Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

DORMIR para quê?

De acordo com especialistas, as pessoas privadas de sono demonstram dificuldade diante de tarefas que exijam atenção e concentração e suas habilidades motoras comprometidas.

De fato, o sono representa uma necessidade fisiológica. Não é um luxo para qualquer pessoa que deseja viver com saúde, ser bem-sucedida e longeva. O sono desempenha um papel insubstituível na recuperação e preparo do corpo, do cérebro e da mente para garantir o estado de alerta e a produtividade no dia seguinte, não dormir pode trazes inúmeros danos a saúde.

Dormir cedo e acordar cedo não nos torna mais eficientes, ricos, sábios e saudáveis. Hoje, podemos afirmar categoricamente que o correto é dormir e acordar sempre no mesmo horário. Desde que a quantidade e principalmente, a qualidade das horas dormidas satisfaçam realmente a necessidade de sono de cada pessoa. Assim, não importa quando vamos dormir e, sim, se este sono tem uma extensão reparadora.

Quando o sono é interrompido por diversas vezes por algum distúrbio durante a noite, ele não nos satisfaz. Essa irregularidade afeta nosso metabolismo e ritmo biológico. Como consequência disso estão a fadiga persistente, sensação de sonolência excessiva e problemas de saúde geral.

Os estados de sono e vigília são regulados pela atividade cerebral e comportamental; são dependentes do equilíbrio mental e psicológico. Fatores circadianos (que envolvem o período de 24 horas) influenciam no seu ritmo. Os humanos apresentam um conjunto de ritmos circadianos, como ajuste de temperatura corporal, síntese de hormônios e alternância entre sono e vigília. Qualquer modificação no controle rítmico dessas variáveis fisiológicas promove um desajuste. Certamete, podendo ocasionar efeitos adversos, como condições patológicas e envelhecimento celular.

A privação ou o sono fragmentado podem provocar diversos males à saúde, especialmente em homens acima do peso e mulheres após a menopausa. Fatores como obesidade, sedentarismo e bebidas alcoólicas contribuem para minar a qualidade do sono e, consequentemente, de vida.

Gostou? Compartilhe

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus

    Se identificou com o assunto deste post?

    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*

    Seu e-mail*

    Seu telefone

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *