Endereços psicoter
Rua Vigário José Inácio, 250 Sala 102 Centro - Porto Alegre
R. Antônio Joaquim Mesquita, 131 - Passo d'Areia - Porto Alegre
Rua Esteves Júnior, 50, Sala 404 - Florianópolis
SEG A SEX DÀS 7H ÀS 22H - SÁB DÀS 7H ÀS 12:30H

Novidades sobre neuropsicologia: diagnósticos e tratamentos

Imagem - novidades sobre neuropsicologia

Novidades sobre neuropsicologia

A neuropsicologia é uma das principais áreas das neurociências. Ela procura investigar e compreender o cérebro e o comportamento humano, aprofundando a relação entre as emoções, o comportamento e as funções cognitivas.

Ela direciona sua investigação, avaliação, compreensão, diagnóstico e tratamento para o campo das funções mentais superiores em sua totalidade. Para tal, tem embasamento em conhecimentos aprofundados de psicologia e de neurologia. Estas funções mentais são a memória, a linguagem, a atenção, as funções executivas, o raciocínio, a percepção visuoespacial, entre outras, além do estado emocional e dos aspectos de personalidade.

Nos últimos anos, a neuropsicologia teve um grande avanço: a relação entre os traços de personalidade, o funcionamento cognitivo e o comportamento; trazendo portanto importantes contribuições para a compreensão da origem e tratamento de lesões cerebrais e dos transtornos psiquiátricos.

Técnicas de neuroimagem cada vez mais sofisticadas vêm possibilitando maior conhecimento sobre as estruturas cerebrais e possíveis lesões. Permitindo assim, a investigação da localização, da dimensão, da natureza e do grau de alterações cognitivas. Também possibilitam um maior entendimento sobre a funcionalidade do cérebro e sobre a identificação de funções cognitivas que podem estar normais ou apresentando alguma dificuldade, não somente no caso de lesões localizadas, mas de quadros psiquiátricos em qualquer faixa etária.

Para os transtornos psiquiátricos, as novidades sobre neuropsicologia trouxeram grandes contribuições em nível de diagnóstico e de tratamento. Como resultado, é possível diferenciar diagnósticos difíceis, quando existem vários sintomas semelhantes que acabam confundindo o profissional que está avaliando e tratando o caso.

Também, contribui efetivamente na avaliação do grau de comprometimento que o transtorno gerou na vida do indivíduo. Estes transtornos, quando não tratados corretamente, geram prejuízos importantes nos âmbitos social, emocional e cognitivo (principalmente atenção e memória). Tais problemas podem reduzir a autoestima, gerar insegurança e ansiedade, humor deprimido, entre outros sintomas. Quanto mais tardam a serem tratados, maiores as consequências para a vida do indivíduo. Portanto, pode haver o surgimento de outros transtornos psiquiátricos concomitantes; além de maiores prejuízos nas funções cognitivas.

Sendo assim, os conhecimentos científicos atuais na área da neuropsicologia permitem a identificação mais precisa e precoce de problemas cognitivos e emocionais. Portanto, o dano à vida do indivíduo é reduzido. Além disso, daqueles problemas que causam um impacto sutil e persistente que, muitas vezes, passam despercebidos.

Felizmente, este progresso continuará nas próximas décadas. Cada vez mais, busca-se o conhecimento sobre o funcionamento do cérebro; isso contribui para a cura de quadros neurológicos e psiquiátricos através de diagnósticos mais precisos e tratamentos mais eficazes.

Psic. Roberta Gomes – CRP 07/14043

Psicóloga Cognitivo Comportamental, Doutora e Mestre em Neurociências

Gostou? Compartilhe
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on telegram

Posts Relacionados

Confira os assuntos de maior interesse

avaliação psicológica bônus




    Se identificou com o assunto deste post?


    Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!

    Seu nome*
    Seu e-mail*
    Seu telefone

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.