Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Pensamentos obsessivos

Categoria: Doenças e Transtornos

Você já se pegou pensando exageradamente em algo, como se não conseguisse se livrar de tais pensamentos?

Saiba mais sobre os pensamentos obsessivos ?

Pensamentos obsessivos são aqueles que chegam a nossa mente e não saem facilmente. São como uma ideia fixa ou preocupação persistente, e costumam ser desencadeados por sentimento negativos. A obsessão é reflexo de um transtorno de ansiedade que geralmente faz com que a pessoa foque exageradamente em um tema, projeto ou pessoa.

As mentes obsessivas tendem a distorcer a realidade e a intoxicar sentimentos, sabotando a saúde e o bem-estar da pessoa. Estes pensamentos identificam-se como uma perturbação emocional em torno de um perigo que não é real. A mente começa a acreditar nessas ideias, colocando o indivíduo para baixo e dificultando a superação de obstáculos.

Ficar muito tempo pensando que algo não está suficientemente bom ou que não dará certo, mesmo que não haja nada de concreto e real para justificar tais ideias, passa-se a acreditar nesta realidade e a enxergá-la de forma negativa, abalando tanto a autoestima como a paz de espírito do indivíduo que tem estes pensamentos.

Quando se tem um objetivo, algo que se deseja muito alcançar, corre-se o risco de focar tanto neste ideal que este torna-se uma obsessão. Porém, é importante diferenciar foco de obsessão:

➡ Estar focado em alguma coisa é saudável e inclusive necessário, pois assim voltamos nossa atenção e energia para alcançar o que desejamos;

➡ Já o pensamento obsessivo é algo que traz sentimentos negativos para a pessoa e não costuma trazer resultados favoráveis, pelo contrário, só deixa o indivíduo mais distante do seu real objetivo.

Ao despender tempo e energia imaginando uma falha, ou mesmo ficar repetidamente pensando a respeito de algo e suas possíveis consequências, não se estará trabalhando para de fato alcançar o que se deseja.

É necessário ter consciência se os pensamentos estão sendo construtivos. Eles se aproximam do resultado esperado?  Ou apenas o angustiam e não levam a lugar algum? Reflita. Assim se poderá distinguir pensamentos obsessivos de metas alcançáveis.

O Dr. Herbert Fensterheim, psicólogo americano que trabalha com terapia comportamental, sugere um exercício para acabar com pensamentos obsessivos: sempre que se encontrar em uma situação de pensamento obsessivo, seja com ideias negativas a seu respeito, em relação a um projeto ou mesmo pensamentos negativos sobre uma determinada pessoa, fale em voz alta:

“Pare!” e em seguida diga “Calma”, então faça 5 respirações profundas. Imediatamente mude o foco dos pensamentos para outro tema.

O Dr. Herbert diz que é importante fazer este exercício todas as vezes em que se pegar com pensamentos obsessivos. Assim, o resultado será efetivo. Se fizer algumas vezes e outras não, o ciclo não será quebrado totalmente; os pensamentos podem voltar com mais força.

De maneira geral, quando se reconhece que pensamentos indesejáveis estão importunando sua mente e distanciando-o daquilo que realmente deseja, é fundamental se engajar no objetivo de desconstruir tais ideias e para isso é necessário foco e determinação. Todo processo de mudança requer persistência, mas os resultados positivos virão e a felicidade pelo êxito também.

Por Alessandra Ribeiro – Psicóloga da Equipe Psicotér

Psicotér: clínica de psicologia em Porto Alegre com atendimento presencial, online e domiciliar.

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Se preferir, preencha os campos abaixo e entre em contato para agendar sua consulta: