Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
Rua Esteves Júnior, 50, Sala 404 - Florianópolis
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

PSICÓLOGO NÃO É GURU

“Eu não preciso de psicólogo, eu vou conversar com o padre”! “Pra quê psicólogo se eu vou conversar com a entidade e ela me dá todas as dicas”? “Psicólogo é coisa de louco! Se estou com dificuldades, converso com meu pastor”!

Não existe problema algum em ter fé; em acreditar que exista um ou mais seres superiores que estão nos ajudando na difícil arte de viver. Isso, inclusive, contribui para que as pessoas tenham mais força e motivação para enfrentar os problemas. A questão aqui é confundir aconselhamento espiritual com psicologia.

A psicologia é a ciência que estuda os pensamentos, sentimentos e comportamentos das pessoas e de que modo eles influenciam na maneira de viver de cada um. Assim, a religião é a fé, a crença que cada um tem: é um sentimento, uma emoção, uma paixão.

Além disso, a psicologia cuida do que é universal e de cada um, a partir das vivências de cada pessoa. O psicólogo trabalha a partir de uma base científica e de uma linha teórica. Esta linha determina o olhar que ele terá sobre seu paciente. O psicólogo trabalha a partir da realidade que a pessoa relata. Ele procura compreender seu mundo, seus modos de pensar e as estratégias que cada um utiliza para encarar seu dia a dia.

Nas consultas, o paciente traz suas angústias e juntos, psicólogo e paciente, tentam encontrar a melhor forma de lidar com isso. O que ambos utilizam é o vínculo, a comunicação e o olhar empático. O psicólogo não aconselha; ele enxerga de outro ângulo a situação; mostra ao paciente de que diferentes modos ele pode resolver o que o angustia.

O psicólogo não usa cartas, búzios, Deus, entidades, espíritos ou santos para escutar seu paciente. Tampouco, ele faz rituais para melhora ou cura. Tudo acontece a partir da escuta empática da pessoa que sofre e da teoria e técnica do profissional.

A psicologia entende que as pessoas agem a partir das suas experiências, das suas vivências, das suas crenças e não em função de outro ser que deseja algo, que colocou algo no caminho de cada um ou que pode mudar algumas situações. As pessoas são, para a psicologia, seres autônomos, que tomam suas próprias decisões e que são responsáveis pelo que acontece em suas vidas. Além disso, são elas as responsáveis por mudar suas vidas e sua realidade.

Muitas pessoas consultam o psicólogo, engajam-se em um processo de psicoterapia e ainda assim, conversam com seu pastor, com a entidade, com o padre, com o guru espiritual. Apesar de seu viés científico, os psicólogos respeitam a crença de seus pacientes, entendem que cada um tem a liberdade de pensar e acreditar naquilo que quiser. É a postura do profissional na sua prática que não pode ultrapassar os limites da ciência. É o profissional que não pode misturar fé e teoria.

Algumas linhas teóricas usam técnicas um pouco alternativas para ajudar a diminuir a ansiedade, os medos e as tristezas, como a hipnose, a regressão, os diferentes tipos de relaxamento e de respiração. No entanto, mesmo consideradas pouco ortodoxas, estas técnicas estão embasadas em teorias e são aceitas pelo Conselho Federal de Psicologia. Porém, se algum profissional utiliza métodos mais místicos, utiliza ferramentas e o discurso religioso, é preciso atenção e cuidado.

Se você consultar um psicólogo e ele propuser algo místico, fique atento: psicólogo não é guru. Ele não vislumbra o futuro, ele não dá conselhos e não manda em você. Você é responsável pelo seu processo de mudança e ninguém, nem mesmo seu psicólogo, pode proibir ou julgas suas escolhas.

Por  Anne Griza- Psicóloga da Equipe Psicotér

Entre em contato conosco através desse link para agendar uma Avaliação Gratuita para psicoterapia, Online ou Presencial, com um Psicólogo ou Psicóloga em Porto Alegre. Temos a garantia do melhor atendimento e psicólogos de Porto Alegre altamente qualificados.

 

Gostou? Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus




    Se identificou com o assunto deste post?


    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.