Marker
relógio Seg a Sex dàs 7h às 22h - Sáb dàs 7h às 12:30h
(51) 9 9833-8006
(51) 4100-2513

Adultos que não amadurecem – Síndrome de Peter Pan

Categoria: Comportamento, Homem

Todos nós conhecemos a história de Peter Pan, ou pelo menos a essência disso.

Adultos que não amadurecem parecem ter se inspirado em uma famosa história. Peter Pan é um menino que nunca quer crescer e vive em Neverland, onde permanece jovem para sempre. Talvez o que nem todos saibam é que há um distúrbio com esse nome mas diferentemente da história não causa boas impressões.

Afinal, o que é a síndrome de Peter Pan? A Síndrome de Peter Pan, é quando um adulto não quer assumir responsabilidades e amadurecer, como por exemplo: marcar uma  consulta médica, fazer seu imposto de renda, pagar suas contas e assim por diante  É uma síndrome psicológica que não está listada em nenhum manual de diagnóstico. Outra característica é que a Síndrome de Peter Pan pode ser diferente para todos. O sofredor estereotípico da síndrome de Peter Pan geralmente é um homem que não quer entrar na vida adulta. Eles podem não trabalhar, assumir responsabilidades e querer que todos ao seu redor apoiem seu estilo de vida.

Como essa síndrome não é oficial, torna ainda mais difícil diagnosticar quem sofre com isso. Só porque alguém tem tendências infantis, como curiosidade, senso de humor ou amor por certas coisas associadas a um comportamento infantil , isso não significa que eles têm a Síndrome de Peter Pan. É difícil dizer exatamente o que faria alguém querer evitar responsabilidades, mas existem algumas teorias. São elas:

Uma infância mimada :

Imagem - Criança mimada

Alguns adultos não amadurecem por causa do modo como foi vivida sua infância. Todos nós conhecemos alguém cujos pais nunca disseram não.

Como resultado disso, percebemos adultos sem habilidades para lidar com as frustrações da vida . As responsabilidades devem ser trabalhadas desde a infância para que se desenvolva as habilidades de empatia, esforço e merecimento. A mudança repentina de ter que trabalhar e pagar contas é chocante para muitas pessoas. Em vez de ser gradualmente introduzido nos conceitos de adultos, não havia dedos na piscina para essa pessoa.

Problemas Financeiros:

Nem todo mundo consegue ter o melhor emprego do mundo, mas, nos últimos anos, a economia parece estar vazia para a geração do milênio. Longas horas, pouco pagamento e nenhum progresso para alcançar seus objetivos de vida. Se não se pode progredir, eles podem regredir. Quem tem a síndrome de Peter Pan usa o escapismo para não ter que lidar com as frustrações do trabalho.  Essas são apenas algumas das razões pelas quais a síndrome de Peter Pan pode ocorrer, lembrando que elas são especulativas, pois o distúrbio não é oficialmente reconhecido.

Sintomas da síndrome de Peter Pan

 Como você pode saber se alguém tem síndrome de Peter Pan? Existem alguns sintomas que você pode analisar, incluindo:

Falta de interesse na carreira: A maioria dos trabalhos não é divertida. Há poucos empregos em que uma pessoa quer entrar todos os dias e ficar lá por horas. A maioria dos trabalhos não tem pagamento que satisfaz. É compreensível porque uma pessoa não estaria interessada em ter uma carreira. No entanto, é uma parte da vida. Alguém com Síndrome de Peter Pan pode estar desmotivado para conseguir um emprego. Quando eles têm um emprego, eles podem desistir e não se esforçar para avançar em suas carreiras. Ou eles podem ter um emprego de meio período e se recusar a trabalhar em tempo integral, pois isso tirará seu escapismo. Não sendo capaz de lidar com situações de frustrações.

Como adultos, todos nos deparamos com situações e precisamos aprender a lidar com elas. De argumentos a estresses, uma pessoa aprenderá como lidar com eles. No entanto, um com Síndrome de Peter Pan pode achar difícil lidar com essas situações. Em vez disso, eles podem gritar e se comportar como uma criança birrenta sem apresentar argumentos para defender a sua própria ideia.

Todo mundo tem seus colapsos ocasionais, então só porque alguém fez isso uma vez, isso não significa que eles têm Síndrome de Peter Pan. No entanto, se uma pessoa está constantemente se recusando a resolver problemas, isso pode ser devido à Síndrome de Peter Pan.

Problema com compromisso:  Alguém com Síndrome de Peter Pan pode estar interessado em relacionamentos ou sexo, mas não por muito tempo. Eles podem entrar em relacionamentos casuais, ou prometer que eles serão comprometidos, mas depois romper com seu parceiro depois de um curto período.

Não querer melhorar: Finalmente, alguém com Síndrome de Peter Pan não quer melhorar a si mesmo. Eles nunca se auto-corrigem ou querem crescer como pessoa. Em vez disso, eles querem ser aquele adulto irresponsável para sempre.

Drogas e abuso de álcool : O alcoolismo não é incomum para adultos com Síndrome de Peter Pan. Eles querem uma fuga e fazem uso  de álcool ou de drogas como forma de alivio.

Não confiável : Todo mundo tem feito algo de vez em quando, mas alguém com Síndrome de Peter Pan parece ser sempre pouco confiável. Eles podem prometer fazer algo por você e, quando chegar a hora, não serão encontrados em lugar algum. Eles podem dar uma desculpa desanimadora, ou ser alguém que não faz nada disso.

Culpar os outros: Alguém com Síndrome de Peter Pan pode nunca assumir a culpa. Em vez disso, é culpa de outra pessoa, mesmo que todas as evidências apontem para a pessoa com Síndrome de Peter Pan. Assumir a responsabilidade é um traço difícil de ter para muitas pessoas, mas se alguém nunca assume a responsabilidade, elas podem ser a versão da vida real de Peter Pan.

Não querer melhorar: Finalmente, alguém com Síndrome de Peter Pan não quer melhorar a si mesmo. O famoso “ dono da verdade’’. Eles nunca se auto-corrigem ou querem crescer como pessoa. Em vez disso, eles querem ser aquele adulto irresponsável para sempre.

Estes são apenas alguns exemplos. Alguns adultos podem ter alguns sintomas ou tendências, mas podem não ser um Peter Pan completo. Como este não é um sintoma reconhecido, é um pouco subjetivo se uma pessoa o tem ou não. No entanto, se eles exibem muitos desses sintomas em um grau extremo, eles podem ter Síndrome de Peter Pan.

Como tratar a síndrome de Peter Pan Uma das melhores maneiras de tratar o comportamento de alguém é procurar acompanhamento psicológico. Se o seu filho ou parceiro tem dificuldade em crescer, o casal ou a terapia familiar podem ser a solução. Pode demorar um pouco, mas você pode transformar Peter Pan em adulto com a ajuda de um profissional.

Psic. Manuela Goulart  – CRP 07/29075

Psicóloga Cognitivo Comportamental em formação com Terapia dos Esquemas


Se identificou com o assunto deste post?
Então deixe seus dados abaixo que entraremos em contato em instantes* para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS!


Seu nome*
Seu e-mail*
Seu telefone

Gostou? Compartilhe:

Leia Também

Deixe seu comentário

Contato e Endereços

Para facilitar o seu atendimento, a Psicotér atende em diversas localidades de Porto Alegre. Veja no mapa qual o endereço mais próximo de você e ligue para agendar sua primeira consulta gratuita!

(51) 4100-2513
(51) 9 9833-8006
Fale conosco
Entre em contato para agendar sua AVALIAÇÃO BÔNUS ou tirar dúvidas.

(51) 4100-2513