Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

5 Maneiras de perder o medo de falar em público

medo de falar em público

Mãos suadas, batimentos cardíacos acelerados, dificuldade na pronúncia de palavras, boca seca e pânico… Você já sentiu isso alguma vez na hora de falar em público?

Pois é! Esses são sintomas mais comuns do que a gente imagina e costumam atingir pessoas que sofrem com ansiedade, entre outros problemas de insegurança, que acabam afetando sua oratória perante um grupo de pessoas.

quem já enfrentou grandes crises de pânico em palestras ou apresentações sabe como é difícil manter o controle nessas horas, principalmente quando estamos falando de trabalho e vida profissional, por exemplo.

Pensando nisso, você deve estar se perguntando: como eliminar o medo de falar em público, então? Será que é possível?

Com a ajuda da psicoterapia, é possível sim! E é exatamente para te mostrar isso que desenvolvemos este artigo!

Venha descobrir por quais motivos algumas pessoas lidam com essa fobia, além de aprender exercícios para perder o medo de falar em público e de que forma a psicologia pode ser uma aliada no processo de superação!

Acompanhe até o final para não perder nenhum detalhe!

medo de falar em público

 

Glossofobia: O que é o medo de falar em público?

A glossofobia, também conhecida como o famoso pânico de falar em público, é o resultado da junção de duas palavras: glosso (língua – de origem grega) e fobia (grande aversão a algo).

Só por aí já é possível compreender que estamos falando de algo relacionado ao ato de falar, certo?

E é exatamente isso! A glossofobia atinge aquelas pessoas que têm medo de falar em público, seja por insegurança, problemas de ansiedade ou desconforto.

Geralmente, essa fobia gera muitas dores emocionais, fazendo com que a pessoa atinja grandes picos de estresse e tensão, acompanhados de inúmeros sintomas físicos.

Nem é preciso falar sobre como isso atinge a habilidade social dessa pessoa, deixando-a mais acuada em momentos de troca direta com outros, seja na vida profissional  com colegas de trabalho ou pessoal mesmo.

É um sofrimento inevitável, pois o medo de falar em público acaba criando fortes bloqueios e, em alguns casos, até mesmo traumas.

Daí a necessidade de reconhecer o problema e seus motivos, buscando a ajuda certa e garantindo um tratamento assertivo, que vá oferecer a ajuda certa!

 

Sintomas do medo de falar em público:

Como já percebemos, o medo de falar em público é uma questão que ultrapassa os limites da timidez. Ele se trata de uma fobia completa de sintomas agressivos e muito dolorosos para quem os enfrenta.

Para te ajudar a identificar se esse problema faz parte da sua rotina, listamos aqui alguns dos principais sinais que costumam aparecer para quem convive com a glossofobia!

É importante você saber que é possível dividi-los em duas categorias: sintomas físicos e emocionais, mesmo que eles apareçam de forma simultânea durante crises:

Sintomas físicos:

  • Suor excessivo;
  • Boca ressecada;
  • Membros inquietos;
  • Tensão muscular;
  • Tiques e movimentos repetitivos;
  • Enjoo;
  • Alterações na voz;
  • Tremores;
  • Dores de cabeça;
  • Visão turva;
  • Coração acelerado.

Sintomas emocionais:

Porque fico nervosa ao falar em público? Veja as principais causas:

Agora, a pergunta mais comum depois de “como lidar com o medo de falar em público?”: por que as pessoas tem medo de falar em público? Quais as causas do medo de falar em público?

A resposta para essas dúvidas podem vir de diversos lugares, mas para tornar mais fácil de entender, listamos as causas mais frequentes a seguir:

Traumas

A origem mais comum, sem dúvidas, é o trauma. Especialistas e pesquisas mostram que as fobias e os medos desenvolvidos ao longo da nossa vida são frutos de construções, ou seja, momentos e situações que passamos durante ela.

Autoestima abalada

Outro problema muito comum que pode ativar a glossofobia ou o medo de falar em público é a baixa autoestima, afinal a pessoa se acha completamente incapaz de fazer um bom discurso, é muito crítica consigo mesma e se cobra demais.

Perfeccionismo

Ainda atrelado ao problema de autoestima, o perfeccionismo também pode estar presente naqueles que têm medo de falar em público. Isso porque há muita autocomparação e necessidade de aprovação no convívio com essa pessoa.

 

medo de falar em público

 

Como perder o medo de falar em público? Aprenda 5 Dicas

Mas como perder o medo de falar em público, afinal?

Na prática, vencer a glossofobia é um processo que envolve diversas tentativas e erros, além de exercícios e muito comprometimento.

Isso não significa que seja algo impossível, muito pelo contrário! A superação desse medo é acessível quando contamos com a ajuda certa!

Para te ajudar a trilhar esse caminho, listamos algumas dicas para deixar o medo de falar em público para trás. Confira:

Tente se acostumar com a ideia da fala

Muitas pessoas têm medo da ideia da fala, ou seja, ficam pensando no que pode sair errado, na pronúncia que pode soar diferente e até na entonação equivocada. Evite esses pensamentos acelerados e foque no que importa:

Priorize aquilo que você deseja falar e não a forma que você fará isso. Essa prática deixará seu discurso mais fluido.

 

Alimente sua autoestima

A insegurança pode ser um dos maiores problemas para quem convive com o medo de falar em público, então procure trabalhar aos poucos a forma como você se enxerga.

Passe mais tempo consigo mesmo, invista no seu bem-estar e no olhar que você projeta sobre si.

 

Pratique muito o seu discurso

Pode não parecer, mas quanto mais estamos preparados e quanto mais domínio temos sobre o assunto, mais confortáveis ficamos na apresentação do tema.

Não se prenda à anotações ou bilhetes. Confie na sua mente e treine ela para desenvolver total conhecimento sobre o que precisa ser apresentado.

 

Não foque nas suas crenças limitantes!

O primeiro passo em direção à autossabotagem é acreditar que você não é capaz de algo! Então, fuja dos pensamentos que te puxam para baixo, você não precisa deles! Muito pelo contrário.

 

Conte com a ajuda de um profissional

O medo de falar em público é um tipo de problema muito reconhecido hoje em dia, possibilitando um acesso muito amplo a bons tratamentos e cuidados.

Portanto, não tenha medo de buscar a ajuda de um profissional da saúde mental para melhorar essa área da vida! Ele pode te auxiliar a entender de onde vem esse pânico, além de te mostrar exercícios para superar essa limitação com maestria.

Como a psicologia pode te ajudar a vencer a timidez e o medo de falar?

A psicologia é uma grande aliada no processo de superação do medo de falar em público, porque ela investiga profundamente essa limitação, ajudando a pessoa a compreender quais seus gatilhos principais.

Esse é um passo indispensável para fortalecer a própria autoestima, afinal tudo é afetado por essa dificuldade: as relações profissionais e pessoas, as habilidades sociais e até mesmo a carreira inteira de uma pessoa.

Dessa forma, contar com a psicologia é acreditar no processo de desenvolvimento pessoal, isto é, na própria superação.

Um psicólogo irá oferecer análise, acolhimento, trocas confiáveis e muitos exercícios para te preparar para esses momentos de fala pública. Ele irá priorizar o seu bem-estar, respeitando os seus limites e prioridades.

Tem coisa melhor?!

Se você sofre com o medo de falar em público, quebre esse ciclo! Busque por alguém que vai te oferecer o suporte certo!

Aqui, na Psicotér, nós contamos com um grupo de psicólogas totalmente preparadas para te auxiliar nesse processo!

Fale com a gente e marque já a sua Consulta VIP!

Lisiane Duarte

Lisiane DuarteFundadora da Psicotér, CEO e Diretora Técnica, Psicóloga Cognitivo-Comportamental, completamente apaixonada pelo ser humano, realizada e privilegiada por poder participar da transformação de vidas. Experiência de mais de 20 anos de atuação clínica e empresarial. Psicoterapeuta individual e em grupo de crianças, adolescentes, adultos, idosos, casal e família, online e presencial, pós-graduada em Gestão do Capital Humano. Consultora de recolocação profissional desde 2003, capacitando e orientando profissionais em transição de carreira na busca de novas oportunidades. Também consultora em diversas empresas nacionais e multinacionais, nas diversas áreas de RH, atendimento e avaliação psicológica de profissionais.

Gostou? Compartilhe

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus

    Se identificou com o assunto deste post?

    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*

    Seu e-mail*

    Seu telefone

    2 respostas

    1. Aprender como perder o medo é um passo importante para lidar com nossos fantasma, mas com essas dicas fica mais fácil com certeza. Gostei em especialmente da “Alimente sua autoestima” porque trabalhando nossa auto estima vamos ter mais forças para liar com o medo.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *