Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Timidez – como melhorar a e ser mais espontâneo?

Categoria: Motivação/Dicas, Timidez e fobia social

A timidez é um comportamento comum a muitas pessoas. Podemos pensá-la como um traço da personalidade do indivíduo, que não necessariamente significa algo negativo.

Quer tenhamos maior tendência a sermos introvertidos ou extrovertidos, todos podemos vivenciar esse sentimento de ser tímida em algum (ou em muitos) momento(s) da vida, especialmente quando nos encontramos em situações de exposição social.

Uma pessoa tímida costuma associar a interação social com algo angustiante, que lhe causa constrangimento e desconforto, e por isso há uma tendência a evitar estas situações, que faz aumentar nossa timidez.

A maioria das pessoas tímidas não expõe suas aflições e dificuldades, acabam por se fechar em seu mundo íntimo. Estes indivíduos possuem maior dificuldade para fazer amizades e também para manifestar suas opiniões; dificultando ainda mais o estabelecimento de vínculos.

O tímido, no entanto, não opta racionalmente por ser assim, ele simplesmente sente desta forma! Mas existem algumas alternativas para trabalharmos esta maneira de ser relacionar com o mundo exterior – e com o próprio mundo interno – a fim de diminuir seus impactos negativos. Seguem algumas dicas comportamentais que para auxiliar o tímido a se tornar mais espontâneo e extrovertido:

 Cultive o contato com as pessoas

Pessoas tímidas costumam ser reservadas e introvertidas. Mas é importante que procurem conversar com os quem os cerca, seja no ambiente de trabalho ou no convívio com amigos e familiares. Essa interação com os outros irá ajudar o indivíduo a ir se soltando e, consequentemente, diminuindo sua timidez.

Desenvolva a autoconfiança

Acreditar em si mesmo é uma postura de fundamental importância para se lidar com a timidez; trabalhar sua autoestima auxilia enormemente a abertura da pessoa para o mundo. E o trabalho de autoconhecimento aqui é que permitirá a auto aceitação e o florescimento do amor próprio. Como podemos esperar nos entrosarmos bem com os outros se nós mesmos não nos acolhemos?

Reconheça suas virtudes

Todos temos qualidades únicas e temos algo a acrescentar no mundo. É necessário conhecer nossos pontos fortes e aceitá-los, pois só assim poderemos também compartilhá-los com os demais.

Seja você mesmo

Tentar agradar todo mundo, além de desgastante é quase impossível! Quando aceitamos quem somos e agimos de acordo com nossa verdade, é muito mais fácil despertar a simpatia dos outros, que vêem ali uma pessoa inteira e autêntica. E além do mais, estaremos sendo honestos e amoroso com nós mesmos ao agirmos assim!

Esteja presente nas situações

Não adianta estar em um ambiente social, se nos fechamos na “nossa concha” e não deixamos nada nem ninguém nos tocar, como se só estivéssemos ali de corpo físico. Dê atenção às outras pessoas e interaja com elas ao invés de se preocupar com o que os outros supostamente estão pensando de você. Se permita tocar e ser tocado, no sentido de se deixar interferir pelas relações, pois somente havendo essa troca é que se estabelece um vínculo mais íntimo e profundo com o outro.

Pratique habilidades sociais

Quanto mais nos expusermos a situações desafiantes, mais fácil será desenvolver as habilidades para lidar com estas dificuldades, pois é na prática que se aprende e se fortalece. Se você evitar situações sociais porque costuma ficar tímido, estará apenas reforçando sua timidez. Ao invés disso, enfrente as situações e vá com a consciência que estará exercitando sua capacidade de se relacionar, sempre respeitando seu tempo e focando no seu crescimento pessoal.

 Alivie sua ansiedade

Comumente a ansiedade e o medo acompanham as pessoas tímidas. Principalmente quando estas pensam ou são expostas a situações de interação social. Então, sugiro uma técnica simples que irá aliviar a ansiedade e diminuir o desconforto trazido por esta emoção: respirar profundamente, concentrando-se apenas na sua inspiração e na expiração, que devem ser lentas e profundas. Este exercício traz um sentimento de relaxamento e descontração, ajudando-nos a conectar com sentimentos positivos e mais leves.

Exercitando nossa capacidade de se relacionar, aumentamos nossa autoestima. Também diminuímos nosso nível de exigência com a gente mesmo, pois percebemos que somos todos humanos.  Consequentemente, temos nossas falhas e pontos a melhorar. No entanto, também temos muitas coisas boas para compartilhar e aprender com os outros.

É na interação com outros seres humanos que muitas vezes reconhecemos a nós mesmos, pois cada ser traz consigo uma luz própria que ilumina os demais e se multiplica ao ser refletida no mundo.

 

✔️ Por Alessandra Ribeiro – Psicóloga da Equipe Psicotér

? Quer conhecer a Psicóloga Alessandra? Entra em contato com a Psicotér e agenda uma avaliação GRATUITA! 

 

Psicotér: clínica de psicologia em Porto Alegre com atendimento presencial, online e domiciliar.

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Comentário Fechado

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Se preferir, preencha os campos abaixo e entre em contato para agendar sua consulta: