Terapia Psicanalítica

Psicanálise é uma teoria que tem como princípio a compreensão de que nossos comportamentos e sentimentos são regidos por desejos inconscientes. Para analisar os conteúdos inconscientes, devemos acessar os instintos, anseios e impulsos que fornecem a energia para as ações.

Sigmund Freud (1856-1939) era médico neurologista e foi o fundador da teoria psicanalítica. Para Freud, o inconsciente é a fonte de energias, desejos reprimidos e depósito de velhas lembranças.

O objeto de estudo da psicanálise é o inconsciente e a maneira de análise é realizada por meio da associação livre. O método básico da psicanálise é o manejo da transferência e da resistência em análise. O analisado, numa postura relaxada, é solicitado a dizer tudo o que lhe vem à mente (método de associação livre). Suas aspirações, angústias, sonhos e fantasias são de especial interesse na escuta, como também todas as experiências vividas são trabalhadas em análise. Escutando o analisado, o analista tenta manter uma atitude empática de neutralidade. Uma postura de não-julgamento, visando a criar um ambiente seguro.