Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Drogas e família, entenda o papel da família

Categoria: Dependência química, Psicoterapia Familiar

As drogas e família

drogas famíliaVamos falar das drogas e família? A família é de extrema importância na prevenção do uso de drogas, pois é nela que os valores morais e éticos são comunicados e assimilados.  É com a  família,  que as crianças aprendem a socialização. Isso não significa, no entanto, que a responsabilidade pelo abuso de drogas seja exclusivamente da família. Mas que influi positiva ou negativamente, de forma significativa.

São menos propensas a sofrerem por abuso de drogas famílias que cultivam hábitos saudáveis como horários para dormir e acordar, por exemplo. As famílias que seus integrantes conhecem claramente seus papéis e limites, deveres e direitos. As famílias que se comunicam com clareza, sinceridade e honestidade 

Outro item muito importante nas relações familiares nas quais há pouca prevalência de abuso de drogas é o envolvimento afetivo. Famílias cujos membros se relacionam com afeto, com abraços, cuidados, empatia, acolhimento estão mais protegidas contra o problema de drogas.

Por outro lado, comportamentos agressivos e/ou uso de drogas por parte de uma figura parental (pai, mãe ou quem exerce esse papel), bem como falta de autoridade por parte desta, são fatores que influenciam na prevalência de abuso de drogas dos filhos. Afinal, os pais são modelos de comportamentos para os filhos e devem educar com autoridade. Além disso, atitudes negativas de agressividade, falta de autoridade e maus hábitos, inspiram sentimentos de raiva, medo e solidão, de forma que as drogas acabam representando um elemento de fuga.

Adolescentes nas drogas

drogas famíliaAdolescentes são mais propensos ao uso de drogas, visto que estão enfrentando uma fase de crise e estão mais vulneráveis. Nessa fase, os pais devem ter atenção redobrada, monitorando o adolescente, principalmente quanto as suas amizades.  É muito comum eles assimilarem comportamentos do grupo com o qual se relacionam. Se esse grupo for desviante, dificilmente o jovem terá discernimento para se abster das más escolhas. Por isso é tão complicada essa relação das drogas e família, que devem se conscientizar para prevenir.

Famílias que moram em locais próximos às chamadas “bocas de fumo”, representam risco aumentado para abuso de drogas. Ainda mais quando as mães necessitam trabalhar fora de casa e os filhos ficam muito tempo sozinhos.

Independente de morar em área de risco ou não, o esclarecimento à criança e ao adolescente acerca das consequências do uso de drogas é fundamental, assim como o auxílio de familiares e amigos. Esse esclarecimento e conscientização deve ser realizado sistematicamente.

Psic. Sandra Arreal – CRP 07/12064

Psicóloga Clínica, em formação em Técnicas de Revivência Transpessoal


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Entre em contato para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS ou tirar dúvidas.

(51) 4100-2513