Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

Bloqueio Sexual: O que é e Como Tratar com a Psicologia

bloqueio sexual

Você já ouviu falar sobre o bloqueio sexual?

Esse é um problema que assombra diversas pessoas todos os dias nas suas relações, principalmente nas suas intimidades, causando desconforto, vergonha e muita frustração.

O bloqueio sexual consiste na dificuldade ou repulsa de se relacionar sexualmente, isto é, a pessoa simplesmente cria barreiras em praticar qualquer atividade sexual ou mais íntima.

Em alguns casos, isso pode incluir toque físico, o que também dificulta ainda mais no desenvolvimento de relações amorosas, por exemplo.

Sofrer com isso pode ser uma enorme dor de cabeça, pois tratar de sexo ainda é um tabu para muitas pessoas, então a maioria se fecha para essa situação e tenta conviver com ela.

Neste artigo, a gente quer te mostrar que você não precisa sentir vergonha! Vamos falar sobre o bloqueio sexual, como ele se apresenta e de que forma combatê-lo de forma saudável, sem tabus! Confira até o final para não perder nenhuma informação!

 

O que é o bloqueio sexual?

O bloqueio emocional é aquela dificuldade ou desconforto em se relacionar sexualmente, seja de forma ativa ou em momentos mais simples, com trocas íntimas, por exemplo.

É como se a pessoa criasse uma grande barreira que pode surgir de diferentes lugares, desde o contexto de vida, até traumas ou problemas mal resolvidos no passado.

Para muitos, o bloqueio emocional pode ser uma questão incomum, quando na realidade é um problema que se faz presente na vida de inúmeras pessoas.

Isso porque não estamos acostumados a trabalhar com traumas de infância ou do nosso passado, então deixamos que essas feridas do passado (abusos, violências sexuais e violações) sigam presentes na nossa vida por muito tempo.

É natural que esse movimento aconteça, afinal ninguém gosta de ficar revivendo as dores do passado, mas isso não poderia ser mais prejudicial para a nossa mente.

Trabalhar o passado é preciso para que a gente possa se sentir bem no presente e no futuro. Quando falamos de sexo e situações delicadas como essa, não é diferente!

 

O que pode causar bloqueios sexuais?

Bloqueios sexuais podem surgir a partir de diferentes situações na nossa vida e, muitas vezes, eles surgem através de crenças limitantes e/ou problemas com o nosso passado.

Sendo assim, hoje vamos te contar algumas das possíveis causas, confira:

Traumas:

Sendo, geralmente, o mais comum de acontecer, o trauma por situações passadas pode ser um grande responsável para que a pessoa não queria mais se relacionar fisicamente com outras pessoas.

Relacionados a abusos, assédios ou situações desconfortáveis, o trauma gera muitos gatilhos que podem acabar dificultando a vontade de estar próximo a outras pessoas.

E o maior problema é que esses gatilhos podem aparecer no momento em que a gente menos espera, causando tensão, dificuldade na comunicação e muita ansiedade.

 

Questões ou limitações físicas

Muitas pessoas convivem com condições fisiológicas que podem atrapalhar as atividades sexuais e, inclusive, o desejo!

A baixa libido pode ser justificada por diversas questões físicas, como o vaginismo, a anorgasmia, ejaculação precoce, problemas de ereção e semelhantes.

Nem todo mundo sabe reconhecer os sinais desses problemas e é exatamente por isso que é tão importante investigar os bloqueios sexuais.

Isso porque falar com um profissional pode ajudar a gente a identificar problemas em potencial, descobrindo mais sobre o nosso corpo e a nossa mente!

 

Inseguranças

Relacionadas à autoestima, as inseguranças também podem ficar no caminho na hora H, pois esse é um momento de muita exposição, que inclui confiança e muitas trocas.

Portanto, quando a pessoa fica nervosa, tensa e insegura, é possível que ela se sinta travada ou sem desejo algum.

Isso também tem muito a ver com medo de julgamento e a grande necessidade de atingir uma performance agradável para o seu parceiro.

Dessa forma, é notável que as inseguranças são um problema que vão muito além da nossa mente, elas são uma questão que afeta nossa vida toda, inclusive nossa sexualidade.

 

Medo de rejeição

Como já falamos anteriormente, as expectativas podem ser muito altas quando falamos de sexo, afinal é algo que as pessoas nem sempre falam abertamente, mas fantasiam muito no pessoal.

Dessa forma, as pessoas também veem muito a relação sexual como espaço de validação ou aceitação, o que faz com que elas queiram superar as expectativas sempre que possível.

Não apenas isso, existe um medo muito grande de ser rejeitado por conta dessa desempenho sexual e isso pode acarretar nos bloqueios sexuais que já exemplificamos aqui.

bloqueio sexual

 

Bloqueios x Distúrbios sexuais

Bloqueios sexuais nada mais são que obstáculos emocionais, psicológicos ou comportamentais que podem interferir na expressão saudável da sexualidade de uma pessoa.

Esses bloqueios podem ser resultado de experiências traumáticas, ansiedade, problemas de relacionamento, autoestima prejudicada ou crenças negativas sobre sexo.

Geralmente, esses bloqueios não são diagnosticados como condições médicas específicas. No entanto, a abordagem mais indicada para lidar com eles é a psicoterapia, que reconhece e ajuda no processo de cuidado.

Distúrbios sexuais, por outro lado, são condições médicas que podem sim ser diagnosticadas e que impactam a função sexual.

Esses distúrbios podem incluir disfunção erétil, transtorno do desejo sexual hipoativo, transtorno de excitação sexual feminina, entre outros.

São categorizados com base em critérios clínicos estabelecidos em manuais de diagnóstico, como o DSM-5.

O diagnóstico mais comum envolve a exclusão de causas físicas e pode exigir intervenções médicas, psicoterapia, terapia sexual online, medicamentos ou uma combinação de abordagens.

Veja também:

 

Sintomas de bloqueios emocionais. Saiba identificar!

Agora que você já sabe um pouco mais sobre a origem dos bloqueios emocionais, nós vamos aproveitar para te contar quais os sintomas mais comuns para que você fique atento:

bloqueio sexual

 

Como a psicologia atua no tratamento para bloqueio emocional?

A psicologia pode atuar no tratamento para bloqueio emocional de diversas formas, uma vez que ela é, sem dúvidas, o caminho mais saudável e efetivo para o processo de cura.

Isso porque a psicoterapia permite um espaço seguro, onde a pessoa se conhece mais e passa a compreender suas próprias limitações.

Essa é uma movimentação extremamente necessária para o autodesenvolvimento e o melhor de tudo é que é feito através de um acompanhamento, ou seja, terá sempre um profissional ao seu lado te ajudando nessa jornada de descobrimento.

Além disso, quando falamos sobre bloqueios emocionais, é muito importante que as pessoas procurem o acompanhamento correto e adequado: a terapia sexual.

Esse é o tipo de abordagem que vai trabalhar as fragilidades, inseguranças e nervosismos relacionados ao bloqueio sexual e, mais do que isso, irá te ajudar a investigar se existe algum problema do passado que precisa ser restaurado.

Então, se você lida com isso ou desconfia que pode estar enfrentando o bloqueio sexual, saiba que a Psicotér conta com uma equipe completa que pode te ajudar e muito nesse processo!

Entre em contato com a gente e marque hoje mesmo a sua Consulta VIP!

Texto de: Luísa de Oliveira – redatora da Equipe Psicotér

Aprovado por:

Lisiane Duarte

Lisiane DuarteFundadora da Psicotér, CEO e Diretora Técnica, Psicóloga Cognitivo-Comportamental, completamente apaixonada pelo ser humano, realizada e privilegiada por poder participar da transformação de vidas. Experiência de mais de 20 anos de atuação clínica e empresarial. Psicoterapeuta individual e em grupo de crianças, adolescentes, adultos, idosos, casal e família, online e presencial, pós-graduada em Gestão do Capital Humano. Consultora de recolocação profissional desde 2003, capacitando e orientando profissionais em transição de carreira na busca de novas oportunidades. Também consultora em diversas empresas nacionais e multinacionais, nas diversas áreas de RH, atendimento e avaliação psicológica de profissionais.

Gostou? Compartilhe

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus

    Se identificou com o assunto deste post?

    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*

    Seu e-mail*

    Seu telefone

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *