Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Infidelidade dos pais afeta negativamente os filhos

Categoria: Sem categoria

            Segundo psicólogos especialistas em terapia de família, quando há infidelidade dos pais em um relacionamento e o casal tem filhos, este evento afetará a família inteira em questão e não apenas os parceiros.

Em caso de infidelidade dos pais, é como se o filho também se sentisse traído. Isso pode gerar um sentimento de insegurança na criança, o qual perdurará boa parte da vida se não for devidamente compreendido e superado.

Embora o relacionamento só devesse dizer respeito ao casal, na prática, vemos que há um impacto significativo na vida dos filhos. É preciso levar em conta esta realidade. A relação a dois dos pais não deveria dizer respeito aos filhos. No entanto, estes estão sempre muito atentos as figuras parentais, pois servem de modelo para a sua vida futura; também por isso a importância de se cuidar o conteúdo que deixarão chegar aos seus filhos.

            Uma situação de traição na família deixa sempre marcas e não apenas para o casal.

É comum constatarmos em jovens que passaram por esta experiência um sentimento de insegurança em relações futura; uma dificuldade de confiar no próximo. É como se ficasse uma sombra, uma ferida emocional, devido a situação vivida – que na maioria das vezes não é conduzida da forma correta.

Imagem - traição na famíliaQuando a criança é pequena, um episódio de traição entre os pais tende a ser ainda mais delicado. A tendência é que a criança atribua a culpa pelo ocorrido a si própria. Isso acontece automaticamente, devido ao egocentrismo natural da idade. Portanto, caberá ao pai e mãe esclarecerem ao filho que este não teve culpa; que eles continuarão a gostar dele independentemente do que acontecer na relação do casal.

É importante estar atento as reações dos filhos quando um caso de infidelidade ocorre na família. Normalmente não será simples para uma criança, ou mesmo um adolescente, lidar com tal situação. Se para adultos este tema já é polêmico e de difícil aceitação, para um psiquismo ainda em desenvolvimento é ainda mais complexo.  Buscar ajudar psicoterapêutica para lidar com o problema é uma decisão acertada. Será necessário analisar a situação de fora e ajudar a criança a separar o relacionamento parental do conjugal.

Ter um profissional para intermediar as conversas que seja neutro diante do ocorrido, sem envolvimento emocional ou juízo de valor, é de grande valia no processo de elaboração e aceitação da infidelidade de um dos pais por parte da criança. Além disso, é importante mostrar aos filhos que o que aconteceu com os pais não vai necessariamente acontecer com eles; diminuindo assim o peso deste trauma na vida da criança.

Equipe Psicotér


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Infidelidade dos pais afeta negativamente os filhos | Psicoter