Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
Rua Esteves Júnior, 50, Sala 404 - Florianópolis
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

Como parar de problematizar os seus problemas?

Com treino é possível aprender a deixar ir aquilo que já não importa na nossa vida.

Desenvolver a capacidade de desapegar-nos dos acontecimentos dolorosos é fundamental para conseguirmos recuperar o equilíbrio emocional.  De uma forma geral todos nós temos tendência para focar a nossa atenção nos aspetos negativos da nossa vida. Mas quando isso é tão profundo que impede que possamos desfrutar das coisas boas que temos, torna-se um tormento.

Certamente que alguns dos nossos problemas são importantes e merecem a nossa atenção e energia. Precisamos abrir espaço para uma atitude de honrar isso. Ao mesmo tempo, não deixar que tomem de assalto a nossa vida. É uma ideia paradoxal, mas mantendo estas duas atitudes simultaneamente é a fonte para o equilíbrio emocional. Desenvolvemos um senso de respeito para com todas as coisas, juntamente com a capacidade de deixar ir. Por isso, não devemos menosprezar os problemas. Por outro lado não devemos colocar fogo neles até que se transformem numa batalha sem tréguas.

Quando você começa a ver a vida sob o ponto de vista de que a grande maioria dos acontecimentos é a natureza da vida a expressar-se, e que as coisas não estão “contra você” ou “tentando atacá-lo”, provavelmente irá permitir-se a relaxar e a encontrar espaço mental para ser mais positivo e mais grandioso. Você pode aprender a relaxar o seu corpo e a diminuir a ansiedade e angústia.

Tem um nó no seu estômago, pode apenas relaxar. A parte de trás do seu pescoço está tenso, pode apenas relaxar. A sua mente está agitada, pode apenas relaxar. Quando desenvolvemos a capacidade de promover boas sensações no nosso corpo, ficamos numa posição mais confortaveis para enfrentarmos os problemas que nos surgem na vida sem lamentações vitimizantes.

Ao conseguirmos relaxar o corpo e a mente mais facilmente conseguimos aceder à nossa consciência; ficamos menos propensos a influenciarmo-nos negativamente pelas emoções do momento, e assim podemos experimentar a quietude. A grande maioria de nós consegue experimentar este estado de forma natural. Por exemplo, quando estamos sozinhos a contemplar algo que gostamos, ou quando estamos a realizar uma caminhada, ou olhando pela janela observando o infinito.

Aprender a relaxar e a acalmar a mente entrando num estado de quietude, é realmente a essência para deixar ir a dor advinda dos problemas que nos atormentam. A prática de saber relaxar e ficar totalmente em quietude no momento presente, permite que você seja capaz de experienciar o seu coração a bater forte, a sua preocupação ou a sua angústia sem perder a noção da sua essência.

Sempre que algo idêntico ocorrer, você pode fazer uma breve pausa, relaxar, tranquilizar a sua mente e perceber a forma como se está sentindo fisicamente e mentalmente, e em seguida, conectar-se a si mesmo, ao seu ser mais amplo. Esta é uma maneira de aceitar o que está acontecendo com você no momento presente, sem problematizar.

Você pode ter uma dor nas costas, uma dor de estômago, pânico, raiva, impaciência, calma, alegria, seja o que for, podendo apenas observar a forma como se manifesta em você, sem rotulá-lo de bom ou ruim, sem dizer se você deve ou não estar sentindo-se assim, sem problematizar. Ao observar o que está acontecendo, com abertura e aceitação, você pode ir mais além com curiosidade e coragem, orientado por si mesmo em consciência. Eu chamo este passo de “salto da consciência”.

Gostou? Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus




    Se identificou com o assunto deste post?


    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.