Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Recolocação profissional: como a psicoterapia pode te ajudar

Categoria: Sem categoria

Imagem - orientação para profissionaisRecolocação Profissional

A psicoterapia é um processo de autoconhecimento, um atendimento guiado por um psicólogo capaz de mapear forças e fraquezas do individuo. Quem busca a psicoterapia pode apropriar-se de seus talentos, utilizar melhor suas capacidades e desenvolver as dificuldades de modo a conseguir uma recolocação profissional mais assertiva.

 

 

A psicoterapia contribui em todas as etapas do processo de recolocação profissional no mercado de trabalho. São elas:

Orientação do currículo – Apresentação
  • O currículo é o cartão de visitas do profissional, seu primeiro contato com o empregador. Uma formatação adequada e a apresentação do documento fazem-se necessários para o recrutador. Aliás, a falta deles também excluem o candidato de um processo seletivo.
Buscar oportunidades – Uma procura proativa
  • É indicado manter atualizada e ampliar a rede de contatos, assim como uma busca mais proativa nos sites e agências de emprego. Além disso, a realização de cursos, jornadas e palestras na área de atuação aumentam o Networking, a visibilidade do profissional e as possibilidades de recolocação no mercado de trabalho.
Escolher um trabalho de acordo com o seu perfil
  • Certamente o processo de escolha profissional deve ser recíproco, estabelecendo um contrato conveniente para ambos os lados. Não é só a empresa que escolhe o candidato, com base nos critérios exigidos para o cargo. O profissional também deve fazer parte dessa escolha. Assim, deve refletir se o trabalho atende as suas expectativas e necessidades e se esta é a empresa em que deseja trabalhar.
Preparação para o processo seletivo
  • Entrevistas, dinâmicas de grupo, aplicação de testes, técnicas e outras ferramentas são adotadas para conhecer o perfil do candidato. O psicólogo pode orientar o candidato quanto ao que é esperado no processo de seleção.
  • Buscar informações acerca da empresa que está selecionando, manter uma comunicação clara, direta e objetiva, mostrar uma postura adequada, empática e ao mesmo tempo profissional são algumas dicas úteis para uma seleção de sucesso. O avaliador não pode ser confundido com um amigo nem tampouco o candidato mostrar inabilidade para falar de suas experiências, sejam elas boas ou ruins, tais como desligamento de empregos anteriores e momentos difíceis da carreira.
O candidato que faz psicoterapia com foco em recolocação profissional tem mais condições de lidar com as inseguranças e dúvidas. Ele poderá “se vender” mais no processo seletivo, falar com propriedade de seus diferenciais, conhecimentos adquiridos, identificação das habilidades e competências.

Além do autoconhecimento, a psicoterapia promove a autoconfiança do individuo. Ela  é essencial no processo de seleção e reinserção no mercado de trabalho. O maior controle emocional, bem como o comportamento do candidato, aumentam as chances de realização das metas pessoais. Portanto, favorecendo uma busca proativa e uma recolocação profissional assertiva.

A pessoa que faz psicoterapia consegue reconhecer seus talentos. Além disso, é capaz de identificar as dificuldades que impedem de alcançar os resultados esperados; assim, pode buscar a superação de conflitos e a construção de uma carreira mais sólida e orientada.

Psic. Márcia Moraes – CRP 07/12844

Psicóloga Cognitivo Comportamental 


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Recolocação profissional: como a psicoterapia pode te ajudar | Psicoter