Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Sintomas do estresse: descubra como está a sua saúde

Categoria: Ansiedade, Estresse

Vivemos o estresse diariamente e a forma como lidamos com essas situações pode fazer a diferença entre a doença e a saúde.

No artigo de hoje falaremos sobre os sintomas do estresse. Todos nós passamos por momentos de estresse: entrevistas de emprego, exames, mudanças, situações inesperadas e todas as demais situações nas quais saímos de nossa zona de conforto e necessitamos de adaptação. 

Imagem - Crise de estresseUma pessoa que tem baixa tolerância a frustrações, por exemplo, sentirá o estresse com mais frequência. Da mesma forma, quem sofre de ansiedade tende a dimensionar a situação estressora em um grau muito maior;  uma pessoa mais tranquila, que consegue relaxar mais facilmente. Ou seja, o mesmo evento será sentido de forma diferente de acordo com os recursos internos de cada um.

É inegável, no entanto, que nos deparamos cada vez mais com situações estressoras. Vivemos sob pressão em todos os âmbitos: familiar, social, político, educacional, relacional, pessoal, econômico. Não é à toa que as doenças emocionais, mentais e físicas estão aumentando cada vez mais.

Podemos pensar no estresse como uma pressão do nosso corpo.  Assim, quando temos reações de enfrentamento e adaptação a exigências internas e/ou externas a mudanças. Quando mais significativa e inesperada for a necessidade de mudança (ou a forma como ela for percebida), tanto maior será o grau de estresse envolvido.

Entretanto, os recursos internos (tolerância à frustração, capacidade de resiliência e de empatia, controle mental e emocional, autoestima boa) atenuam a forma como essas situações são vividas evitando que desencadeiem sintomas acentuados de estresse e estes evoluam para doenças a partir de sua constância e intensidade.

O estresse pode originar doenças porque hormônios secretados em nosso corpo quando nos sentimos pressionados a reagir aumentam nossa pressão arterial e batimentos cardíacos, aceleram a frequência da respiração, tensionam os músculos e podem causar alterações no funcionamento do nosso sistema gastrointestinal.

Quando esses hormônios são secretados com frequência, o organismo pode desenvolver sintomas do estresse:

  • Gripes;
  • Constipação intestinal ou diarreias frequentes;
  • Gastrites;
  • Úlcera;
  • Dificuldade de digestão;
  • AVC;
  • Infarto;
  • Herpes;
  • Hipertensão arterial.

Se a pessoa já sofre com algum problema cardíaco e passa por frequentes momentos de sintomas do estresse nos quais a adrenalina é constantemente bombardeada no organismo, os músculos cardíacos podem ir enfraquecendo e acarretar em infarto.

Nem sempre podemos abrir mão de um trabalho estressante e os problemas não marcam hora para aparecer. Entretanto, cabe nos questionarmos se realmente não temos alternativas. Ou se, por algum motivo que foge do nosso entendimento, escolhemos sempre o trabalho que envolve muita pressão; se nosso padrão de funcionamento não está fazendo com que, frequentemente, envolvamo-nos em relacionamentos e situações complicadas.

Da mesma forma, quando temos a tendência de resolver os problemas dos outros – seja por sermos controladores ou por sermos inseguros e não sabermos dizer não – ou quando somos perfeccionistas e temos a tendência de assumir muitas tarefas por entendermos que ninguém seja capaz de atingir nossas expectativas,  também estamos fadados a viver sob constante sintomas do estresse.

Portanto, não devemos esperar que doenças mentais e físicas se instalem antes de procurarmos ajuda. Problemas sérios podem ser evitados e a qualidade de vida melhorada às vezes com pequenos ajustes no padrão de funcionamento mental e comportamental. Recursos internos podem ser desenvolvidos ou potencializados na psicoterapia para que aprendamos a lidar de forma saudável com os estressores e evitemos desconfortos, doenças e mais estresses.

Psic. Sandra Arreal –  CRP 07/12064

Psicóloga Clínica, em formação em Técnicas de Revivência Transpessoal


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Entre em contato para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS ou tirar dúvidas.

(51) 4100-2513