abordagem psicológica, e como escolher ela.

A primeira coisa que se precisa deixar claro é que o psicólogo é que irá determinar, por meio de uma avaliação, qual é a melhor abordagem de tratamento para o seu caso.

Assim, diferente do que acontece no momento da escolha do profissional, na qual você é o responsável por fazê-la, baseado em certos dados, na escolha da abordagem psicológica é o psicólogo que irá fazer a definição dela.

 

7 Dicas de como escolher um bom psicólogo

Dicas de como escolher um bom psicólogo
Chegamos ao momento chave desse texto: você vai conhecer as dicas mais importantes para a hora de escolher um bom psicólogo.

Apesar de muitas pessoas acreditarem que se trata de algo especialmente complicado, saiba que essa tomada de decisão, desde que sejam seguidas as dicas dadas aqui, é algo que exige esforço e tempo, mas é fácil.

1- Faça uma avaliação das credenciais do psicólogo

A primeira dica para que você escolha um bom psicólogo é avaliar as credenciais do profissional, pois isso irá ajudar a entender se ele realmente é qualificado.

Você precisa saber se o psicólogo que escolheu possui registro no conselho de classe da profissão e, portanto, está apto a atender de maneira profissional.

Essa carteira de identidade profissional é expedida pelo CRP, o Conselho Regional de Psicologia, tendo como modelo oficial o que for aprovado pelo Conselho Federal de Psicologia, tendo validade em todo o território nacional.

Apenas com essa dica você já consegue garantir que irá fazer terapia com um profissional realmente capacitado e qualificado para tal, evitando assim escolher pessoas que atuam na área sem ter uma formação e o registro necessários.

2- Faça uma avaliação das questões financeiras

Muitas pessoas que estão buscando por um psicólogo não levam a questão das finanças em consideração, mas ela é extremamente importante.

Você pode encontrar o melhor profissional de psicologia da cidade, mas se o valor das sessões de terapia não são acessíveis para sua realidade financeira, você não conseguirá dar continuidade às suas consultas e voltará para o processo de escolha de um novo psicólogo.

A primeira coisa que você precisa fazer, portanto, é estabelecer o seu limite financeiro, de forma a saber quanto tem de recurso para investir na sua terapia.

Isso vai ajudar você a limitar ou a ampliar o campo de busca dos profissionais, pois todos aqueles que estão acima do valor máximo que pode ser pago por consulta serão eliminados da sua lista.

O fator financeiro, portanto, é muito importante para garantir que você vai poder se organizar e escolher um bom terapeuta que esteja dentro do seu limite de preço.

3- Tome muito cuidado com profissionais que usam práticas não regulamentadas

Infelizmente, existem muitos profissionais que fazem uso de práticas não regulamentadas na terapia, o que é algo que você deve tomar cuidado e evitar.

Os psicólogos que atuam dentro das normas éticas internalizam aqueles padrões que são estabelecidos pelo conselho de classe de psicologia.

Isso significa que eles irão passar ao paciente tudo com honestidade, com abertura e com a maior transparência, desde as informações sobre o tratamento até a cobrança de valores e contrato terapêutico.

Assim, é importante deixar claro que o profissional deverá sempre expor apenas aquelas técnicas e práticas que sejam regulamentadas pela profissão, evitando abordagens que não possuem nenhum tipo de comprovação científica.

Hoje em dia é possível encontrar diversos profissionais que oferecem práticas que não são regulamentadas, mas que são “vendidas” como sendo eficazes e seguras.

Muitas dessas práticas, inclusive, merecem todo o respeito por serem milenares, mas não podem ser utilizadas pelo profissional de psicologia por não serem técnicas ou práticas psicológicas.

4- Faça uma avaliação do perfil do psicólogo

Além da avaliação das credenciais do profissional, que são importantes para saber mais sobre as práticas dele e se o mesmo é regulamentado para exercer a profissão, é importante avaliar também o perfil do psicólogo.

Os profissionais de saúde mental precisam auxiliar os seus pacientes para que eles possam extrair, examinar e analisar todas aquelas informações coletadas durante a psicoterapia.

É através delas que o psicólogo poderá então fazer aconselhamentos e dar orientações psicológicas adequadas ao paciente, de acordo com seu caso.

Portanto, ser psicólogo é muito mais do que somente estar ouvindo os problemas do paciente.

O profissional precisa coletar todos os dados a respeito do paciente, seja ele um indivíduo, um casal ou uma família, e então utilizá-los para obter soluções que ajudem essas pessoas a conseguirem mudanças em suas vidas.

5- Faça uma avaliação da credibilidade do profissional

Uma outra avaliação importante que você vai poder fazer é a respeito da credibilidade desse profissional.

Não adianta ele ter toda a formação necessária, ser regulamentado na profissão e cobrar um preço mais acessível pela consulta se não possui credibilidade e confiabilidade.

Você jamais deve começar ou continuar o atendimento com um psicólogo no qual não confie, pois isso vai acabar fazendo com que não haja um bom relacionamento entre as partes.

6- Não confie em profissionais que fazem previsões

Como as pessoas hoje querem tudo rápido e de forma garantida, nada mais comum do que encontrar por aí alguns psicólogos que fazem previsão a respeito de resultados.

É o caso daqueles que anunciam que “curam a depressão em um mês” ou “que liberam as pessoas dos traumas em uma sessão de hipnose”.

Esse tipo de prática viola diretamente o código de ética do psicólogo e é totalmente incoerente com a prática da profissão.

7- Faça uma avaliação da primeira sessão

Por último, como não poderia deixar de ser, há a dica de fazer uma avaliação da primeira sessão com o psicólogo, para então saber se o profissional realmente é bom.

Você deve observar se há uma química com o terapeuta e se ele te ouve sem fazer julgamentos, pontos mais do que essenciais para garantir que a terapia realmente irá fazer efeito, e vai gerar bons resultados.

Caso as respostas sejam negativas, então não há dúvidas de que você precisará procurar outro psicólogo.

 

Como escolher um psicólogo para orientação vocacional?

Para escolher um psicólogo para orientação vocacional é preciso, antes de qualquer coisa, se sentir à vontade com o profissional, pois apenas assim você vai poder conversar de forma aberta sobre sua vida e seus sentimentos.

O psicólogo deverá também ser experiente nesse tipo de trabalho, por isso é essencial conhecer sobre o trabalho dele e a qualificação que possui, para poder assim garantir uma orientação vocacional realmente eficaz para você.

 

Como escolher um psicólogo infantil?

A escolha de um psicólogo infantil pelos pais deve ser feita com o máximo de cuidado, pois as crianças exigem um olhar mais atento e uma forma específica de técnica para que ela possa expressar-se de forma não verbal.

Sendo assim, é essencial que você observe se aquele profissional realmente tem vocação para lidar com crianças, se trabalha para oferecer um ambiente seguro e confortável para elas, e se possui experiência e qualificação nessa área.

 

Como escolher um psicólogo familiar?

A experiência do psicólogo no atendimento de famílias é uma das primeiras coisas que o paciente precisa observar, já que esse tipo de terapia exige que o profissional tenha mais disponibilidade e atenção.

Um psicólogo familiar terá que lidar com as falas e comportamentos de mais de uma pessoa, muitas vezes até ao mesmo tempo, então um profissional que já atue na área e saiba como lidar com essa modalidade é o mais indicado.

 

Como escolher um psicólogo para casal?

O mais importante é verificar os requisitos específicos que deve ter um psicólogo para o casal, de modo que ele possa atuar de forma eficaz naquele caso.

De nada adianta buscar auxílio de uma terapia de casal com um profissional que nunca atendeu um casal e que não sabe quais são as técnicas mais eficazes para lidar com aquela situação, ainda mais quando a relação está muito desgastada.

A busca por um profissional qualificado é essencial para que você possa ter certeza de que os resultados alcançados para o casal serão realmente positivos.

 

Como escolher um terapeuta sexual?

A terapia sexual ainda possui muitos tabus, mas cada vez mais pessoas estão buscando por ela e escolher um bom terapeuta sexual é uma parte imprescindível desse tratamento.

Você precisa encontrar um profissional capacitado, que tenha estudado todas as áreas do sexo, o que inclui a orientação sexual, a anatomia e fisiologia humana, a dinâmica existentes nas relações sexuais e a mecânicas dos atos e contatos sexuais.

Além disso, o profissional ainda pode buscar por outras disciplinas que lhe permitam entender melhor a respeito da sexualidade humana, como é o caso da biologia, da psicologia e ainda dos estudos de gênero, apenas a título de exemplo.

Benefícios da psicoterapia

 

Psicólogo online

Em um mundo cada vez mais conectado, nada mais normal do que as pessoas buscarem pela terapia com psicólogo online.

Essa é uma realidade possível para todas as pessoas que possuem conexão com a internet e um computador ou celular, além de um lugar tranquilo e seguro para fazer as sessões.

Você pode fazer qualquer tipo de terapia com um psicólogo online, como terapia individual, de casal ou familiar, além de ela estar disponível também para pessoas de todas as idades, sejam crianças, adolescentes, adultos ou idosos.

A melhor forma de encontrar um bom psicólogo online é com a Psicotér, que oferece o acesso a profissionais extremamente capacitados para o atendimento virtual dos pacientes.

Acesse o site da Psicotér e agende hoje a sua avaliação BÔNUS, para dar início à terapia!

Lisiane Duarte – CRP 07/12563

Psicóloga e Diretora Técnica da Psicotér

Clique para solicitar avaliação bônus

Veja Mais


    Se identificou com o assunto deste post?
    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Gostou? Compartilhe:

    Leia Também

    Deixe seu comentário

    Como Escolher um Psicólogo? Veja 7 Dicas Essenciais | Psicotér