Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Como identificar um problema psicológico?8

Categoria: Autoconhecimento, Psicoterapia

Será que estou com um problema psicológico?

Existem alguns sinais que te permitem identificar se há algum tipo de problema psicológico por trás dos sintomas percebidos. É importante lembrar que eles podem aparecer em qualquer fase da vida, desde a infância até a vida adulta.

Nos deparamos com situações que mobilizam diversos sentimentos desde a raiva à alegria e é normal, não necessariamente representando um problema psicológico.

Somos seres humanos formados pela história de vida, características genéticas, fatores biológicos, bem como aspectos ambientais do nosso dia a dia. Passamos por altos e baixos na vida, e nos transformamos a partir das nossas vivências. Mudamos a nossa forma de pensar, sentir e agir.

Muitas vezes, somos tomados por sentimentos de tristeza e de estresse. Por sabermos que é normal passarmos ou sentirmos dificuldades diante de algumas situações, achamos difícil avaliar os sinais de que estamos passando por algum problema psicológico.

Primeiramente, uma dica importante e que pode te ajudar a identificar se você está desenvolvendo um problema psicológico, é avaliar o tempo que os sintomas permanecem no seu dia a dia, ou seja, se são recorrentes. Problemas, todos temos, porém a partir do momento em que eles começam a aparecer de forma contínua, implicando assim, em prejuízos nas suas atividades diárias, é o momento de parar e de procurar a ajuda de um profissional.

Seguem abaixo alguns itens que podem te ajudar a entender se você está com um problema e precisa de ajuda:

 Quando o seu humor se apresenta de forma instável;

 Dificuldade em lidar com uma perda significativa na vida seja por morte de um familiar, de um animal de estimação, ou até mesmo pela perda do emprego;

 Dificuldades em lidar com a frustração, frente a expectativas construídas diante de algo;

 Presença de sentimentos de solidão, mesmo que esteja rodeado de pessoas que gosta;

 Sentimentos de desorientação frente à tomada de decisão;
Pensamentos negativos, de que as coisas darão errado, de que não é capaz ou merecedor;

 Pensamentos recorrentes voltados a uma situação traumática vivenciada;

 Dificuldade em expor os pensamentos e sentimentos, por temer o julgamento dos outros;

 Pensamentos a mil. Quando você está fazendo algo e seus pensamentos estão voltados a outras preocupações;

 Quando o medo implica na sua atitude, te impedindo de evoluir;

 Sentimentos de tristeza ou vontade de chorar sem motivo aparente;

 Alterações no sono, desde a insônia ao sono excessivo;

 Quando perde a vontade de fazer coisas que tanto gostava de fazer, não enxergando prazer ou interesse em mais nada;

 Não querer socializar, preferindo o isolamento;

 Alterações no apetite, comer muito ou pouco. Perda ou aumento de peso significativo;

Sentimentos de rejeição;

 Falta de ânimo, entusiasmo;

 Sentimento de culpa excessivo;

 Declínio no desempenho no trabalho;

 Dores de cabeça, de estômago, tensão muscular, entre outros sintomas físicos;

 Alterações na libido;

 Autoagressão ou automutilação;

 Quando desconta em alguma substância, por exemplo, no álcool, no cigarro, na comida, servindo de suporte para aguentar as dificuldades do cotidiano;

 Uso de drogas;

 Alterações de memória;

 Dificuldades de concentração;

 Sensação de morte ou vontade de morrer;

 Vontade de sumir do mundo e pensamentos suicidas;

O sinal de alerta e a atenção aos sintomas deve ser acionado quando os conflitos passam a ser recorrentes e prejudiciais, sem observação de melhora. Portanto, esses sintomas podem aparecer de forma isolada ou muitos de uma vez só, desencadeando uma crise.

Assim, a psicoterapia é uma grande aliada no tratamento de problemas psicológicos. Com ela, desenvolvemos o autoconhecimento, identificando as nossas forças e fraquezas, bem como ajuda a compreender os conflitos internos existentes, além de buscar estratégias para melhorar a qualidade de vida.

Portanto, faça algo por você, priorize-se, a sua vida é muito para ser ignorada. Você certamente pode contar com a ajuda de um psicólogo para trabalhar com esses sintomas que te impedem de ser feliz.

Por Amanda Hasse – Psicóloga da Equipe Psicotér

Tire suas dúvidas sobre a primeira avaliação gratuita: 

Psicotér: clínica de psicologia em Porto Alegre com atendimento presencial, online e domiciliar.

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Comentário Fechado

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Se preferir, preencha os campos abaixo e entre em contato para agendar sua consulta: