Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
Rua Esteves Júnior, 50, Sala 404 - Florianópolis
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

Terror Noturno: O que é?

Terror noturno é um distúrbio do sono que ocorre com mais frequência na infância a partir dos nove meses de idade, em média, mas pode ocorrer também na adolescência ou fase adulta.

A causa exata do Terror Noturno ainda não é conhecida, mas pode estar ligada a um estímulo exagerado no sistema nervoso central durante o sono e a fatores como:

⚫ privação do sono;
⚪ cansaço extremo;
⚫ estresse;
⚪ febre;
⚫ dormir em lugares que não são familiares;
⚪ luzes e barulhos;
⚫ histórico familiar de terror noturno ou sonambulismo;
⚪ distúrbios respiratórios (apneia obstrutiva do sono);
⚫ síndrome das pernas inquietas;
⚪ enxaqueca;
⚫ traumas na cabeça;
⚪ uso de certos medicamentos;

Os episódios de terror noturno acontecem na primeira fase do sono , entre 15 m a 2 horas depois de começar a dormir, duram de alguns segundos até poucos minutos. Além disso, algumas pessoas confundem com pesadelos.

Terror Noturno
Terror Noturno: o que é

Esse transtorno é caracterizado por um despertar abrupto, começando com gritos de pânico. A pessoa pode se sentar na cama, gritar, se debater, chorar, ficar com os olhos abertos, olhar fixo, pode andar ou correr pela casa, apesar de ainda estar dormindo. Além disso, também ocorre sudorese, respiração anormal, batimento cardíaco acelerado, pode também ficar agressiva.

O terror noturno é causa de sofrimento significativo porque causa prejuízo em áreas importantes da vida do indivíduo. Após todos os sintomas, a pessoa volta a dormir e não lembra de nada no dia seguinte.

Em primeiro lugar, para ajudar a pessoa em crise é importante manter a calma , não gritar, não segurar ou tentar limitar seus movimentos. Acender a luz, acalmá-la com palavras de conforto e carinho é o melhor a se fazer.

Caso o distúrbio permaneça por muito tempo, sem diminuir a frequência e começar a trazer prejuízo para a vida da pessoa, como privação do sono, dificuldade de concentração na escola ou no trabalho. Certamente será necessário recorrer a ajuda de um psicólogo e iniciar a psicoterapia. Assim, na psicoterapia será investigada a causa do distúrbio e ela será trabalhada.

Por Lívia Atkinson – Psicóloga da Equipe Psicotér

Psicotér: clínica de psicologia em Porto Alegre com atendimento presencial, online e domiciliar.

 

Gostou? Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Veja também

Avaliação Psicológica Bônus




    Se identificou com o assunto deste post?


    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Leia também

    RECEBA NOVIDADES

    Receba novidades, notícias e tudo sobre nossa empresa diretamente no seu email :

      Um centro de atendimento psicológico que desde 2010 tem seu foco em você, no seu desenvolvimento pessoal, seu bem-estar e também em sua qualidade de vida.
      SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

      © 2018- Todos os direitos reservados - Clínica de Psicologia Psicotér