Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Exaustão emocional: tentar ser forte a todo momento

Categoria: Sem categoria

Em nossa sociedade atual, há uma grande cobrança para que as pessoas deem conta de diversos compromissos e responsabilidades em diferentes contextos de suas vidas. Nos sentimos, portanto, com a obrigação de “abraçar” tudo ao nosso redor, seja no trabalho, em casa, nos relacionamentos, etc. Assim, temos a tendência de abdicar do nosso autocuidado em prol de outras demandas que julgamos mais emergenciais no momento. Esta questão pode gerar um estado de sobrecarga de esforços muito grande, que chamamos de Exaustão Emocional.

Esta exaustão emocional acontece devido à um desequilíbrio entre o que damos e o que recebemos. Normalmente aparece em pessoas que se dedicam de forma excessiva pelos outros ao seu redor; visam de forma demasiada e não saudável o bem estar e desejos do outro; pensam pouco ou nada no que se refere às suas próprias vontades, desejos, condições e prioridades.

Um exemplo de como pode aparecer a exaustão emocional é uma pessoa que está em uma área em que já existe uma pressão demasiada para manter o emprego. Além disso, em casa, sua família precisa do seu apoio financeiro e também emocional pois eles sentem a falta da presença dessa pessoa no dia a dia da família.

Essas questões demandam que haja ainda maiores sacrifícios e esforços para que todos ao seu redor estejam satisfeitos, desequilibrando a relação dar X receber. O “natural” é que a pessoa exausta não tenha tempo para si. Se espera e ela também tende a deixar suas necessidades próprias em segundo plano, “em prol dos outros”. Como se ela fosse mais forte que o resto ou não fosse tão importante que essas necessidades próprias fossem supridas.

Alguns sintomas:

  • Distância afetiva: Se está muito preocupada com outras questões e não consegue aproveitar os momentos com quem gosta, o que gera um afastamento nas relações;

 

  • Exaustão física: Desde o momento em que acorda sente-se extenuado e sem energia para nada;

 

  •  Qualidade do sono: Tem dificuldade de dormir mesmo estando cansado. Se dorme, tem insônia regularmente, pois está pensando no que fez ou deveria ter feito ou o que ainda não fez;

 

  • Desmotivação: Não sente-se motivado com o que acontece no seu cotidiano; perde a vontade de fazer atividades que uma vez tinha prazer;

 

  • Irritação: Perde a paciência com maior facilidade e fica bastante sensível à criticas dos outros;

Portanto, ter a consciência e aceitar que está passando por um momento difícil tanto físico como emocional. Admitir que precisa de auxílio é fundamental para a própria saúde e bem estar.

Psic. Marcelo Nora – CRP 27109

Psicólogo clínico


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

2 Comentários

  1. Suene | 28 de janeiro, 2019

    Acho que eu não tenho solução para minha situação tudo parece não ter fim. Nada dá certo pra mim.

  2. Paulo César Neto de Souza | 11 de fevereiro, 2019

    Muito bom o poste…Gostei muito…

Deixe seu comentário

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Entre em contato para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS ou tirar dúvidas.

Exaustão emocional: tentar ser forte a todo momento | Psicoter