Não é normal querer chorar do nada!

As emoções não são iguais, umas são ruins, outras boas. A tristeza está caracterizada como uma emoção negativa em nossa sociedade e um dos sinais de tristeza melhor identificados por nós é quando choramos. Porém, nem sempre o choro é acompanhado de uma emoção ruim. Muitas vezes as pessoas choram de alegria. O casamento de uma filha, o nascimento do sobrinho, do neto, uma apresentação da filha na escola podem nos despertar muita alegria e podemos chorar por isso.

Algumas pessoas têm maior sensibilidade para algumas emoções e muitas delas choram por qualquer coisa. Uma expressão muito conhecida e que a pessoa se caracteriza é “sou uma manteiga derretida, choro por qualquer coisa”. Tem pessoas que tendem a chorar com mais facilidade e isso não é um defeito, ela só é mais sensível naturalmente para lidar com algumas emoções que a situação desperta.

A pessoa pode chorar quando assiste uma cena romântica na novela, assistindo um filme, quando alguém lhe conta uma história triste. No entanto, choro repentino, acompanhado de tristeza e constrangimento em pessoas que nunca foram “manteiga derretida” pode ser sinal de que a pessoa não está bem e que ela pode estar apresentando sintomas de depressão.

Uma pessoa pode estar deprimida sem se dar conta. Ela presta atenção no seu choro frequente porque nunca foi assim e porque se sente constrangida frente às pessoas, mas não entende o que está acontecendo, o porquê de estar assim ultimamente. Os mais próximos começam a notar que a pessoa está mais sensível e um pequeno motivo à leva a emoções mais extremas que despertam o choro. Com o tempo, o choro começa o ocorrer em diversos ambientes, incluindo trabalho, sala de aula, shopping, restaurante, o que a leva ao isolamento por não querer se sentir exposta na frente dos outros.

O choro à toa é um sinal de que a pessoa pode estar com depressão, mas somente chorar não significa que a pessoa tem o transtorno.  

Para o diagnóstico de depressão, precisamos considerar outros sintomas associados ao choro repentino como:

  • Não sorrir
  • Não achar graça em nada
  • Vontade de não sair de casa e não se cuidar
  • Pessimismo
  • Irritação
  • Muito sono ou insônia
  • Perda ou aumento do apetite
  • Falta de concentração
  • Baixo rendimento no trabalho ou estudo
  • Cansaço

Portanto, a pessoa que nunca foi de chorar à toa provavelmente está apresentando outros sintomas que podem estar sinalizando que está com depressão e não está se dando conta.

Outro transtorno que pode apresentar choro à toa é o transtorno de humor bipolar. A pessoa pode estar super feliz e de repente, começar a chorar do nada. Isso ocorre pela característica do transtorno, que faz com que a pessoa tenha mudanças  de humor repentinamente (uma hora está feliz e uma hora está triste).  

Para o diagnóstico do transtorno de humor bipolar, além do choro repentino, precisamos prestar atenção se há mudanças de humor repentinas, que podem ocorrer em diversos graus de intensidade.

Outros sintomas que podem ocorrer são

  • Irritação
  • Pensamento e fala acelerados
  • Dificuldade para concluir tarefas
  • Desmotivação
  • Muito sono ou insônia
  • Perda ou aumento do apetite
  • Desinteresse por coisas que achava prazerosas
  • Compulsões (compras exageradas)

Tanto a depressão quanto o transtorno de humor bipolar, o choro repentino acompanhado de tristeza ocorre porque temos uma baixa na produção de algumas substâncias que temos no cérebro, que são responsáveis pelo nossa sensação de bem-estar.

Portanto, se você está parado e começa a chorar do nada, preste atenção a mais alguns sinais e, se você chegar a conclusão que tem mais sintomas associados ao choro, procure ajuda. Os transtornos de humor tanto a depressão quanto o bipolar, dependendo do grau e intensidade, podem ir progredindo conforme vai passando o tempo e podem ser incapacitantes, levando, muitas vezes, a perdas significativas em diversas áreas da vida, incluindo relacionamentos, vida social, trabalho ou estudo. Não deixe de prestar atenção em você e priorize a sua vida, ela é o bem mais precioso que você tem.

Por Roberta Gomes – Psicóloga da Psicotér 

 


Se você está se sentindo triste, tem vontade de chorar sem motivos ou se identifica com os sintomas comentados acima, entre em contato conosco através desse link para agendar uma Avaliação Gratuita para psicoterapia, Online ou Presencial, com um Psicólogo ou Psicóloga em Porto Alegre. Temos a garantia do melhor atendimento e psicólogos de Porto Alegre altamente qualificados.

 

9 thoughts on “Não é normal querer chorar do nada!

  1. me irrito com pessoas que ficam me chingano me precionando dizendo oque tenho que faze como se eu nao soubese e comeso a chorar
    tambem choro quando lembro de alguma coisa que ja passou ou quando fico pensando no futuro nas coisas que vao acontecer
    e tenho medo ..fico muito ansiosa triste
    desanimada .
    eu tendo me encoraja eu mesma
    mais vem pensamentos negativos e logo vem a tristeza de novo,e fico muito extressa se preocupando.

    tenho vergonha de falar com as pessoaa
    me expressar
    expressar sentimentos
    de ser eu
    e respondo com grosserisa quando to muito iritada
    falano sem pensa
    ou nem respomdo fico queta
    e vo para um canto fica sozinha falo em pensamento e chorando.

    oque eu tenho?

    1. Olá Geovana, tudo o que foge ao nosso controle e nos afeta negativamente ou nos gera sentimentos ruins de maneira FREQUENTE e INTENSA, não está normal. Seria de grande importância que procurasse uma orientação para verificar a possibilidade de um tratamento. Estamos à sua disposição.

  2. Ultimamente tenho me sentido triste demais e por mais que eu sorria e pareça feliz em frente aos meus amigos quando a noite chega me sinto totalmente desolada e sozinha.Tenho quinze anos e não há muitos motivos para que eu me encontre nesse estado, acontece que agora a pouco tempo ocorreu a morte de uma pessoa importante pra mim e isso me deixou super triste, também considero o fato de não fazer a minima importância para meus amigos, meus pais andam sempre me criticando quando tiro alguma nota abaixo da média e isso sempre me deixam pra baixo, não me deixam confortável o suficiente perto deles e por isso prefiro ficar isolada. Queria muito que me ajudasse, pois não tenho coragem de dizer para minha mãe q tenho isso (por ela achar depressão frescura) não tenho a quem recorrer, me ajude.

    1. Olá, embora você já tenha dado um grande passo se dando conta de tudo isso, ainda é imprescindível que você procure ajuda de um psicólogo para entender como lidar com tudo isso. Você pode procurar ajuda através da sua escola, de um parente que possa te levar numa consulta ou, dependendo da sua idade, recorrer sozinha a um serviço público ou privado de atendimento psicológico. Não desista!

  3. Eu estava normal antes das aulas voltarem. agora eu me sinto desanimada, triste e choro todo dia o tempo todo. eu me sinto com sensação ruim o tempo todo e eu to muito cansada disso. Seria sinal de alguma coisa? Eu preciso mesmo de ajuda.

    1. Elly, procure conversar com um profissional para obter uma orientação mais detalhada. É muito importante que a gente se abra para pedir e aceitar ajuda, isso nos auxilia a evoluir e crescer como seres humanos pensantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *