Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Vai passar o Dia dos Namorados sem companhia? Veja 8 dicas para solteiros fugirem dos “relacionamentos-fantasmas”

Categoria: Motivação/Dicas, Relacionamentos

12 de Junho, Dia dos Namorados.

Para a maioria das pessoas a data é marcada pela troca de presentes, jantares românticos e declarações de amor. A cada ano a data vem sendo mais explorada, especialmente pelo comércio. A necessidade do indivíduo de participar desse tipo de evento pode ser comparada às festas de fim de ano. Uma eventual exclusão social pode levar a crises de ansiedade, desilusão e depressão.

Primeiramente, o inconsciente do indivíduo, em épocas de datas comemorativas, pode dominar o estado psicoemocional e trazer à tona lembranças desagradáveis de antigos relacionamentos que aparentavam estar resolvidos. No entanto,  continuam em estado latente de repressão. São os chamados “Relacionamentos-Fantasmas”. Além disso, sentimentos como tristeza, angústia e mágoa voltam a aflorar.

Em casos em que há um ex somado à presença dos filhos da antiga relação, a situação pode se agravar. O sujeito pode  tentar fazer um falso revival, popularmente chamado de flashback.  Como resultado, pode trazer complicações à tona, relacionadas à rotina de ambos, o que não é aconselhável. Certamente, o medo da solidão, principalmente no dia 12 de Junho, pode fazer com que casais separados tentem retomar um relacionamento que já não existe, não se propondo a conhecer novas relações. “Ex é ex” e merece receber cordial respeito e não reaver algo que passou. Freud já dizia: “O passado foi feito para ser ultrapassado”.

1 – Viva a data normalmente, sem se preocupar com as reminiscências psicológicas do passado;

2 – Procure sair com os amigos para lugares que não remetam às antigas relações;

3 – Saiba relembrar os momentos do relacionamento anterior de forma saudável e positiva;

4 – Tente praticar alguma atividade física no dia. Essa pode ser uma grande oportunidade de melhorar os maus hábitos, além de ser uma excelente maneira de esquecer os momentos da antiga relação;

5 – Procure não transferir características pessoais e fantasiar momentos de seu antigo relacionamento ao atual, se tiver;

6 – Dê o devido valor à sua relação atual, se tiver, desfrutando o momento e não fantasiando em cima da relação anterior;

7 – Fuja da depressão. Assim, ficar em casa em uma data como esta só acarretará maus pensamentos;

8 – Caso a data coincida com a visita de seu ex-parceiro aos filhos, faça o possível para não ter um encontro indesejado.

Alexandre Bez – Psicólogo especializado em Relacionamentos pela Universidade de Miami, Flórida. 

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Se preferir, preencha os campos abaixo e entre em contato para agendar sua consulta: