Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Psicóloga Infantil: A Psicologia para Crianças

Publicado em 11 de abril de 2021
Categoria: Psicoterapia, Psicoterapia Infantil
Psicóloga Infantil_ A Psicologia para Crianças

A terapia com psicóloga infantil é de extrema importância para qualquer criança, apesar de muitos pais, infelizmente, não acharem ser necessário esse tratamento terapêutico.

Na infância, os pequenos estão mergulhando, dia após dia, em um novo mundo de transformações e de descobertas, com a criatividade expressando-se, com os primeiros laços de afeto se fazendo e com o surgimento de medos fantasiosos.

As crianças tendem a fazer bastante barulho e bagunça nessa fase, então quando os pais perceberem que o silêncio e o isolamento estão tomando conta do pequeno, é hora de procurar auxílio para a saúde mental dele.

Apesar de muito novas, cada vez mais as crianças, mais cedo, vão sendo expostas a uma grande quantidade de tarefas e obrigações, o que vai gerando pressões extremas, que se tornam insuportáveis para elas.

Sem que consigam corresponder a todas as expectativas, é comum que as crianças passem a apresentar problemas que não conseguem expressar na forma de palavras.

Além disso, podem surgir problemas na escola com outros coleguinhas, o que pode fazer com que a criança fique mais introspectiva e tímida. Isso precisa ser muito bem administrado com auxílio da psicologia infantil.

Esse artigo irá mostrar o que há de mais importante sobre a psicologia infantil, cujo objetivo principal é conseguir ajudar as crianças a expressarem suas emoções, fazendo uso de brincadeiras para isso.

Na época da infância, a ludicidade é a melhor forma da criança conseguir expressar todos os sentimentos que estão acumulados em si e de ressignificar aqueles eventos que foram traumatizantes.

O papel da psicóloga para crianças é essencial nesse processo, e por isso os pais precisam escolher adequadamente a melhor profissional para seus pequenos.

O presente artigo irá mostrar tudo o que há de mais importante a respeito do cuidado com a saúde mental na infância, de modo que você entenda quando é preciso buscar auxílio profissional para o seu filho.

Vamos lá!

 

O que faz uma psicóloga infantil?

Vamos começar explicando o psicólogo infantil e depois falaremos sobre o que esse profissional faz em seu trabalho.

O psicólogo infantil é aquele profissional especializado no desenvolvimento social, mental e emocional das crianças, através de estudos na área para poder atuar com os pacientes dessa faixa etária.

É papel desse profissional observar todo o desenvolvimento da criança, desde o período pré-natal, diretamente com os pais de forma a prepará-los para essa nova fase, até o período da adolescência com o paciente.

Alguns dos temas que a psicóloga de crianças costuma estudar são a personalidade do indivíduo, a aquisição e o desenvolvimento da linguagem, desenvolvimento cognitivo e sexual, o crescimento social e também os papéis de gênero, cada vez mais importantes.

Os psicólogos infantis podem trabalhar com clientes das mais variadas faixas etárias, desde bebês até adolescentes, assim como podem também vir a especializar-se em apenas uma faixa etária.

O foco do profissional de psicologia infantil deve ser sempre auxiliar na compreensão, na prevenção, no diagnóstico e no tratamento dos problemas cognitivos, emocionais, sociais e de desenvolvimento.

A terapia infantil só poderá acontecer se a criança estiver confortável na presença da psicóloga, então é papel do profissional buscar construir um vínculo com o seu paciente, garantindo que ele sinta-se respeitado e acolhido.

A criança deverá compreender o porquê de ela estar ali naquele momento, o que o profissional faz e como ele poderá auxiliá-lo, o que vai trazer uma maior segurança a ela durante todo o processo.

Os psicólogos devem então buscar uma conexão com as crianças falando na mesma linguagem delas, por isso mesmo é que as sessões de terapia infantil devem ser focadas no lúdico.

Isso significa que o profissional deverá fazer uso de jogos, de brincadeiras e também de livros para se conectar com a criança, considerando que essa é a linguagem para o pequeno nessa fase da vida.

A partir do vínculo formado entre os dois e da confiança da criança no terapeuta é que o terapeuta poderá então conhecer todo o universo subjetivo do seu paciente, o que é imprescindível para obter bons resultados na terapia.

Dito isso, é normal que surja então outro questionamento comum por parte dos pais e dos filhos: como é uma sessão de terapia infantil?

atendimento com um psicólogo infantil

 

Como é o atendimento com um psicólogo infantil?

Saber como é que funciona o atendimento com um psicólogo infantil é algo que ajuda a criança e os seus pais a sentirem-se mais seguros e confiantes na terapia.

Afinal, muitas pessoas acabam deixando de buscar o auxílio de um profissional pela falta de conhecimento sobre o processo terapêutico.

Uma sessão de terapia infantil acontece da mesma forma que nos outros tipos de psicoterapia?

A resposta é não, visto que as crianças são diferentes dos adultos quanto à forma de expressar as suas emoções e os seus sentimentos.

Uma sessão de terapia com um adulto é baseada inteiramente na fala e na escuta entre paciente e psicólogo.

A pessoa adulta consegue expressar o que está sentindo e o que pensa através das palavras, ou seja, da verbalização, o que não acontece com as crianças.

Elas verbalizam muito menos do que os adultos e possuem outras maneiras de se comunicar que são muito mais efetivas, e é baseado nesse conhecimento que o psicólogo infantil deve realizar a sessão de terapia.

O atendimento psicológico é feito de maneira lúdica, por meio de ferramentas como brincadeiras, jogos, desenhos e massinhas de modelar, como a ludoterapia por exemplo.

Por meio do brincar, a criança vai conseguir então expressar as suas emoções e os seus sentimentos, bem como o seu mundo, permitindo assim que o psicoterapeuta possa compreendê-lo.

É com a ajuda da psicóloga e da terapia infantil que as crianças vão poder encontrar os recursos necessários de enfrentamento para que possam se posicionar de uma maneira saudável, sem que haja prejuízos ao seu cotidiano.

O terapeuta também deverá ter encontros constantes com os pais ou responsáveis pela criança ao longo de todo o processo de psicoterapia, considerando que a participação deles é mais do que imprescindível.

Isso porque muitas vezes é essencial estar solicitando aos pais certas informações a respeito da criança, da rotina e do histórico dela.

Além disso, o profissional irá oferecer o auxílio necessário para que a criança se desenvolva satisfatoriamente.

Uma outra parceria muito importante para os resultados obtidos com a terapia infantil é feita com a escola onde a criança estuda.

Afinal, as crianças passam uma boa parte do seu dia no ambiente escolar, e é lá onde costumam se manifestar muitas dificuldades, bem como conflitos.

Tudo isso irá garantir um resultado muito mais satisfatório para a criança, visto que o psicólogo infantil terá em mãos todas as informações para que possa trabalhar corretamente com o paciente, de acordo com a demanda dele.

 

Quando é a hora de procurar a psicologia infantil para seu filho?

Uma dúvida frequente que os pais possuem é: qual é o momento certo de buscar auxílio da psicologia infantil para o meu filho?

Esse questionamento é comum, e por isso mesmo é importante que os pais conheçam quais são as situações que indicam a necessidade de levar o seu filho a um psicólogo.

Você vai ver quais são os principais sinais a seguir!

 

Quando a criança apresenta uma alteração exagerada ou muito brusca de comportamento

As alterações de comportamento são sempre um sinal de alerta para os pais a respeito dos seus filhos quando elas acontecem de uma maneira exagerada ou brusca.

Logicamente, há sim a possibilidade de que uma criança venha a mudar a sua forma de se comportar de maneira exagerada sem que exista algum problema por trás disso.

Entretanto, em muitos casos essas mudanças podem significar que a criança está passando por um problema, ou ainda pode gerar sofrimento a ela por prejudicar diretamente sua saúde ou os seus relacionamentos.

Existem certas situações nas quais são perceptíveis as alterações significativas no comportamento da criança, é o caso dela recusar-se a dormir sozinha ou fazer xixi na cama, quando isso não era algo comum anteriormente.

No caso da alimentação, a criança pode apresentar falta de apetite ou ainda começar a comer de uma maneira exagerada, ou seja, mudanças na forma dela se alimentar podem indicar algum problema.

A criança ainda pode apresentar mudanças no comportamento na escola, seja pela dificuldade de aprendizagem ou por problemas comportamentais, como entrar em conflitos com os colegas constantemente.

A escola, então, é sim uma grande aliada dos pais e responsáveis, pois os professores e demais profissionais estão sempre observando as crianças durante o período escolar, quando não há presença dos adultos da família.

 

Quando a criança apresenta inquietude, agitação, ou dificuldade em manter o foco e a atenção

Existem casos de crianças que são diagnosticadas com Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) e são então tratadas com medicamentos, sem que realmente haja a necessidade disso.

Nos casos em que a criança apresenta sinais de inquietação, agitação e falta de atenção ou dificuldade para manter o foco, a terapia infantil pode ser uma aliada muito mais importante e eficaz.

Isso porque ela ajuda diretamente o paciente, ou seja, a criança, mas também auxilia os pais e os familiares próximos a lidarem melhor com a situação.

Ainda é preciso ressaltar que muitas vezes apenas a mudança de atitude ou de comportamento dos pais ou responsáveis é capaz de solucionar o problema da criança.

Afinal, essas pessoas possuem uma enorme influência sobre a criança e impactam diretamente na forma como elas pensam, sentem e também como se comportam.

 

Quando a criança apresenta comportamentos agressivos

Se a criança apresenta comportamentos agressivos de maneira exagerada e isso não é resolvido através de conversas com os pais, isso pode ser sinal de algo mais complexo.

Isso pode vir a indicar que aquela criança não está conseguindo lidar bem com alguma situação ou com algum sentimento específico, sendo importante ter auxílio de um profissional especializado.

O psicólogo infantil deverá dar apoio aos pais ou responsáveis para que seja possível descobrir qual a origem desses comportamentos agressivos, bem como irá auxiliar na abordagem das emoções identificadas.

Portanto, se os pais percebem que o filho começou a se comportar de uma maneira agressiva exagerada, sendo que antes ele não era assim, esse é um sinal de que é o momento de procurar uma psicóloga infantil.

 

Quando a criança apresenta problemas escolares

Os problemas escolares apresentados pelas crianças, ainda mais quando surgem de um momento para o outro, podem indicar a necessidade de auxílio de um profissional de psicologia.

Isso porque esses problemas escolares podem estar sendo ocasionados por problemas de comportamento ou ainda por dificuldades de aprendizagem.

É essencial que o psicólogo consiga descobrir a origem do problema, de modo a orientar também os pais ou responsáveis e a escola sobre como lidar com a criança naquele caso, da melhor maneira possível.

Assim, se houver queixas escolares é muito importante que os pais estejam atentos para a necessidade de procurarem por terapia infantil para os seus filhos.

 

Quando a criança passa por situações traumáticas, como perda ou luto

Situações extremamente traumáticas também exigem que a criança seja levada até um profissional em psicologia infantil para que possa ser acompanhada.

Essas situações traumáticas podem ser acidentes, morte na família ou a morte de um bicho de estimação, mudanças de endereço residencial ou de escola, ou ainda qualquer outro tipo de alteração que cause uma mudança drástica na rotina do pequeno.

Há um tempo dentro do qual a criança estará lidando com a perda ou luto, e caso as emoções venham a persistir de uma maneira intensa é fundamental procurar auxílio de um psicólogo infantil.

É importante ressaltar que não é sempre apenas a criança que irá precisar ter acompanhamento em casos de perda ou luto.

Além dos pais procurarem por um psicólogo infantil para seu filho, eles também devem buscar um tratamento, ainda mais porque eles mesmos podem ser a origem do problema.

O fato é que se torna essencial que os pais fiquem atentos ao comportamento dos seus filhos e a forma como eles reagem nas mais diversas situações traumáticas pelas quais venha a passar em sua infância.

 

Quando a criança apresenta regressão de alguma das fases do desenvolvimento

Existem algumas situações nas quais é comum acontecer a regressão da criança em alguma fase de desenvolvimento, como é o caso da chegada de um irmãozinho ou em situações nas quais ela se sinta insegura.

Os pais ou responsáveis devem estar bastante atentos ao filho para observar se ele apresenta algum tipo de regressão e, assim, buscar por auxílio de um profissional de psicologia infantil.

Caso essa criança repita esses comportamentos de uma fase de desenvolvimento anterior, o acompanhamento realizado por um profissional irá ajudar muito, até mesmo para dar o acolhimento e o suporte necessário aos pais nesse momento.

 

Como uma psicopedagoga infantil pode ajudar crianças?

A psicopedagogia é uma área muito importante para a vida de qualquer criança, mas a maior parte dos pais ainda apresenta muitas dúvidas a respeito dela e não sabe como pode vir a ajudar seus filhos.

Primeiramente, a psicopedagoga infantil irá realizar uma avaliação psicopedagógica, que é baseada em conversas com os pais ou responsáveis.

Essas conversas têm o intuito de explicar como o processo funciona, de fazer testes específicos com o cliente, de realizar uma visita à escola, de observar a criança dentro do ambiente escolar e realizar uma anamnese do paciente.

Depois de ter levantado todos os dados e tê-los em mãos, o profissional irá apresentar então uma devolutiva para a criança, para os pais, para a escola e para quaisquer outros profissionais que estejam envolvidos na vida dela.

Isso tudo expondo quais os dados que foram levantados durante o período de avaliação e, posteriormente, a psicopedagoga infantil irá então sugerir que seja realizada uma intervenção psicopedagógica com o paciente.

Nessa intervenção, serão trabalhadas as mais diversas estratégias baseadas no resultado obtido com a avaliação feita por ele.

Ao contrário do que acontece com um professor particular, a psicopedagoga infantil não vai trabalhar com os conteúdos escolares ou ainda ajudar nas atividades dela.

O trabalho do profissional vai se basear no estímulo das áreas de aprendizagem, de modo que seja possível auxiliar a criança a ter novamente o interesse no aprendizado e dar a ela maior autonomia no processo para adquirir conhecimento.

Consulta com psicóloga infantil

 

Como funciona a Consulta com psicóloga infantil online

A terapia online está cada vez mais em alta, então nada mais normal do que ser necessário que a criança realize as sessões virtualmente, ainda mais em época de pandemia.

Mas afinal, como é que funciona uma consulta com psicóloga infantil online?

Essa é uma dúvida muito comum que a maioria dos pais possui e que traz muita insegurança até mesmo para a criança, por não saber como se dará o seu funcionamento.

Como foi dito anteriormente, o psicólogo infantil atua primordialmente com a ludicidade para fazer com que a criança fale e se expresse, já que ela não consegue verbalizar tudo o que sente.

Então, o questionamento a respeito de como isso acontece de forma online não é nada mais que válido.

Primeiramente, o atendimento online de uma criança acontece sempre com a presença de pelo menos um dos pais ou responsáveis, que deve estar presente no início e no término de cada sessão.

No caso das crianças maiores, a presença dos pais durante a sessão inteira não é necessária, mas é preciso que seja acordado anteriormente com eles.

A primeira sessão da terapia online acontece sempre com a presença dos pais, de modo que seja feita uma entrevista a respeito do histórico da vida da criança e para fazer uma avaliação psicológica do pequeno.

Depois, as sessões vão acontecendo com a criança e é comum também que o psicólogo infantil marque pelo menos uma sessão de orientação com os pais, para fazer a psicoeducação e também dar uma evolutiva a respeito do desenvolvimento do caso.

As sessões online com psicólogo infantil acontecem ao menos uma vez na semana e têm uma duração em torno de 45 minutos.

O material que será utilizado em cada sessão infantil é sempre informado e enviado de maneira prévia para os pais ou responsáveis, de modo que ele possa ser providenciado antes que a consulta comece.

Se você realmente quer que seu filho seja acompanhado por uma psicóloga infantil online capacitada, então acesse o site da Psicotér e agende a sua primeira avaliação hoje mesmo!

Lisiane Duarte – CRP 07/12563

Psicóloga e Diretora Técnica da Psicotér

Clique para solicitar avaliação bônus

Veja Mais


    Se identificou com o assunto deste post?
    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Gostou? Compartilhe:

    Leia Também

    Deixe seu comentário

    Psicóloga Infantil: A Psicologia para Crianças | Psicotér