Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Devolutivas Psicológicas em Concursos Públicos

Entendendo a devolutiva

Acompanhamento em Devolutivas Psicológicas em Concursos Públicos é um direito a todo candidato à entrevista de concursos. Bem como, de forma ética e objetiva, quando submetido à avaliação psicológica. Logo, esta deve ser solicitada por meio de recurso administrativo ou judiciário. Em caso negativo para a vaga, a transparência do processo garante informar os motivos da inaptidão. Assim, apresentando quais requisitos o candidato atingiu ou não para o cargo disputado e o quão distante seus resultados ficaram do esperado.

Imagem - Devolutivas Psicológicas em Concursos Públicos

Neste momento de devolutiva dos resultados, o candidato pode optar por ir acompanhado de um psicólogo particular. Afim de que tenha acesso integral aos seus resultados. Fazem parte dessa etapa a leitura do parecer ou laudo psicológico, revisão de testes e técnicas realizadas.

Caso o candidato opte por comparecer sem a presença de um psicólogo, a devolutiva do processo seletivo fica restrita a leitura do parecer ou laudo psicológico. Assim, neste caso sem possibilidade de revisão dos testes e técnicas que foram utilizadas.

Importância da devolutiva nos Processos de Avaliação Psicológica

O Acompanhamento em Devolutivas Psicológicas de Concursos Públicos é comum para cargos na área de segurança (policia civil, policia militar, bombeiro…); de transporte (agente de trânsito, motorista…); em tribunais (STF – Supremo Tribunal Federal, STJ – Superior Tribunal de Justiça…) e outras funções que requerem equilíbrio emocional.

Portanto, o Psicotécnico é a forma de avaliação psicológica que se utiliza de diversos recursos para investigar aspectos psicológicos de maneira sistemática. 

Os testes psicológicos atuam como uma amostragem objetiva e padronizada apontando diferenças individuais quanto às características, funções executivas, reações e comportamentos do sujeito avaliado. A aplicação de testes fornece dados e subsídios para auxiliar o psicólogo de forma complementar a outras técnicas. Dessa forma, oferecendo grande confiabilidade, precisão e validade.

A escolha dos testes que serão utilizados no concurso é realizada de forma sigilosa pela banca examinadora responsável pelo concurso público. Contudo, desde que cumpra com os requisitos e exigências necessárias para cada cargo.

A entrevista é uma técnica amplamente utilizada por grande parte das avaliações psicológicas em processos seletivos de concursos públicos. Assim, tendo o objetivo de coletar dados, buscando responder questões relevantes para o cargo quanto às capacidades de cada pessoa. Logo, por se tratar de um diálogo, é a etapa mais subjetiva do processo, com a capacidade de interpretação e interação entre psicólogo e candidato. Contudo, o profissional que avalia busca ser o mais objetivo possível, garantindo o planejamento e foco.

Escalas de comportamento, questionários, autobiografia, dinâmicas de grupo, entre outras ferramentas podem fazer parte do processo de avaliação psicológica.

Questões Éticas Devolutivas: direito do candidato, dever do psicólogo e Acompanhamento em Devolutivas Psicológicas de Concursos Públicos

O psicólogo avaliador, regido pelo Código de Ética Profissional, garante evitar qualquer tipo de interferência durante a avaliação que possa prejudicar o desempenho, a imparcialidade e a fidelidade dos resultados. Daí decorre a importância da clareza de procedimentos e informações. Pois, a isonomia (oferecer um atendimento idêntico a todos os candidatos) e o sigilo (garantia da privacidade do sujeito) no processo de avaliação.

Após a entrevista de devolutiva, os resultados apresentados podem ser contestados através de recurso administrativo ou judiciário, mediante justificativa. A impugnação não garante a reinserção do candidato no concurso público. Mas, atenua as dúvidas e minimiza a possibilidade de alguma injustiça.

Vale ressaltar que o ser humano é um ser dinâmico, pensante, criativo, perceptivo, sensitivo e não é imutável. Os resultados podem oferecer alguma variação perante a solicitação de retestagem, dependendo dos aspectos não alcançados. Embora, o psicotécnico seja uma amostra do padrão de comportamento do candidato. Assim também, ele mede respostas manifestas naquele momento de avaliação, podendo apresentar oscilações no desempenho entre uma avaliação ou outra.

O psicotécnico ou avaliação psicológica realizada nos concursos públicos não visa conhecer sintomas ou estabelecer diagnósticos. Bem como, diferentemente de uma avaliação psicológica tradicional, que tem objetivos clínicos e busca um tratamento. A avaliação psicológica realizada nos concursos tem intenção de investigar exclusivamente se o candidato atende aos requisitos para o cargo. Ou seja, se demonstra as características e habilidades necessárias para a função.

 

Se interessou em saber mais sobre Acompanhamento em Devolutivas Psicológicas em Concursos Públicos. Entre em contato com a gente através do FALE CONOSCO e solicite um orçamento. 

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Se preferir, preencha os campos abaixo e entre em contato para agendar sua consulta: