Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
Rua Esteves Júnior, 50, Sala 404 - Florianópolis
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

Consulta com Psicólogo: Como funciona a sessão de terapia

Consulta com Psicólogo_ Como funciona a sessão de terapia

As pessoas que pensam em fazer terapia mas nunca fizeram antes costumam ter uma dúvida enorme: como funciona uma consulta com psicólogo?

Com certeza, esse é um dos maiores questionamentos de quem está planejando começar terapia, pois a maior parte das pessoas não faz ideia de como uma sessão com um terapeuta é realizada.

Para esclarecer esse “mistério”, o presente artigo vai tratar de tudo o que há de mais importante que você precisa saber a respeito de como funciona a sessão de psicologia.

Acompanhe!

 

Como funciona uma consulta com um psicólogo?

A primeira coisa que precisa ser compreendida é que existem diversos tipos de abordagem terapêutica que podem ser usadas em consultório, então a psicoterapia terá como guia a abordagem escolhida pelo psicólogo.

A sessão com psicólogo pode ser realizada tanto de maneira individual quanto em grupo, seja em família ou com um casal.

A maioria das sessões de terapia possui menos de 1 hora, mas elas podem vir a ser mais longas se o terapeuta achar necessário, sendo firmado um acordo entre as partes a respeito disso.

Em relação à duração do processo completo, existem terapias que são de curto prazo, tratando de problemas que são mais imediatos e que podem ser resolvidos em apenas algumas sessões.

Por outro lado, existem aqueles casos que envolvem déficits ou excessos, tanto emocionais quanto comportamentais, sendo muito mais complexos. Nesses casos, a terapia pode durar de meses até anos.

Após a primeira consulta, o terapeuta então irá colocar em prática o tratamento que planejou para o paciente, de acordo com a anamnese realizada, com as situações diárias do indivíduo e outros fatores.

A psicoterapia só funciona quando existe uma relação de confiança e harmonia entre o terapeuta e o paciente.

Quanto às sessões, é preciso dizer ainda que elas podem acontecer semanalmente ou quinzenalmente, mas essa frequência poderá variar muito.

É o psicólogo que irá definir, juntamente com o paciente e a disponibilidade dele, a regularidade das sessões, baseado também na abordagem terapêutica utilizada.

É muito importante que você tenha em mente que as conversas entre paciente e terapeuta sempre são sigilosas, independente de serem realizadas no consultório do profissional ou pela internet.

Além disso, o paciente sempre precisa considerar que o profissional está ali para ouvi-lo e tentar identificar a origem dos problemas do indivíduo e as soluções para eles, e não para julgá-lo.

Como funciona uma consulta com um psicólogo

 

Quando procurar uma consulta com psicólogo?

Um questionamento bastante comum diz respeito a quando é o momento certo de procurar uma consulta com psicólogo.

Ter clareza a respeito dessa dúvida é importante para que você possa entender exatamente qual é a hora certa de buscar auxílio de um profissional especializado, pois quanto antes iniciar o tratamento, melhor será.

Antes de falar sobre os motivos que podem levar uma pessoa a ir até um terapeuta, é essencial falar que não é obrigatório que você esteja passando por algum tipo de problema ou dificuldade para começar a fazer terapia.

O ideal seria que todas as pessoas pudessem ter acesso, em algum momento de suas vidas, a um terapeuta, pois todas as pessoas têm questões profissionais ou pessoais que necessitam ser trabalhadas com o auxílio de um psicólogo.

Apesar disso, existem alguns casos nos quais a necessidade de ir até um psicoterapeuta é muito maior. Confira quais são os momentos em que uma sessão psicológica se mostra imprescindível:

  • Quando você sente uma grande solidão e gostaria de ter uma pessoa para compartilhar seus sentimentos e pensamentos;
  • Quando você passa por uma mudança profissional, seja a demissão do emprego atual ou a mudança de empresa para a qual trabalha;
  • Quando você passa por uma mudança pessoal, seja o casamento ou a chegada de um filho;
  • Quando você termina um relacionamento amoroso e não consegue lidar bem com o fim dele;
  • Quando você muda de cidade, de estado ou de país, ainda mais quando não adapta-se bem à nova realidade;
  • Quando você perde um ente querido (ou mesmo um animal de estimação ao qual era muito apegado) e não consegue lidar nem superar a dor do luto;
  • Quando você não consegue gerenciar os altos níveis de estresse e de ansiedade, que ocasionam muito sofrimento em sua vida;
  • Quando você está passando por muitos problemas familiares e situações conturbadas não resolvidas;
  • Quando você apresenta baixa auto estima e se considera inferior às outras pessoas;
  • Quando você deseja ter um maior autoconhecimento.

Esses são apenas alguns dos motivos pelos quais você deve buscar auxílio em uma consulta com psicólogo, mas não são os únicos.

Veja também a diferença entre psiquiatra e psicólogo

 

Como é a primeira consulta de psicologia?

Você já pensou em como é a primeira consulta com um profissional de psicologia?

Quem está prestes a começar ou tem cogitado fazer terapia questiona-se bastante a respeito disso, algo que é muito normal.

Afinal, todo mundo deseja entender o que irá acontecer na primeira consulta do psicólogo, que aqui você vai compreender de fato.

O primeiro contato, ou seja, a primeira sessão de terapia serve para que o paciente e o terapeuta possam se conhecer, havendo uma conversa bastante leve.

O psicólogo irá fazer algumas perguntas a respeito de informações básicas sobre a sua vida, como quem é, o que faz, qual é o seu trabalho, entre outras questões.

É normal também que ele questione os motivos que levaram você a procurar auxílio psicológico, e caso não saiba responder, não há com o que se preocupar.

O profissional vai estar lá exatamente para auxiliar você a compreender essas questões internas, bem como as razões de procurar a terapia.

O que é mais importante de tudo é você não ter receio de falar tudo aquilo que sente vontade, já que a base de uma boa terapia é a fala, e ela é necessária para que o processo possa acontecer.

Assim, quanto mais você falar e expor o que sente e o que pensa para o psicólogo, melhor será para que o tratamento auxilie com todas as questões que estão lhe afetando.

No começo, é normal que o paciente fique bastante nervoso, tímido e envergonhado, mas pouco a pouco tudo vai melhorar e a relação com o psicólogo irá se fortalecer.

O primeiro momento de contato entre ambas as partes deve servir também para que você tire dúvidas a respeito do funcionamento das sessões em geral, e também do processo da terapia como um todo.

O foco principal do terapeuta, nesse primeiro momento, é se aprofundar especialmente em quais motivos fizeram você procurar a terapia, além de avaliar quais são as suas necessidades e qual é a viabilidade desse tratamento acontecer de verdade.

Tenha em mente que você não tem obrigação de continuar o tratamento e as questões se sentir que o profissional não é o mais adequado.

 

Como são as demais sessões de terapia com psicóloga?

Após a primeira sessão, caso você resolva dar continuidade ao tratamento, é comum questionar-se também sobre o que acontece nas outras consultas durante o processo da terapia.

As sessões irão acontecer semanalmente ou quinzenalmente, em geral, de acordo com o psicólogo, com a abordagem utilizada por ele e pelo tratamento que planejou para você.

Em algumas situações, o profissional poderá sugerir que as sessões ocorram duas vezes por semana, caso seja necessário um contato mais próximo entre as partes.

Lembre-se sempre de manter a pontualidade para garantir que todo o tempo da sessão seja aproveitado e que o tratamento irá progredir, possibilitando a melhora do seu quadro.

Não fique preocupado em estar planejando aquilo que vai falar em cada sessão. As sessões serão, em boa parte, conduzidas pelo psicólogo, então você acabará sabendo o que dizer (ou às vezes não) à medida que a conversa for fluindo.

Caso você realmente esteja sentindo uma grande ansiedade antes ou durante as sessões, é essencial expor isso para o terapeuta, para que ele possa aprimorar o que for necessário durante os encontros.

consulta com psicólogo

 

Quanto tempo dura a consulta com psicóloga?

Como mencionado anteriormente, as sessões costumam ser semanais ou quinzenais, mas o tempo de duração irá variar bastante.

O psicólogo vai definir, de acordo com a abordagem que achar mais indicada para você, qual o tempo ideal para cada sessão do tratamento.

Em geral, as sessões de terapia possuem 45 minutos, principalmente aquelas da psicoterapia individual.

 

Como é a consulta com psicólogo online?

Hoje em dia, caso o paciente deseje, ele pode ser atendido por um psicólogo de forma online, sem a necessidade de se deslocar até o consultório do profissional, ainda mais se o paciente morar em outra cidade.

A terapia online é muito similar com a psicoterapia tradicional, com exceção de que não há o encontro presencial entre as partes.

As sessões de terapia, de aconselhamento, e de orientação psicológica são realizadas através de chamadas de vídeos feitas por plataformas voltadas para essa finalidade.

Além disso, essas videochamadas ainda podem ser complementadas pela troca de mensagens via e-mail ou WhatsApp, de modo que haja maior apoio do psicólogo ao paciente.

Se você deseja marcar uma consulta com um psicólogo online, solicite uma avaliação bônus

Lisiane Duarte – CRP 07/12563

Psicóloga e Diretora Técnica da Psicotér

Gostou? Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus




    Se identificou com o assunto deste post?


    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.