Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Comunicação nos Relacionamentos – como melhorá-la?

Categoria: Sem categoria

Comunicação nos relacionamentos é um fator muito importante, pois a forma como nos comunicamos pode fortalecer ou mesmo destruir uma relação. São muitas as pessoas que buscam psicoterapia para melhorarem sua comunicação em casa ou no trabalho.

Apesar de aprendermos a nos comunicar desde muito cedo, ainda na primeira infância, temos muita dificuldade nessa habilidade. O motivo maior dessa dificuldade tem a ver com o fato de que o entendimento daquilo que percebemos como comunicado pelo outro é subjetivo.

Não ouvimos apenas com os ouvidos. As palavras e os gestos que vêm do outro são compreendidos por nós através de nossos valores, de nossas crenças, emoções e experiências. A mesma frase pode significar coisas diferentes para pessoas diferentes e ter significados distintos dependendo das situações.

Imagem - dificuldades na comunicaçãoImaginemos uma fala de uma esposa ao marido que comunica “Você nunca me leva ao shopping”. Essa frase denota uma queixa, uma vontade que não é suprida e, ao mesmo tempo, pode ser entendida como uma crítica ao marido. A forma como será entendida e, principalmente, que efeito irá desencadear no outro, vai depender de como esse outro compreenderá o que foi dito.

Se, por exemplo, o marido em questão for uma pessoa que tem a crença de que “não é bom o suficiente”, muito provavelmente compreenderá a frase como mais uma crítica a si mesmo e ficará na defensiva agindo com outra crítica, ou ficando deprimido.  Outra pessoa poderia se colocar no lugar da esposa e entender que ela está entediada; que não custa lhe fazer um agrado e simplesmente a levaria ao shopping.

Por outro lado, o mesmo desejo poderia ser comunicado de forma diferente, de uma forma neutra, sem conotação de crítica: “Me sinto entediada por ficar muito em casa e gostaria que você me levasse ao shopping”.

Existem várias formas de comunicar aquilo que queremos. Formas agressivas ou não. É sempre importante, antes de nos comunicarmos, pensarmos antes no que queremos do ouvinte com aquilo que dizemos. Se quisermos agredir, magoar, ferir, falemos sem pensar. No entanto, se quisermos um resultado favorável, em que nossas necessidades sejam compreendidas e atendidas, devemos comunicá-las de forma clara e desprovida de julgamentos.

Da mesma forma, quando queremos realmente entender o outro, devemos escutá-lo com amor, escutá-lo com atenção, empatia, paciência. Procurarmos entender quais são as necessidades por trás daquela fala.

O principal erro na comunicação nos relacionamentos é o de a encararmos como uma disputa. Ou seja,  entendermos que precisamos vencê-la a qualquer custo. Dessa forma, não escutamos o outro; apenas “permitimos” que ele fale a versão dele enquanto nos preparamos pensando numa réplica para vencer a discussão.

A comunicação é uma ferramenta que está ao nosso alcance para utilizarmos em todos os relacionamentos. Cabe a nós a utilizarmos de forma a construir ou a destruir. Muitas vezes percebemos que o resultado “da obra” não é da forma como gostaríamos que fosse. No entanto, não sabemos o que fazer para mudar isso. Assim, buscar ajuda pode ser fundamental.

Psic. Sandra Arreal – CRP 07/12064

Psicóloga Clínica, em formação em Técnicas de Revivência Transpessoal


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Comunicação nos Relacionamentos - como melhorá-la? | Psicoter