Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Objetivos: Como conquistar eles?

Categoria: Comportamento, Motivação/Dicas

Uma das grandes tarefas da vida adulta é pegar a vida nas mãos. O que é isso?

É traçar metas, pensar no que deseja e colocar isso em prática. A maioria das pessoas consegue pensar sozinha sobre o que deseja; tomar decisões, ir em busca de seus objetivos, cair e levantar.

Outras pessoas, no entanto, vivem sob a sombra dos desejos dos outros. Fazem a faculdade que os pais querem, compram o apartamento escolhido por algum parente, escolhem o carro com base nos desejos dos outros, fazem as viagens que todos estão fazendo, etc.

? Estas pessoas não conseguem traçar objetivos, elas precisam atingir aquilo que os outros querem, elas são reflexos do modo de viver de outras pessoas. E muitas vezes, sentem-se frustradas e não conseguem ir adiante, pois não conseguem motivar-se a realizar estes sonhos e desejos.

E muitas pessoas vivem deste modo. O que querem de verdade, o que anseiam e o que gostariam de ser e de fazer fica em segundo plano. Elas seguem as regras de outras pessoas e, apesar de isso parecer fácil, não é. Isso acontece porque todo mundo tem desejos, tem sonhos para suas vidas.

? O sonho de cada um é pessoal, é só seu. Quem vive sob o controle dos desejos do outro, não toma a vida em suas mãos, não consegue se libertar e tocar a sua vida adiante.

Quando a força que move o desejo não vem de dentro de cada um, fica bem difícil manter-se no foco. Quando a pessoa levanta da cama para realizar o desejo do outro, ela não vai demorar muito para sentir-se desmotivada, frustrada e triste e, muitas vezes, desenvolve estresse, cansaço e até depressão.

? Motivar-se para ir atrás do que se deseja, daquilo que se sonha, já é tarefa muitas vezes complicada. Fazer isso por algo que não está bem de acordo com o que se quer, é ainda mais complicado.

E como atingir os objetivos que outros traçaram? ?‍♀️

O primeiro passo desta tarefa é olhar para dentro de si e refletir se este objetivo vai ao encontro ou contra o que você pensou para si, se é possível manter-se no foco, se este objetivo é possível de realizar (se você acredita que tem as ferramentas para isso) e o que pode te motivar a alcançá-lo. Muitas vezes, as opiniões de outras pessoas são positivas e pode-se seguir adiante.

? Caso você perceba que os objetivos que você tem seguido não são seus; que estão em desacordo com o que você pensou para você, é o momento de iniciar a mudança. Agradar ao outro pode ser bom num primeiro momento. No entanto, lembre-se que a primeira pessoa que precisa ser agradada é você mesmo.

As mudanças nestes casos podem acontecer dos pequenos objetivos aos maiores. Uma mudança brusca também pode gerar desconfortos e até desavenças. Se você deseja ter determinado estilo de vida, por exemplo, comece e inserir atividades deste estilo em sua rotina.  Entenda também que as críticas podem acontecer, mas que elas também servem como motivação para seguir adiante.

?? Passe a escutar mais seu coração, seus pensamentos e perceba o que quer. Talvez você precise contatar sua criança interior para encontrar o que ela desejava. Ou seja, o que ela queria ser quando crescesse e buscar realizar isso.

Não é porque Fulano ou Beltrano fizeram ou seguiram determinado estilo de vida que você precisa seguir; o que é positivo para alguns, não é para todos e isso se aplica a ensino, trabalho, roupas, viagens, alimentação, enfim, a quase tudo.

? Alguns rompimentos precisam ser feitos. É preciso que você tome as decisões. É importante escutar os demais, mas a palavra final é sua, afinal, é você que terá que realizar os objetivos. Estes rompimentos não são brigas, mas sim, poder dizer “não” ao que o outro quer e “sim” ao que você deseja. O ônus da realização é seu e o bônus também será.

Os desejos e objetivos serão realizados de modo eficaz quando forem da pessoa, quando representarem sua vida e aquilo que realmente querem. Por isso, se você percebe que não consegue finalizar seus objetivos; se você percebe que começa e não termina nada ou que sente-se insatisfeito com os rumos de sua vida, olhe para dentro e tente perceber se pegou sua vida em suas mãos.

Este exercício não é dos mais fáceis. Exige o olhar atento e sem medo para dentro de si, mas é o primeiro. O que pode te ajudar a te entender e perceber o que pode estar atrapalhando seu desenvolvimento.

➡ Lembre-se que o que motiva cada um é diferente e, mesmo que a princípio seja cômodo esperar a decisão de outra pessoa, ela pode não ser a melhor para você.

✔ Por Anne Griza – Psicóloga da Equipe Psicotér

Psicotér: clínica de psicologia em Porto Alegre com atendimento presencial, online e domiciliar.

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Comentário Fechado

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Se preferir, preencha os campos abaixo e entre em contato para agendar sua consulta: